[Promoção] As cores da Vida



Oi gente, tudo bem?
Que tal um sorteio pra animar?
Vamos conhecer o prêmio?





Para saber mais do livro sorteado deixo a sinopse:


Sinopse: Uma arrebatadora história sobre irmãs, rivalidade, perdão e, em última análise, o que significa ser uma família. As irmãs Winona, Aurora e Vivi Ann perderam a mãe cedo e foram criadas por um pai frio e distante. Por isso, o amor que elas conhecem vem do laço que criaram entre si. Embora tenham personalidades bastante diferentes, na verdade são inseparáveis. Winona, a mais velha e porto seguro das irmãs, nunca se sentiu em casa no rancho da família e sabe que não tem as qualidades que o pai valoriza. Mas, sendo a melhor advogada da cidade, ela está determinada a lhe provar seu valor. Aurora, a irmã do meio, é a pacificadora. Ela acalma as tensões familiares e se desdobra pela felicidade de todos – ainda que esconda os próprios problemas. E Vivi Ann é a estrela entre as três. Linda e sonhadora, tem o coração grande e indomável e é adorada por todos. Parece que em sua vida tudo dá certo. Até que um forasteiro chega à cidade... Então tudo muda. De uma hora para a outra, a lealdade que as irmãs sempre deram por certa é posta à prova. E quando segredos dolorosos são revelados e um crime abala a cidade, elas se vêem em lados opostos da mesma verdade.


Ficou interessado? Então aproveita e se joga no sorteio!!! Mas atente-se as regras abaixo para não perder nenhuma chance de ganhar o exemplar.

Regras Válidas
1. Ter endereço de entrega em território nacional;
2. A promoção começa em 01/10/2016 e será finalizada em 01/11/2016;
3. Deixar nos comentários seu email;
4. Responder o e-mail de contato no período de 48 horas após o sorteio. Caso não haja resposta, o kit será sorteado novamente.
5. O ganhador que descumprir alguma das regras, ou for sorteado com uma entrada não obrigatória que não tenha sido cumprida, será desclassificado.

Sobre o envio:
 1. O prêmio será enviado pela Editora Arqueiro. Um prazo de 45 dias corridos será dado para ENVIAR o livro ao ganhador, começando a contar a partir do dia em que o contato do ganhador for efetuado;
 2. Nem o blog nem a editora se responsabilizará por eventuais extravios, roubos ou perdas da transportadora;
3. Caso o ganhador forneça dados errados e o livro retorne ao remetente, não será feito um segundo envio;

ATENÇÃO: perfis fakes ou utilizados apenas para participar de promoções serão desqualificados;
Atentem-se as novas normas do GFC, apenas perfis com contas Google conseguem seguir o blog, se você seguia por Twitter ou Yahoo precisa se adequar e ter sua chance validada;


Formulário de inscrição 



a Rafflecopter giveaway

Resenha A Dama De Vermelho





A Dama De Vermelho
Título original: The Boss, the Baby and the Bride
Day Leclaire
Coleção Sabrina Anjos da Guarda, nº 1
Série Guardian Angels
Nova Cultural, 1998



Sinopse: Reed Harding havia contratado doze secretárias em seis meses. De fato, era preciso ser um pouco diferente para conseguir trabalhar para o temperamental empresário. Tinha de ser alguém como Angie Fazpaz, por exemplo. Loiríssima, linda e desejável. Na verdade, só havia um problema que preocupava Reed a respeito de sua décima terceira secretária: ela estava convencida de que era seu anjo da guarda! Porém, Angie não se parecia nem um pouco com um anjo, e muito menos com uma secretária. Como se não bastasse, vivia dizendo que sua missão era encontrar uma esposa para ele. No entanto, Reed queria apenas uma coisa: localizar o filho que ele nunca conhecera. Além de, é claro, seduzir seu anjo da guarda!

Angie Fazpaz é uma anja! Não no sentido de pessoa doce e meiga, ela realmente é uma anja daquelas que vivem no céu, tem asinhas e tocam harpas, isso é se ela não fosse tão desastrada e quebrasse a harpa. Angie tem uma leve propensão ao desastre. Todos os anjos cumprem missões, eles vêm a terra para ajudar a resolver problemas e dar paz e alento aos seus pupilos, por assim dizer, mas Angie não acerta uma! Todas as missões que lhe foram dadas ela falhou! Causou inúmeras confusões quase impossíveis de se consertar.

Ela só tem mais uma missão e dessa vez não pode falhar!

Reed despediu mais secretárias do que pode se lembrar, a lista é gigante! Ele precisa de alguém que trabalhe mais do que fale ou se meta em sua vida e a senhorita Fazpaz parece ser uma ótima escolha. Ai ai se Reed soubesse o quanto Angie faria de sua vida uma loucura ele não teria em sã consciência a aceitado como secretária... e é ai que a história começa!

Angie tem a missão de ajudar Reed a realizar seu maior desejo, aquilo que ele mais anseia uma missão tecnicamente fácil para um anjo, mas estamos falando de Angie e ela sempre dá um jeitinho de complicar os fatos.

Reed é teimoso, seco e carrancudo e muito amargurado por seu passado doloroso que ele não divide com ninguém. Angie acredita que Reed precisa de uma companheira, uma mulher que possa auxiliá-lo no caminho da vida e ai começa a confusão. Angie começa a arrumar encontros para Reed, mesmo sem a permissão dele e como estamos falando de uma anjinha desastrada é claro que as confusões são frequentes. 

É importante relevar que Angie só é meio atrapalhada, mas não maldosa, tudo o que ela quer é ajudar da melhor forma possível e ai se atrapalha. Reed acha que essa com certeza é a secretária mais maluca que ele já arrumou, porém ela é simplesmente encantadora e apaixonante.

Mesclando fé e romance a autora escreve uma história leve e deliciosa de ler. O céu e a terra nunca foram tão animados. O que torna a história inesquecível é a forma como Day trata da crença em milagres e como o amor é reconstrutor. Com certeza é um livro maravilhoso e super recomendado!

[Texto] Não permita que o dia termine sem que você perdoe a sua história



Já virou uma rotina trazer mensalmente um texto bacana pra vocês, pra reflexão, pra que aproveitem muito, para que se sintam melhores consigo mesmos e com os demais!
 

Não permita que o dia termine sem que você perdoe a sua história
De vez em quando penso que a vida é encantamento e desilusão.
Derruba-nos em um momento para em seguida nos dar a mão.
Guia-nos por um caminho tortuoso para que enfim possamos achar a direção.
Ensina-nos a cair e nos anima a prosseguir.
Propõe que aprendamos a confiar enquanto nos confronta com as mais duras verdades; e convida-nos a sonhar mesmo quando tudo parece desabar.
Não permita que o dia termine sem que tenha plantado um pouco de otimismo no solo árido dos seus pensamentos, sem que tenha acreditado um pouco mais em bênçãos e milagres, sem que tenha adquirido uma fé enorme no amor e na alegria.
Não permita que o dia termine sem que entenda que tem o direito e o dever de ser feliz, de experimentar sorrisos e vestir delicadeza. Que a dor é passageira, e que o tempo se encarregará de trazer novos perfumes assim que você estiver pronto.
Não permita que o dia termine sem que você perdoe a sua história, com todos os bons e maus começos que você redigiu. Que você resgate a sua essência, a porção de si mesmo que permanece naquele lugar distante da dor.
Não permita que o dia termine sem que volte a acreditar firmemente em algo bonito que faz parte de você. Sem que entenda que sua vida é dom precioso, e aprenda a ser grato por isso.
Não permita que o dia termine sem que descubra que nenhuma desilusão pode diminuir o tamanho de seus sonhos ou lhe afastar de si mesmo.
Não permita que o dia termine sem que entenda que a vida não pode ser contada através de seus fracassos e desilusões, e sim através da capacidade de ser mais gentil consigo mesmo.
Não permita que o dia termine sem que seja capaz de amar, agradar e cuidar de si mesmo; sem que aprenda que tem vocação para ser completo e feliz.
Não permita que o dia termine sem que tenha rido de si mesmo e aceitado a vida como um conjunto de acertos e desacertos, e que saiba driblar os momentos imperfeitos.
Não permita que o dia termine sem que tenha autorizado seu gozo e seu pranto, seu encanto e emoção, sua liberdade e redenção. Que se comprometa com a felicidade e transforme os bons momentos em eternidade.
Tenho receio que a gente pare de sonhar por ter medo de cair. De desistir de nossas ilusões por medo de fracassar. De deixar nossa espontaneidade em função de nossa maturidade. De abandonar os velhos pijamas, as meias coloridas, as paisagens carregadas de simplicidade. Tenho receio que a gente siga buscando o tal do crescimento e esquecendo os abraços apertados, os sonhos de antigamente, as promessas que fizemos e desejávamos cumprir.
Não deixe que a vida o endureça a ponto de não acreditar em milagres. Que o perdão seja moeda do passado de quem um dia soube agir com flexibilidade.
Não permita que o dia termine sem que tenha sido um pouco mais feliz, seguindo seus desejos de menino e superando os revezes do caminho. Entendendo, principalmente, que a vida é dura, sim, mas também é o presente mais fascinante e poderoso que alguém pode ter. E que, se o preço a pagar para vive-la plenamente é andar sem culpa, não permita que o dia termine sem que você perdoe a sua história…



Texto brilhante de Fabiola Simões. Disponível em http://www.asomadetodosafetos.com/2016/07/nao-permita-que-o-dia-termine-sem-que-voce-perdoe-a-sua-historia.html
 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa