Resenha O leão ferido




O leão ferido

Signos do Amor # 3

Mia Sheridan

Arqueiro, 2016

Sinopse: Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Esta história se baseia na mitologia de Leão e fala sobre as segundas chances que a vida nos dá.
Leo se apaixonou por Evie quando os dois ainda eram crianças, no lar adotivo temporário em que viviam. No futuro difícil que parecia guardado para ele, a única certeza de seu coração era que nada jamais o afastaria daquela garota.
Mas, na adolescência, ele foi adotado e teve que se mudar para outra cidade. Durante oito anos eles ficaram afastados contra a vontade e, nesse tempo, Leo precisou superar muitos obstáculos – sobretudo os problemas criados pela mãe adotiva – para se tornar o homem que merecesse Evie e pudesse finalmente buscá-la.
O reencontro, porém, não foi fácil e Leo teve que se esforçar para se reaproximar de Evie, reconquistar seu amor e, com sua ajuda, deixar para trás toda a tristeza de uma infância de abandono.
Em O Coração do Leão, Evie narrou seu lado desse romance. Agora, em O Leão Ferido, é a vez de Leo contar tudo o que lhe aconteceu e revelar o desfecho dessa história de amor.

“Então me dou conta de que, pela primeira vez, o Doutor me chamou de Leo. De algum modo, ele soube que eu estava pronto.” p. 218
Leo não teve uma vida fácil desde o nascimento, a relação de sua mãe com a dependência de álcool e a difícil relação com seu padrasto minou toda e qualquer possibilidade dele se sentir em segurança e amado. Seu irmão Seth foi um balsamo, mas até mesmo o menino lhe foi tirado quando Leo foi parar em lares adotivos. Mais uma vez só e sem perspectivas, ele encontrou em Evie não só alguém para proteger, mas amar.
A vida acabou por separá-los por conta da adoção de Leo, que apesar das promessas de regressar ele nunca deu noticias a Evie, oito anos depois ele regressa, e indo contra todos os avisos possíveis (de seu psicólogo, de seus instintos), na pele de Jake Madsen na tentativa de recuperar um pouco da história que ele teve com Evie.
“Mas adoro o jeito dela. Adoro o fato de ela ser cheia de energia e engraçada. E é bom poder rir de mim mesmo.” p.26
Valendo-se de máscaras e mentiras Leo pode não parecer um herói ou alguém que mereça um amor tão forte quanto o de Evie, mas Mia Sheridan faz com que esse personagem encontre a redenção de seus atos justamente pelo amor.
“Ninguém jamais chegou nem perto de despertar em mim algo parecido do que eu sentia por Evie. Eu estava condenado pelo resto da vida a comparar todas as mulheres que eu conhecesse com a garota que ainda era dona do meu coração.” p.54
Leo é um personagem que muito me intrigou no livro anterior, O coração do Leão, seus segredos e seus pensamentos me eram ocultados já que por ter sido narrado na voz de Evie o livro deixou poucas aberturas para conhecer Leo mais a fundo, por isso achei super válida à proposta de trazer o personagem masculino colocando toda a situação sob a sua ótica.
Leo é realmente um homem ferido, apesar de adulto as marcas emocionais que sua infância e adolescência trouxeram continuam vivas fazendo com que ele fique mais vulnerável e, portanto, mais acuado e defensivo. Apesar dos fatos não serem terem sido mudados ao longo da trama em comparação com o livro anterior, neste volume da série são narrados os dias em que Leo/Jake ficou hospitalizado por conta de um acidente, acidente que possibilitou que ele compreende-se traumas e finalmente se desse uma oportunidade de encontrar a felicidade.
Fica claro que o amor dele por Evie é tão grande quanto o dela por ele... é um amor de infância no qual sonhos e esperanças foram cultivados para os dois em momentos diferentes enquanto estavam separados.
Não acho certo Leo ter omitido tantos fatos, mas não consigo deixar de me compadecer por sua situação de abuso e trauma, por muito tempo ele achou que sendo Leo não teria o direito a amar ou de ser amado, de ter alguém que lutasse por ele, então uma nova identidade pareceu uma solução lógica, não ideal, mas lógica.
É claro que mais uma vez fui arrebatada pela história agridoce de Mia, seu romance permeado pela tristeza, mas adocicado pelo amor é um livro pelo qual fica difícil não se apaixonar, é uma história singela. Talvez alguns pensem que por ser narrado por um personagem masculino a trama fique carregada demais, mas a narração de Leo é calma, sincera e até certo ponto carrega uma delicadeza de quem quer contar um segredo, o que aliás faz parte do livro, pois Leo desvenda a sua história e a sua mente ao leitor.
Mais um livro que vai para a lista de leituras favoritas!

Já faz três anos que esse blog ta no ar!



Oi gente, nossa dá pra acreditar? Já faz três anos que esse blog ta no ar!
Isso mesmo, três lindos anos!
Três trabalhosos anos!

É clichê dizer que todo mundo espera uma vida de glamour pra um blogueiro, mas se enganam, só quem vive o dia a dia sabe o quanto é complicado e exigente esse mundo de leituras, resenhas e postagens. Há três anos eu também pensava que seria moleza manter um blog e de lá prá cá tenho visto o quão trabalhoso é, e em igual proporção o quanto é prazeroso. Não é segredo pra ninguém que quando comecei o blog estava passando por um momento muito difícil, doloroso realmente e que eu precisava de algo ao qual me dedicar de forma única, que me motivasse e explorasse o que de melhor havia em mim e isso me acompanha em cada postagem. Não importa o quão chateada eu esteja, quando eu sento na frente do PC pra digitar resenha, arquitetar postagem e afim tudo de ruim evapora porque esse é o meu mundo particular, a minha bolha pessoal.
É mágico poder falar de algo que tanto gosto e incentivar as pessoas pela minha opinião a lerem ou comprarem um livro, é algo único e especial e agradeço todos os dias por ter ganas de continuar nesse meio.
Claro que de três anos pra cá eu mudei muito, amadureci e passei por novos perrengues e ultimamente tenho tido aquela sensação de dar um passo pra frente e dois pra trás, mas não acho que seja a hora de jogar a toalha, mas sim de batalhar mais e mais, galgar espaço honestamente, até porque espero que ainda não tenham enjoado de mim rsrsrs.
Claro que falar de blog mas não falar dos leitores seriam uma grande falta de educação! Tenho tanto a agradecer a vocês que neste momento tiraram um pouquinho de seu tempo para ler essa postagem! Sem você isso não faria sentido e essa história não teria tanta cor ou graça! Simplesmente obrigada, pois não acho que haja melhor palavra para expressar minha gratidão e carinho com cada um de vocês que ajudaram a constituir a história deste blog.
Que no próximo ano estejamos juntos novamente e com muito mais comemorações!!!!!!

Resenha Os contos da seleção: O Príncipe & O Guarda




Os contos da seleção
O Príncipe & O Guarda
A Seleção # 0.5-2.5
Kiera Cass
Editora Seguinte, 2014
Sinopse: Os dois contos que se passam no universo criado por Kiera Cass, autora da trilogia A Seleção, agora estão disponíveis em edição impressa. Em “O Príncipe e O Guarda”, o leitor pode acompanhar de perto os pensamentos e emoções dos dois homens que lutam pelo amor de America Singer. Antes de America chegar ao palácio, já havia outra garota na vida do príncipe Maxon. O conto O príncipe não só proporciona um vislumbre das reflexões de Maxon nos dias que antecedem a Seleção, como também revela mais um pouco sobre a família real e as dinâmicas internas do palácio. Descobrimos como era a vida do príncipe antes da competição, suas expectativas e inseguranças, assim como suas primeiras impressões quando as trinta e cinco garotas chegam. Para America, a vida antes da Seleção também era muito diferente. A começar pelo fato de que ela estava completamente apaixonada por um garoto chamado Aspen Leger. Criado como um Seis, ele nunca imaginou que acabaria se tornando membro da guarda do palácio. Em O guarda, acompanhamos Aspen a partir do momento que o grupo de trinta e cinco garotas da Seleção é reduzido para a Elite, conhecemos sua rotina dentro das paredes da casa da família real — e as verdades sobre esse mundo que America nunca chegou a conhecer. Leitura indispensável para os fãs de A Seleção, esta antologia inclui, ainda, um final estendido do conto O Príncipe; conteúdos extras exclusivos, como uma entrevista com a autora e dados inéditos sobre os personagens; além dos três primeiros capítulos de A escolha, o aguardado desfecho da trilogia, que será lançado em maio de 2014.

O Príncipe

“O Grande Salão reverberava de entusiasmo. As pessoas diziam que toda Illéa esperava por aquele momento: a emoção de uma nova princesa, a empolgação de ver que em breve eu seria rei. Pela primeira vez eu sentia toda aquela energia e receava que ela fosse me esmagar.” p. 16

Maxon nasceu com o destino traçado: ser um rei. Sua coroação cada vez mais esta próxima e o dever de um príncipe é casar-se com uma plebéia escolhida no concurso “A Seleção”. Por mais que Maxon não deseje, esse é seu futuro.
Maxon fez parte de eu ideal romântico muito antes de começar a ler a série ou sequer de ter comprado os livros de Kiera, para mim todo o livro tem esse ar de conto de fadas no qual ele é um personagem essencial e altamente estimado. Como um príncipe sempre o imaginei altivo, seguro de si, por isso foi um pouco controverso encontrar em “A Seleção” um príncipe fechado em si mesmo, um tanto quanto abobalhado e menos carismático do que a minha mente bolou, mas Kiera com seu conto me mostrou o antes de tudo que a seleção e suas selecionadas trouxe a vida de Maxon, enxergá-lo para além de um príncipe, mas como pessoa foi essencial para compreender o salto evolutivo que ele teve um livro para o outro.
Também é interessante perceber o quanto a presença de America lhe trouxe vida, coragem e encheu seu coração de amor! Afinal, Maxon em si desperta isso!

O Guarda
O jovem Aspen.... Entendam, é um pouco complicado falar sobre ele. Aspen é ao mesmo tempo um vilão e um herói para mim. Vilão porque ele destruiu America da maneira mais arrasadora possível: negando-se a amá-la, mas ao mesmo tempo é um personagem a quem devo agradecer já que foi esse “passa fora” que possibilitou que ela se abrisse a amar Maxon e quando tudo, finalmente, parece caminhar bem ele reaparece disposto a conquistá-la e é em meio a esse jogo de intenções que conheci mais sobre ele em “O Guarda”.
Como guarda Aspen sabe e compartilha com os leitores alguns segredos que ouve pelo palácio e que ajudam a compreender mais do mundo de Illéa. Como o homem por trás do uniforme pude compreendê-lo como um homem apaixonado disposto a lutar pela mulher que ama, não que eu torça para que ele consiga esse intuito, mas consegui inclusive me afeiçoar a ele.
Percebo que nesse livro Kiera quis mostrar qual o seu personagem favorito e fica claro que ela tenta explorar ao máximo seus dois homens e mostrar qual deles mais merecia America, afinal mais do que nunca, ela terá que se decidir!

“Meu amor por America, por outro lado, era maior do que qualquer outra coisa. E como Maxon estava entre mim e esse amor, nada do que ele dissesse ou fizesse seria capaz e torná-lo uma pessoa decente aos meus olhos.” p. 114/145

Sinto que ela tenta mostrar o máximo de Aspen, tentando fazer dele digno para America e afeiçoá-lo aos olhos do leitor ao passo que tenta mostrar um Maxon mais imperfeito, mas em busca de uma evolução. Terminei o livro de contos com algumas dúvidas que gostaria de poder tirar diretamente com a autora, mas acima de tudo terminei a leitura ainda mais afeiçoada a saga.

Renovação- Editora Arqueiro





Alegria, contentamento, animação, felicidade... Esses são os sentimentos que me rondam desde a última sexta feira, dia 18, quando recebi o email da Natalia, responsável pelas parcerias da Editora Arqueiro e vi que o nome do blog estava na lista dos renovados!
Sim, renovei com a Arqueiro e não me caibo em alegria! Eu sempre acreditei que uma renovação é mais importante do que uma primeira seleção, quando se é renovado quer dizer que deixou marcas positivas de seu trabalho, que se tornou membro importante de uma equipe e que conseguiu atingir os objetivos estimados.
Agradeço muito a oportunidade concedida e também devo agradecer à vocês leitores que dão um feedback super bacana sobre as resenhas que posto ou qualquer outra postagem com conteúdo da editora, creiam que ter vocês como leitores é fundamental para que conquistas assim se tornem cotidianas!
Gratidão!
Se preparem que nesse 2016 terão mais resenhas e muitos mais post de lançamentos, divulgações e sorteios em parceria com a editora. Estou muito animada e espero que vocês também fiquem!!!!
 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa