Resenha Para continuar



Para continuar
Felipe Colbert
Novo conceito
Literatura Nacional
Novo Conceito, 2015


Sinopse: Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer a sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa do seu coração defeituoso.
Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão de dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade.
A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento.
O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram.

A história gira em torno Léo e Ayako, dois jovens que se conhecem no metro da cidade de São Paulo e sentem instantaneamente atraídos, mesmo sem terem trocado palavras. Mas, nada será tão fácil.
Léo é superprotegido pelos pais, por conta de uma doença no coração, e ele mesmo tem muitos medos em relação as suas limitações e cuidados.
Já a jovem Ayako, de origem japonesa vive com o avô e o amigo Ho, tem por afazer principal ajudar seu ojiian a tocar a pequena loja de luminárias no bairro da Liberdade e por essencial zelo cuidar para que ninguém descubra o se esconde no porão, onde a mágica acontece realmente.
Como se não bastassem os perrengues que o casal por si só já tem que enfrentar ainda vem Ho à tira colo, um jovem apaixonado por Ayako, mas que carrega uma ingenuidade própria dos inocentes, mas nada inocente é seu primo Kong, um cara mau encarado e de péssima índole...
O que seria maior? Medo ou amor? Qual a magia e força desse sentimento?

“Uma sensação de calor e bem- estar toma conta de mim, a ponto de esquecer meus problemas. É um momento maravilhoso. Nós dois sob as luzes de todas essas lanternas... eu diria, quase mágico.” p. 132

Ai está à receita da história de Colbert, tinha tudo para agradar... mas não agradou, a leitura foi arrastada e demorei muito para me encontrar na trama, para ler um livro de pouco mais de 200 páginas demorei mais de quatro dias, isso porque o enredo não me prendeu tanto a ponto de eu querer me fixar na trama e não no mundo ao redor.
Outra, achei Leonardo um mocinho sem sal, não é daqueles que arrebatam à primeira página e depois vão te conquistando, to até agora tentando me encantar o mínimo que seja por ele, tenho certeza que essa antipatia foi decisiva na hora de não curtir muito a leitura.
Claro que não posso só criticar, tem pontos positivos na trama: um passeio mágico por um dos maiores redutos culturais da cidade de São Paulo: o bairro da Liberdade, um pedacinho do Japão na terra do arroz e feijão! Isso foi realmente sensacional, muito bem escrita a parte de localização e história da imigração japonesa.
Também gostei do final, apesar de clichê e até meio obvio creio que deu uma salvada na trama em geral, só que para mim não agradou tanto quanto deveria, sendo assim não daria mais que três estrelas em uma classificação como as do skoob. Espero ter experiências melhores com o outro livro do autor Belleville que está na minha lista de desejados.

9 comentários:

  1. Oi Thaila, tudo bem?
    Ainda não li nada do Felipe, mas sempre ouço muitos elogios.
    Uma pena que o livro não te conquistou...
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  2. Sério? Poxa que triste.
    Odeio quando isso acontece.

    Mas, gostei bastante da tua resenha.

    Mil beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Thaila!
    Nossa, não sabia que o livro seria assim :O
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  4. Sério que não agradou Thaila?
    Bom ler uma resenha com opinião divergente, isso equilibra minhas expectativas.
    O livro está na estante para ser lido em breve.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  5. Amo muito a cultura japonesa! E isso me atraiu no livro. Mas sinceramente, acho que se eu lesse essa historia chegaria a mesma conclusão que você. Já li mais de um livro que promete magia, mas que no fim tem uma trama fraca. Mesmo assim aprendi a valorizar escritores brasileiros e por isso certamente lerei esse livro se tiver oportunidade....
    Blog lindo Thaila, estou seguindo.
    Beijos,
    Cami - www.mylittlewonderland.com.br

    ResponderExcluir
  6. ah, uma pena você não ter gostado, estava com altas expectativas sobre o livro. Agora vou ler o livro com menos expectativa para não me decepcionar.

    http://criativosounao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Thaila!
    Comecei hoje a leitura desse livro e como gosto da cultura oriental, acredito que vá gostar da leitura.
    Já li um outro livro do autor e gostei muito.
    “A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida.”(Vinicius de Moraes)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Uma pena que a obra não te agradou. Eu gostei bastante do livro, assim como do outro livro dele. Concordo que Para Continuar teve muitos momentos bem clichês, mas como um todo a história me agradou bastante e fiquei contente também com o final;

    Beijos!
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
  9. Só ouvi falar bem deste livro :/ Gostei da sinopse e principalmente por se passar em território brasileiro! Enfim... Sucesso.

    http://www.decidindose.com/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa