Aleatório: o artesanato e eu: paixão, respeito, dedicação.



O post de hoje não tem nada com o universo literário, mas trata-se também de uma de minhas paixões: o artesanato! Quero contar um pouquinho da minha história com a linha e a agulha, o pincele e a tinta.
Comecei desde pequena, sempre via minha mãe fazendo crochê e arriscava uma correntinha aqui, outra acolá, mas como ela era canhota não dava pra aprender muito olhando ela fazer. Já mais moça, com uns 13-14 anos aprendo de olho a fazer ponto cruz, a inspetora da minha escola fazia e enquanto eu esperava o ônibus morria de vontade de fazer. Só que pode não parecer, mas eu sou tímida! Muito tímida e naquela época era pior, então eu morria de vergonha de pedir pra ela me ensinar, assim sendo fui mais pela tentativa e erro. Conclusão: meu avesso era horrível, eu usava linha e agulha errada. Era um verdadeiro fuá e eu achando que tava arrasando, acontece que na época eu não tinha computador, então nada de tutorial e nem de facilidades.
Quando meus pais se mudaram de fazenda, indo trabalhar para outros patrões eu tive uma virada: a senhora, patroa da minha mãe, era uma bordadeira de mão cheia e me mostrou meus erros, me ensinou e graças à ela eu aprendi tudo o que sei hoje relacionado a ponto cruz, ponto russo, bordado livre e com uma técnica melhorada, materiais bons e disposição eu consegui encomendas e consequentemente $$$, entendam: não era muito, mas era a minha independência, com o dinheiro eu conseguia comprar CDs, DVDs da minha banda favorita, economizava e dava pra comprar uma blusinha, uma maquiagem, coisas minhas e que eram fruto do meu trabalho.
Para mim o bordado nunca foi só um trabalho, era algo mais, era poder criar e colocar em cada quadradinho mais que linha, mas também o meu amor, minha dedicação, meu empenho.


No mesmo período eu entrei em um curso de pintura de guardanapos que era oferecido para a melhor idade aqui no meu município, mas com a baixa adesão consegui uma vaguinha e fui descobrindo como era bom esse momento de descontração, pintar é mágico! Relaxa o corpo e a mente, além do mais ver um desenho ganhando cor e forma pelo seu capricho é demais.

Só que as coisas foram se complicando, as responsabilidades aumentando: trabalho, faculdade, novos interesses e eu acabei deixando o artesanato de lado, do meu terceiro ano de faculdade, em 2013 até o começo de 2015 posso contar nos dedos quantas vezes lidei com linha e agulha, pincel e tinta. Na verdade, eu fui tragada por novas situações, por novos problemas e me esqueci de mim mesma e do que me fazia bem.
Não é segredo, neste começo de 2015 tive a pior perda que poderia e isso me abalou de diferentes maneiras, mas principalmente o processo de luto foi extremamente doloroso, eu perdi o chão e quando tudo parecia perdido, quando eu sentia que nada do que eu fazia tinha sentido eu encontrei um alento no artesanato, não só porque me fazia bem, mas porque me acalmava, porque me mostrava que eu ainda conseguia fazer algo bem, algo bonito, algo que tenha um valor construtivo pra mim.
Hoje eu tenho expandido meus horizontes, além do ponto cruz e da pintura em panos de prato, conheci o feltro que me encantou, pretendo tentar o patchaplique, quem sabe mais pra frente comprar uma máquina e aprender a costurar, já consegui uns caixotes pra fazer uma casinha pra minha cachorrinha, estou com mil ideias. 






O post de hoje foi mais do que falar de uma paixão, mas foi uma tentativa de mostrar a vocês o quanto uma motivação pode ser pequena e como ela pode te impulsionar para coisas melhores, a vida pode te tirar coisas, mas ela também te dá, basta você olhar um pouquinho mais, com um pouquinho de esperança. A vida tem ficado cada vez mais complicada, cada vez mais apertada, mais angustiante... procurar o que te satisfaça, o que te impulsione é quase uma obrigação para não enlouquecer. Espero que tenham gostado do post e mais ainda das minhas coisitas!

11 comentários:

  1. Oi, Thalia!
    Te confesso que achei um pouco grego alguns termos a que você se referiu, como ponto cruz, ponto russo... Sou bem por fora da costura, hahaha, mas adorei ver você falar dessa paixão. <3 Às vezes, essas coisas que nos fazem bem não se transformam em trabalhos promissores e bem remunerados, mas nem por isso devemos largá-las. Tudo que faz bem pra nossa mente (e coração) precisa ser mantido o mais carinhosamente possível.
    Nessa área artística, eu gosto de pintar e inventar algumas coisinhas manuais, como convites, mas acho que o design na web é uma das coisas que mais gosto (culpa do meu blog!).
    Sinto muito pelo seu período de luto. Fico feliz que esteja se apoiando em coisas boas para superar, vou adorar ver algum trabalho seu aqui no blog. Que tal? Beijos,
    Lis | umareescrita.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Thaila, tudo bem?
    Confesso que me emocionei ao ler seu post.
    Primeiro devo dizer que sinto muito por seu período de luto, não sou capaz de entender o tamanho da sua dor, mas vejo que você encontrou um apoio bastante sólido no artesanato.
    Quando era mais nova, tinha uma paixão imensa por artesanato. Adorava fazer crochê, vagonite, hardanger, ponto cruz e lembro-me de uma época que fazia pulseiras com linhas e nós - elas ficavam lindas - e tentava vender no portão de minha casa, isso me rendeu alguns troquinhos, mas o que mais enchia meu coração de alegria era ver que as pessoas gostavam do que eu fazia. Fiz diversos trabalhos para a minha mãe e com o tempo fui pegando um amor imenso pelo ponto cruz. No começo meu trabalho ficava todo errado atrás, mas aprendi - com muito sacrifício - a fazer certo.
    Infelizmente, cresci e as ideias mudaram, passei a começar a ler e deixei para trás. Agora que estou me formando, espero voltar a fazer essa arte linda.
    Achei lindo seu amor pelo artesanato e esses trabalhos que postou. Espero que seu amor por isso volte e você faça cada vez mais.
    Beijos ♥
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  3. Oi Thaila.
    Admiro mesmo quem tem esse dom para trabalhos manuais. Eu gostaria muito de saber desenhar.
    Muito bonito o seu post. Deu para sentir em suas palavras o quanto isso te faz feliz e sua paixão! <3

    Beijos!
    Lygia - Brincando com Livros

    ResponderExcluir
  4. Oi Thaila,
    Uauuu quanta coisa linda...meus Parabéns....que ame cada dia mais e nos traga posts com tanto carinho e amor. Amei ver seus trabalhos e espero vê-los mais por aqui.

    Bjos Elis - http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Tudo que envolve criação, arte e suas variáveis é super bem-vindo! Muito legal! Eu comecei a fazer pintura em tela recentemente e tem sido ótimo. Fiz até uma postagem no meu blog. E aliás, gostei muito do seu. Estou seguindo! Beijo!

    http://exploradoradelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oiii,
    Que lindo, você tem talento, parabéns.
    Eu costumava fazer ponto cruz mas não tenho muita paciência :(
    bj

    @saymybook
    saymybook.blogpost.com

    ResponderExcluir
  7. Gostei do post Thaila. Minha mãe é artesã. Começou pintando panos de prato e fazendo toalhas de crochê e hoje confecciona lindas caixas de MDF, pinta quadros, faz esculturas em cerâmicas e telhas decorativas. Acompanhando o dia-a-dia dela, sei o quanto isso é gratificante além de terapêutico. Não possuo o mesmo dom de vocês, afinal até hoje não aprendi a fazer uma mera correntinha no crochê...rs, mas admito demais que tem esse talento. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  8. Oie Thaila =)

    Eu acho lindo que sabe trabalhar bem como artesanato. Eu confesso que sou meio desastrada para trabalhos manuais rs... A única coisa que consigo fazer é pintura.

    Beijos e um ótimo final de semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Adorei o post! Como não tenho talento nenhuma para essas coisas manuis, acho bem legal que faz artesanato e tal! Continue fazendo, você é muito talentosa!

    Beijos!
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
  10. Teu post ficou lindo!!!
    Adoro bordar, mas tenho pouco tempo para o oficio.
    Tu participa de grupos de feltro no facebook? Vou te adicionar em alguns se tu me permitir, você vai encontrar coisas lindas nele.
    E parabéns, estão lindos.

    Beijinhos, Helana ♥ ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  11. Amigaaaaaaaa, eu guardo essa lembrancinha com todo carinho.
    Bjokas!

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa