Resenha Madrugadas de desejo




Madrugadas de desejo
Título Original: The Wicked Wedding of Miss Ellie Vyne
Série Sydney Dovedale # 2
Jayne Fresina
Editora Única, 2015
Sinopse: Um jogo de mistério e sedução que não terminará a menos que os dois se entreguem. A Inglaterra do século XIX é elegante, charmosa e aventureira. Um lugar onde é difícil não se deixar levar pelos deliciosos (e perigosos) jogos que lords e ladies libertinamente experimentam. Não poderia ser diferente na bela Brighton, o lar de Ellie Vyne e James Hartley: inimigos declarados desde a infância. Ellie sempre foi uma mulher de ideias a frente de seu tempo, temperamento forte, ousada e, principalmente, avessa a todas as tentativas de suas irmãs para lhe arrumarem um marido. Afinal, com 27 anos era um absurdo ainda perambular sozinha por aí. E é claro que James, um dos solteiros mais cobiçados da cidade, fazia questão de deixar clara sua desaprovação. Durante suas misteriosas escapadas, Ellie rouba algo muito precioso de James, que não terá paz até descobrir a identidade do ladrão. Querendo ou não, eles estão cada vez mais próximos. Como resistir ao charme de James e levar sua mentira adiante? Nesse jogo de perdição, Ellie arriscará tudo, inclusive seu coração. Enquanto James tenta desvendar o segredo da jovem, o desejo proibido que surge entre os dois será capaz de romper com todas as regras da alta sociedade inglesa.

Vynes e Hartleys não se dão, a rixa vai além das questões financeiras e amorosas, Ellie Vyne e James Hartley são inimigos desde a infância, as brincadeiras de mau gosto deram lugar as espezinhadas públicas e muito veneno em suas línguas.

“Ele era um Hartley, ela era uma Vyne, e, portanto eles eram herdeiros de uma rixa que vinha de anos. Além disso, ele era o malandro mais enfurecedor e hipócrita que ela já havia conhecido, e o homem que jamais pensou coisa nenhuma dela, além de julgá-la uma chata.” p. 16

Ellie Vyne se arrisca em uma vida dupla, o que causaria um escândalo sem precedentes se fosse descoberto pela sociedade a misteriosa identidade de conde Bonneville, mas a decadência financeira faz dela a necessidade primordial, mesmo que ninguém jamais desconfie que a ferina solteirona Ellie esta por trás dessa farsa.
James Hartley sabe que uma Vyne é sempre um problema... principalmente ao supor que ela tenha um caso com o maldito conde francês e como se diz: “mantenha os amigos próprios, os inimigos mais ainda.”
Em um jogo de sedução e poder, este casal que a principio nada tem haver um com o outro, mostra-se cada vez mais tentado a se render a uma paixão avassaladora, no meio desse jogo de gato e rato, eles podem descobrir que juntos são ainda melhores.
Vou ser absurdamente sincera: quase larguei esse livro! Quase abandonei a leitura mesmo, mas ainda bem que foi quase!
Apesar do começo ter me desanimado um pouco e de não ter me ligado na história logo nas páginas iniciais pressenti que poderia me surpreender com este livro e meu sexto sentido não me abandonou, se eu tivesse largado o livro não teria me divertido tanto.
O casal é fora do convencional, James é um libertino em decadência, por assim dizer, a idade mais avançada e a competitividade do mercado de caça as jovens faz dele uma lenda, já Ellie é o que se pode considerar de excêntrica para aquela sociedade: uma mulher que diz o que pensa, que age por impulso e que não esconde sentimentos, o que faz dela alvo de muitas fofocas. Esse casal promete abalar Londres!

“E você é uma mulher de vinte e sete anos, com fama de difícil, noivados demais desfeitos, sabe-se lá quantos casos escandalosos... e glacê no traseiro.” p. 75

No começo achei que a trama ia ter um caráter muito sério, mas me surpreendi ao encontrar uma acidez divertida nos personagens, Ellie e James trocam farpas a todo momento, o que garante muitas risadas.

“−Para sua informação, Vyne, recebo propostas com frequência.”
“−De casamento ou para você colocar a cabeça na água fervendo?” p. 57

No fim, eu gostei muito mais do livro do que esperava, a história tem muito potencial, se no começo pensei que fosse ser um romance de época que eu não ia gostar, termino dizendo que não só gostei, mas como também percebi que a trama de Fresina é crescente, vai evoluindo em qualidade e agilidade página a página e é um livro mais que recomendado, desejo que se surpreendam tanto quanto eu!

6 comentários:

  1. Só conhecia o livro pela capa. Não tinha lido nada, nem sinopse. Então pra mim foi uma surpresa essa resenha.
    Adorei sabia, vai contra meus princípios, hahahaha, mas gostei mesmo. Acho que eu curtiria muito a leitura.

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Thaila!
    Ainda não conhecia esse livro, a capa me atraiu porque amo históricos, mas o fato de você quase ter largado ele me deixou com um pé atrás. Vou procurar outras resenhas dele.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  3. Oie Thaila =)

    É tão bom quando um livro surpreende a gente de forma positiva não é? Confesso que não conhecia o livro e nem autora, mas como sou uma leitora apaixonada por romances de época esse é mais um que vai entrar para minha lista.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei muito desse livro; pra mim foi uma ótima surpresa.Acho que o que mais me agradou foi a originalidade do casal e como a Ellie não era uma mocinha tolinha e virgem.

    bjs!
    Thaís:)

    http://umaconversasobrelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Thaila! Eu amei este livro, ele traz um casal diferente dos que costumamos ver em outros romances de época e acredito que ambos terem uma personalidade tão peculiar foi o que mais me fez curtir a leitura. Tomara que a Editora publique os demais.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Oi Thaila!
    Será uma das minhas próximas leituras, não vejo a hora de começar \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa