Link-me

domingo, 27 de janeiro de 2019

Resenha Senhorita Aurora




Senhorita Aurora
Babi A. Sette
Verus, 2018
Sinopse: Uma história romântica e encantadora, com toque de humor e carregada de emoção, da mesma autora de Não Me Esqueças.
Nicole é uma jovem bailarina e está prestes a realizar seu sonho: estrear no papel principal em uma peça na Companhia de Ballet de Londres. Tudo estaria perfeito se não fosse pela presença de um dos seus diretores, o temido Daniel Hunter, um maestro prodígio de temperamento difícil, com um humor sombrio e que desperta em Nicole sentimentos contraditórios.
Quando uma tempestade de neve isola os dois em uma mansão centenária, Nicole e Daniel serão obrigados a encarar não apenas os segredos que atormentam o maestro, mas também uma paixão proibida — e avassaladora — que nasce entre eles. Entre a tão sonhada carreira na dança, um amor intenso como ela nunca sentiu e a própria segurança, Nicole se verá diante de escolhas que parecem impossíveis. E caberá a ela resgatar Daniel de seu próprio passado...
Senhorita Aurora é um romance poderoso, tocante e perturbador, que mostra que todos merecem uma segunda chance, até mesmo alguém com fama de monstro.

Senhorita Aurora era um livro que já estava na minha lista de desejados fazia bastante tempo e esse ano tive a oportunidade de lê-lo nas minhas férias e também por ser um livro nacional eu tive muita curiosidade.

Senhorita Aurora narra a história de Nicole no balé, desde muito jovem a carioca sonhava com o bale clássico e com as grandes apresentações, com a ajuda e apoio da mãe ela consegue uma importante vaga no balé britânico mais concorrido. Tudo corre bem até o maestro Daniel Hunther cruzar o caminho de Nicole.

A companhia esta elaborando um importante espetáculo, revivendo “A bela adormecida”, Nicole como a principal protagonista, Aurora, (daí o nome...) terá um grande problema com o taciturno maestro que parece ter o prazer de gritar com Deus e o mundo!

De primeira Daniel é um cara que você olha e se atrai, em seguida repele e por fim se encanta. Seu jeito misterioso e cheio de segredos me deixou curiosa de cara, apesar disso em muitos momentos quis que ele “baixasse a bolinha”.  Apesar de trazer temas relevantes, atuais e pertinentes para o debate o livro não conseguiu efetivamente entrar em meu coração.

Senti falta de um “tchan” que fizesse todo o sentido para minha leitura, que despertasse os sentimentos em mim. De toda a forma, não consegui me ligar nem muito à Nicole, nem a Daniel e em alguns momentos senti que a trama estava arrastada.

Senhorita Aurora tenta uma linha romântica, mas que deveras me incomodou em muitos pontos, principalmente com Daniel e sua incrível mania de sempre agir do pior jeito possível, o personagem e o livro como um todo quase ganham a redenção pelo final, que foi realmente encantador, mas a minha pouca afinidade com o enredo não me deixou curtir totalmente o fechamento da trama.

7 comentários:

  1. Oi Thaila, sua linda, tudo bem?
    Faz muito tempo que não venho aqui e é a primeira vez que vejo seu novo layout, ficou ótimo, parabéns. Eu também estava cheia de expectativas para ler esse livro, até que comecei a ler algumas opiniões negativas, pessoas se decepcionando. Saber que você também não conseguiu se envolver, só aumenta minha certeza de que não farei essa leitura por agora, quem sabe, um dia eu dou uma chance? Sua resenha ficou ótima como sempre.
    beijinhos.
    cila.
    https://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha Thaila. Nunca li nada da autora, mas só vejo excelentes elogios a respeito. Achei a história encantadora e acredito que eu iria curtir bastante o livro. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Thaila! Eu li um livro da autora que gostei muito, mas este aqui não agradou muito e eu ainda não tenho intenção de lê-lo. Pena você não ter curtido tanto. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Oii flor, tudo bem?

    Sempre vejo resenhas dessa autora e tenho muita vontade de ler algo porém ainda não li, achei um encanto!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi
    Conheço a autora, mas ainda não li nenhum livro dela, gostei da sua resenha e fiquei interessada em ler esse livro. A capa, tenho que confessar que não gostei, achei fria e pouco romântica.
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  6. Louis Cartier e il pilota brasiliano Albert Santos Dumont sono buoni amici perché la sfida di volo di Albert Sandos Dumont fallì perché le sue mani avevano bisogno di controllare l'aereo ed era innocente.rolex falsi Tira fuori l'orologio da tasca per vedere l'ora. Pertanto,replica orologi Louis Cartier ha adattato un orologio per lui ed è il primo orologio al mondo indossato al polso.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!