Link-me

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Resenha Minha Vida (Não Tão) Perfeita



Minha Vida (Não Tão) Perfeita
Sophie Kinsella
Record, 2017

Sinopse: Dramas, confusões e uma boa dose de amor são os ingredientes do novo romance de Sophie Kinsella. Uma divertida crítica aos julgamentos errados que uma boa foto no Instagram pode gerar. Cat Brenner tem uma vida perfeita mora num flat em Londres, tem um emprego glamoroso e um perfil supercool no Instagram. Ah, ok... Não é bem assim... Seu flat tem um quarto minúsculo sem espaço nem para guarda-roupa , seu trabalho numa agência de publicidade é burocrático e chato, e a vida que compartilha no Instagram não reflete exatamente a realidade. E seu nome verdadeiro nem é Cat, é Katie. Mas um dia seus sonhos se tornarão realidade. Bom, é nisso que ela acredita até que, de repente, sua vida não tão perfeita desmorona. Demeter, sua chefe bem-sucedida, a demite. Tudo o que Katie sempre sonhou vai por água abaixo, e ela resolve dar um tempo na casa da família, em Somerset. Em sua cidadezinha natal, ela decide ajudar o pai e a madrasta com a nova empreitada do casal: os dois planejam transformar a fazenda da família em um glamping, uma espécie de camping de luxo e estão muito empolgados com o novo negócio, mas não sabem muito bem por onde começar. E não é justamente lá que o destino coloca Katie e sua ex-chefe cara a cara de novo? Demeter e a família vão passar as férias no glamping, e Katie tem a chance de, enfim, colocar aquela megera no seu devido lugar. Mas será que ela deve mesmo se vingar da pessoa que arruinou sua vida? Ou apenas tentar recuperar seu emprego? Demeter - a executiva que tem tudo a seus pés - possui mesmo uma vida tão perfeita, ou quem sabe, as duas têm mais em comum do que imaginam? Por que, pensando bem, o que há de errado em não ter uma vida (não tão) perfeita assim?


“É engraçado como a vida parece uma gangorra: algumas coisas sobem enquanto outras descem." p.155


Quem vê as fotos de Cat no Instagram pensa que ela é uma quase celebridade com a vida perfeita e um emprego dos sonhos, mas calma que tem muita ilusão por trás de cada foto. Todos queremos uma vida perfeita, então porque não ostentar um pouquinho? Mesmo que ela não seja realmente a nossa vida, acho que esse é o lema de Cat. Aquele café badalado, aquele sorriso brilhante, muito filtro na imagem e a foto perfeita esta na rede, mas quem pode imaginar que por trás de tudo isso tem uma Cat exausta de morar num apartamento minúsculo, de ter um trabalho sem perspectiva de crescimento e uma chefe maluca que faz o favor de tornar sua vida no emprego ainda mais simplória.

Mas quando Cat é despedida e volta para casa dos pais no interior onde ela é Katie e tem que ajudá-los a tocar um negócio hoteleiro ela parece ter encontrado tempo e lugar para lamber suas feridas, mas quando ela menos espera a própria Demeter com a família aparece para umas relaxantes férias, e se depender de Katie serão férias inesquecíveis!

Ao melhor estilo de um chick lit, Minha vida não tão perfeita me fez rir as inconstâncias das nossas certezas e da vida em si, com um enredo bem estruturado a trama gera aquela reflexão intrigante de quem realmente somos e do que queremos aparentar para o mundo. Esse encontro da Katie com a Cat, essas duas personalidades na mesma mulher é bem interessante de acompanhar, principalmente pelo crescimento que a personagem vai ganhando.


“Acho que finalmente descobri como me sentir bem em relação à vida. Sempre que vir alguém muito feliz, lembre-se: essa pessoa também tem seus momentos não tão perfeitos. Claro que tem. E, sempre que você vir a sua própria situação não tão perfeita, se sentir desesperado e pensar: 'minha vida é isso?', lembre-se: não é. Todo mundo tem um lado brilhante, ainda que seja difícil de encontrar, às vezes." p. 387


É uma trama divertida acima de tudo, eu ri muito com as confusões que decorrem na trama, tudo com o padrão Sophie Kinsella de divertir, uma trama que com certeza esta na lista de leituras tops do ano.


12 comentários:

  1. Chick-lit não faz parte dos meus gêneros favoritos para leitura, mas todas as resenhas que vejo sobre este livro são positivas.
    Achei bem legal a premissa e por se tratar bem mais de aceitação do que romance, e por ser divertida me deixa com mais vontade ainda de ler.

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  2. ¡Hola!
    Acabo de conocer tu blog y me quedo por aquí, te estaría muy agradecida que te pasarás por el mío y te quedarás ;)
    https://aprovechalavidacadadiaa.blogspot.com.es/
    ¡Un beso desde Aprovecha La Vida Cada Día!

    ResponderExcluir
  3. Oi Thaila. Adoro chick-lits, mesmo que esteja um pouco afastada de livros desse gênero ultimamente, e já me diverti lendo um livro da Sophie. Saber que esse livro é divertido também já me deixou interessada em conhecer mais a história dessa protagonista.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi
    li um livro dela esses dias e curti a escrita da autora, esse é um dos que to bem curiosa para ler, parece ser uma leitura bem divertida e leve, que bom que gstou.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Thaila! estou precisando de um livro divertido como este após algumas leituras mais emotivas. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Já fiquei curiosa para ler ♥

    http://gotasdecafe.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ainda não conhecia o livro, mas fiquei muito curiosa! Acho que existem várias Cats por aí, né? Exibindo uma vida nas redes e tendo outra completamente diferente. Gostei muito da dica!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  8. Oi Thaila, que bom que vc gostou da leitura! Amo a Kinsella e acho que todos os livros dela deveriam virar filmes!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Ainda preciso ler algo da autora, esse parece ser bem divertido.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  10. Gostei da resenha Thaila. Amo chick-lit e, em especial, os títulos da Sophie Kinsella. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  11. Oie Thaila =)

    Tenho esse livro aqui, mas ainda não li. Tenho curiosidade para ler algo da Sophie, pois nunca li nada da autora e pela premissa sei que vou me identificar com alguns pontos da história.

    Vou tentar incluir ele na minha meta de leitura ^^

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  12. Eu tive a oportunidade de ler esse livro, mas acabei deixando passar porque chick-lit não faz o meu estilo. Mas pra quem curte, deve ser uma boa pedida, pq até eu fiquei um pouquinho curiosa agora depois de ler a resenha, rsrs....

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    Romantic Girl

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!