Resenha Num piscar de olhos





-Num piscar de olhos –
Teodora Kostova
Editora Charme, 2015
Sinopse: Stella passou por grandes perdas em sua vida. Lidou com a morte muito jovem e com a saudade da sua melhor amiga, que foi morar na Itália com a mãe. Quando a vida está começando a entrar nos eixos, a notícia de que ela está com câncer a deixa novamente sem chão. Após o doloroso tratamento, os médicos acreditam que Stella está finalmente recuperada e ela decide passar um tempo em Gênova, na Itália, para reencontrar sua prima e melhor amiga, antes de retornar ao médico para fazer o exame que determinará se ela está realmente curada. O que ela não imaginava é que a Itália vai lhe dar uma nova razão para viver.
Max se apaixona por Stella à primeira vista, mas conquistá-la não será fácil, já que há muita coisa que pode mantê-los separados para sempre. Após muita luta, Max finalmente vence sua resistência e conquista seu lugar ao lado da mulher que ama.
Mas será que Max e Stella serão fortes o suficiente para lutar não só por seu amor, mas também por suas vidas?

Num piscar de olhos me conquistou de cara, essa capa extremamente romântica e ao mesmo tempo tão cúmplice entre leitor e personagem me atraiu à primeira vista, mas o livro é muito mais que uma capa bonita, sua história de superação é completamente cativante.

“A vida é uma jornada, não um destino.” p. 137

Stella era uma menina normal, que aos 14 anos sofreu a maior reviravolta de sua história: seu pai e seu irmão, juntamente com seu tio foram mortos em um acidente de carro. Cinco anos depois, ela e sua mãe aprenderam a lidar com a perda e convivem com a saudade, só que os golpes não param! Um agressivo câncer invadiu seu organismo, tirando da menina ainda mais esperança. O tratamento longo e doloroso tirou mais do que células malignas de Stella, lhe tirou a paz e a esperança de futuro.
Indo para a Itália para reencontrar a prima e viver uma grande aventura, ela não esperava que Max fosse a personificação desse desejo. Só que ele lhe é proibido: um dos melhores amigos de sua prima e ficar com Max da forma como ela quer acabaria por magoar mais pessoas do que sua intenção.
Mas o que Max tem de bonito tem de persistente e água mole em pedra dura tanto bate até que fura, já diz o ditado. Agora o que seguir, razão ou emoção? Medo ou um amor que pode ser pra vida toda?

“Meu maior medo até hoje é que as pessoas com quem me importo sejam arrancadas da minha vida e eu não seja capaz de fazer nada sobre isso. Eu percebo que é do que a maioria das pessoas tem medo, mas conheço a sensação por experiência própria e nunca mais quero passar por isso.” p. 91

Quando comecei o livro estava meio desanimada, eu precisava de uma boa história pra me tirar do eixo e Teodora parece ter escrito cada palavra com essa intenção! Max e Stella são tão perfeitos juntos, são daqueles de terem química pra dar, vender e emprestar a ponto de deixar qualquer um innamorato.
Max é um homem de atitude! Gostei muito disso, ele não quer ser só um passatempo e nem mesmo ficar de lenga-lenga, ele correu atrás e batalhou não para se mostrar digno de Stella, mas sim para mostrar a ela o quanto eles podiam ser bons juntos, exatamente por acreditar que a atração que os unia podia evoluir para algo mais profundo.
Eu sou uma sonhadora do amor romântico e me vi querendo viver a história de amor de Stella e Max: intensa, cúmplice, sagaz, que ultrapasse as barreiras. De certa forma, gostaria de ter alguém lutando por mim da forma como Max lutou.
Além do enredo envolvendo todo o drama da doença de Stella a autora aborda outros pontos interessantes: a morte de alguém importante e seus desdobramentos, a confiança, o amor que tudo supera entre outros que tornam o livro romântico, mas não meloso.
Outro ponto são os personagens secundários lindos e divos, que foram trabalhados com muito capricho para somente agregarem a história, Lisa, Beppe, Gia e Cia são peças fundamentais nesse quebra cabeça. Terceiro, mas não menos importante ponto positivo, a autora me fez viajar pela Itália em suas páginas e como é bom conhecer mais de uma cultura e se sentir uma especialista, uma nativa daquela terra. Teodora, agora estou ainda mais ansiosa por conhecer a terra das massas!
Sobre a diagramação ela é linda tanto interna quanto externa e é louvável o capricho da edição em trazer um livro bem traduzido, coerente, coeso e extremamente delicado, esse é um cuidado particularmente bem elaborado pro parte da editora que traz essa marca em suas edições.
Espero que em breve tenhamos livros novos da autora por aqui, pois ela é uma ótima escritora e o livro mais uma aposta certíssima da Charme.

7 comentários:

  1. Acho que essa é a segunda resenha positiva que leio desse book. Cada vez mais curiosa para ler RSrs
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii...
    Gostei da resenha, parece ser um livro ótimo, eu não o conhecia.
    Bom final de semana.
    Beijinhos ;**
    Leitora Online

    Facebook | Instagram | Twitter

    ResponderExcluir
  3. Oi Thaila, desde que vi o lançamento que fiquei a fim de ler.
    Estou esperando o evento de lançamento, onde a autora estará presente para pegar meu livro autografado. Quero muito estar lá. Espero que dê tudo certo e eu consiga.
    Adorei sua resenha. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ola! Tudo bem?
    Esse livro parece bem interesante. Acho que posso gostar dele.
    Adorei a sua resenha.
    Eu leio voce depois. :)
    Boas leituras!
    http://abracalibro.blogspot.com.es

    ResponderExcluir
  5. Oi Thaila!
    Eu também adoro livros sobre o amor romântico, e sempre fico torcendo pelo casal!
    Que complicada a vida da Stella, com o acidente e o câncer, não tem como não torcer para ela encontrar seu final feliz.
    Gostei da resenha, quero ler o livro!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  6. Confesso que estou um pouco cansada de romances envolvendo pessoas doentes, é até triste dizer, mas como tá saindo muita coisa assim, to dando um tempo. O melhor é o livro se passar na Itália, morro de vontade de conhecer. Vou me lembrar dele quando quiser um romance nesses moldes. =)

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Thaila!
    Essa capa é realmente convidativa.
    Fiquei interessada no livro. Adoro enredos bem trabalhados e cheios de abordagens de pontos interessantes.
    Curiosa para conhecer esse casal cheio de química.
    Beijos

    Construindo Estante || Curta a fan page
    Sorteio de caneca personalizada de A Culpa é das Estrelas. Participe!

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa