Link-me

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Resenha: Uma dama fora dos padrões



Uma Dama Fora dos Padrões
Os Rokesbys # 1
Julia Quinn
Arqueiro, 2018

Sinopse: Às vezes você encontra o amor nos lugares mais inesperados...
Esta não é uma dessas vezes.
Todos esperam que Billie Bridgerton se case com um dos irmãos Rokesbys. As duas famílias são vizinhas há séculos e, quando criança, a levada Billie adorava brincar com Edward e Andrew. Qualquer um deles seria um marido perfeito... algum dia.
Às vezes você se apaixona exatamente pela pessoa que acha que deveria...
Ou não.
Há apenas um irmão Rokesby que Billie simplesmente não suporta: George. Ele até pode ser o mais velho e herdeiro do condado, mas é arrogante e irritante. Billie tem certeza de que ele também não gosta nem um pouco dela, o que é perfeitamente conveniente.
Mas às vezes o destino tem um senso de humor perverso...
Porque quando Billie e George são obrigados a ficar juntos num lugar inusitado, um novo tipo de faísca começa a surgir. E no momento em que esses adversários da vida inteira finalmente se beijam, descobrem que a pessoa que detestam talvez seja a mesma sem a qual não conseguem viver.


Primeiramente, que capa linda! Não tem como não falar dessa capa maravilhosa, cheia de romantismo e charme. Em segundo lugar, é um livro de Julia Quinn (o que por si só já é uma coisa boa), em terceiro lugar: que história linda!!! A minha veia romântica quase explodiu de tanta alegria, a história narra a história da independente e afiada Sybilla Bridgerton, ou apenas Billie, ela é a irmã de Edward que posteriormente vem a ser o pai do clã mais amado e conhecido de todos s tempos. 

Voltando a Billie, ela é uma mocinha a frente de seu tempo, usa calças, adora ajudar o pai nos negócios e bailes e danças são um verdadeiro tormento. Independente e corajosa ela mantém uma amizade saudável com Edward e Andrew Rokesby, mas se citar o nome de George Rokesby eu posso apostar que ela ficaria rubra de raiva!

George é o herdeiro da família Rokesby e confesso que na primeira impressão o achei esnobe, mas se tem algo que ele adora fazer, quase como um passatempo é alfinetar Billie. Os dois são como cão e gato! Já deu pra perceber que tem aquela química boa no ar, né?

Eu gostei muito do enredo da trama, gosto de histórias nas quais os personagens vão do ódio ao amor de forma gradativa, aquele joguinho bom de ficar pensando no outro, aliás é ótimo que Billie e George sejam tão afiados, pois assim a gente sempre encontra um motivo pra rir, os dois juntos só falta soltar fagulhas e incendiar tudo! 

A história é boa na medida certa, te faz rir e também emociona em alguns pontos, principalmente quando puxa os ganchos para o próximo romance da série. Lembram quando eu disse que à primeira vista achei George esnobe? Então é bom ir conhecendo mais sobre ele, aprender assim como Billie a olhá-lo com outros olhos. Acho que conforme Billie se apaixona por George eu também me apaixonei aos pouquinhos por ele.

A história de Julia tem todos os elementos que estamos acostumados e amamos: humor, romance, sagacidade de uma mocinha irresistível, um mocinho que esbanja charme e uma família bem maluquinha que sempre te fará dar risadas. É uma trama para se deliciar!

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Arqueiro e os pins





Isso mesmo galera, a editora Arqueiro mais uma vez traz uma novidade bem bacana para seus leitores! Os pins temáticos chegaram na editora! Os pins são tipos broches e da pra personalizar mochilas, roupas, bonés ou guardar em coleção.

Ao todo são 12 pins, um pra cada mês desse 2019 que já começa de pé direito, vais er assim: todo mês a editora vai ter um lançamento que vai vir com um Pin, se comprado na pré-venda. Mas atenção, o Pin tem que ser adquirido na pré-venda nos sites parceiros e pra ficar ligadinho e saber qual será o pin do mês é só acompanhar as redes sociais da editora e esse blog, que sempre estão divulgando as novidades. Janeiro e fevereiro já tem seus pins, confere ai:
 
Gostou? Eu amei!

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

2019 começa com Julia Quinn


Um Marido de Faz de Conta
Julia Quinn

Enquanto você dormia…
Depois de perder o pai e ficar sabendo que o irmão Thomas foi ferido durante uma batalha nas colônias, Cecilia Harcourt tem duas opções igualmente terríveis: se mudar para a casa de uma tia solteira ou se casar com um primo vigarista. Então ela cruza o Atlântico, determinada a cuidar de seu irmão pelo tempo que for necessário. Só que, após uma semana sem conseguir localizá-lo, ela acaba encontrando seu melhor amigo, o lindo oficial Edward Rokesby. Ele está inconsciente, precisando desesperadamente de cuidados, e Cecilia promete salvar a vida desse soldado, mesmo que para permanecer ao lado dele precise contar uma pequena mentira...
Eu disse a todos que era sua esposa
Quando Edward recobra a consciência, não entende nada. A pancada na cabeça o fez esquecer tudo que aconteceu nos últimos três meses, mas ele certamente se lembraria de ter se casado. Apesar de saber que Cecilia Harcourt é irmã de Thomas, eles nunca foram apresentados. Mas, já que todo mundo a trata como esposa dele, deve ser verdade.
Quem dera fosse verdade…
Cecilia coloca o próprio futuro em risco ao se entregar completamente ao homem que ama. Mas quando a verdade vem à tona, Edward talvez também tenha algumas surpresas para a nova Sra. Rokesby.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Vem lançamento bom ai.....


No Meu Sonho Te Amei
Abbi Glines

Na noite da formatura, Vale McKinley sofre um terrível acidente de carro. Junto com ela está Crawford, seu namorado, que acaba entrando em coma. Eles pretendiam aproveitar o verão fazendo planos para a universidade, com um futuro brilhante cheio de possibilidades. Agora, Vale passa longos dias no hospital, à espera de que Crawford acorde.
Lá, ela encontra por acaso com Slate Allen, colega de faculdade do seu irmão. O garoto aparece regularmente para visitar o tio, que está internado. Quando se esbarram, Vale não consegue negar a atração proibida entre eles. Ela tenta ignorar seus sentimentos, mas não é imune ao charme de Slate. Aos poucos, os dois se aproximam.
Depois de muito relutar em sair do lado de Crawford, Vale cede aos apelos da família e vai para universidade, pensando que o namorado gostaria que ela tocasse a vida. Só que agora a garota está no território de Slate e a história dos dois vai sofrer uma grande reviravolta.

segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

2019 bate na porta




Então é dezembro, 31 de dezembro, último dia do ano, como um ano pode ser tão conturbado, parece que vivi 10 anos em 12 meses, 12 longos meses, aliás, tanta coisa aconteceu, tanta coisa me fez me perder de mim mesma!

2018 não será um ano que ficará na memória como o memorável, o mais eletrizante ou preferido, longe disso, aliás, 2018 me desgastou em todos os sentidos. Eu me desgastei, eu fracassei ao longo desse ano. Acho que esse é o sentimento que mais forte marcou o meu ano: fracasso e vitória.

Foi um ano que eu não me realizei totalmente, não por vontade própria, mas por conta das situações e na minha inabilidade em ser mais resiliente. Esse ano eu cai e levantei.
Eu passei a maior parte do ano em uma verdadeira depressão e não tenho vergonha de dizer, eu não me envergonho porque eu consegui superá-la, superei a cada dia quando levantei da cama e superei cada hora sem cair. 

Eu falhei de muitas formas esse ano, falhei como profissional, esse ano trabalhei com uma turma de crianças bem pequenas e deixei meus problemas pessoais influenciarem na qualidade do meu trabalho, errei e acertei. Aprendi muito com minhas crianças, elas foram motores que me impulsionaram a ser melhor, por elas, pra elas e consequentemente por mim.

Falhei e muito como amiga, mas também sai muito machucada. Eu sempre fui muito dependente das pessoas e ser deixada de lado me magoou profundamente. E acreditem, uma pessoa ferida, fere e fere muito!

Falhei como mulher, minha vida amorosa foi uma montanha russa de emoções e eu termino o ano de coração partido, ele esta costurado, com pontos recentes e dolorosos.

Apesar de tudo isso, de não ter viajado, de não ter saído muito de casa, de não ter explorado o mundo e de ter tido o aniversário de 25 anos mais triste  de todos os tempos, eu me fortaleci. Aprendi a ser mais resistente, apesar de todos os altos e baixos eu me fortaleci, conheci as pessoas que me cercavam, reconheci as que se importavam comigo, consegui comprar meu carro, consegui aprender novas habilidades, consegui sorrir apesar do peito apertado de vontade de chorar. Aprendi que pedir ajuda não é fraqueza, é saber de verdade reconhecer seus limites.

Acho que o mais importante de dizer desse ano é isso, apesar do fracasso constante eu me levantei a cada tombo, eu aprendi a crescer como pessoa, a ser mais independente e menos dependente das pessoas, aprendi a ser forte e para 2019 eu espero ser um pouquinho mais forte ainda, mais forte para não me deixar cair na treva da depressão, espero mais realizações, não começo com metas de trabalho, viagens, juntar dinheiro, etc. Começo esse novo ciclo com uma única meta: ser FELIZ!

Pode ter ficado um texto bagunçado, mas é um texto que eu precisava por em palavras aquilo que meu coração pedia, aquilo que ele clamava por voz e aquilo que me é verdadeiro e intenso!