Resenha O Inferno de Gabriel





O Inferno de Gabriel
Livro 01
Sylvain Reynard
Editora Arqueiro, 2013
Sinopse: Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoroso professor universitário, mas à noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites.
O que ninguém sabe é que tanto sua máscara de frieza quanto sua extrema sensualidade na verdade escondem uma alma atormentada pelas feridas do passado. Gabriel se tortura pelos erros que cometeu e acredita que para ele não há mais nenhuma esperança ou chance de se redimir dos pecados.
Julia Mitchell é uma jovem doce e inocente que luta para superar os traumas de uma infância difícil, marcada pela negligência dos pais. Quando vai fazer mestrado na Universidade de Toronto, ela sabe que reencontrará alguém importante – um homem que viu apenas uma vez, mas que nunca conseguiu esquecer.
Assim que põe os olhos em Julia, Gabriel é tomado por uma estranha sensação de familiaridade, embora não saiba dizer por quê. A inexplicável e profunda conexão que existe entre eles deixa o professor numa situação delicada, que colocará sua carreira em risco e o obrigará a enfrentar os fantasmas dos quais sempre tentou fugir.
Primeiro livro de uma trilogia, O inferno de Gabriel explora com brilhantismo a sensualidade de uma paixão proibida. É a história envolvente de dois amantes lutando para superar seus infernos pessoais e enfim viver a redenção que só o verdadeiro amor torna possível.


Julianne, ou Julia para os íntimos, vivei a vida toda à mercê das pessoas, vinda de uma família desestruturada, fruto de um pai ausente e de uma mãe alcoólatra e descompromissada. Decidida a ter um futuro ela se esforçou e conseguiu seu diploma universitário e agora está no mestrado. Sua única doce lembrança ao longo dos anos foi a única noite que dormiu nos braços do grande amor de sua vida, Gabriel Emerson... seu professor.
Gabriel tem muitas feridas, lembranças de uma vida que ele queria esquecer, mas não pode. Afundado em sua carreira promissora, ele conhece Julia em uma de suas aulas... e ele é um grosso com ela! Isso mesmo, um grosso com “G” maiúsculo. Gabriel não se lembra dela, quando se conheceram ele era um jovem rebelde e ela uma tímida adolescente.
A timidez, atrelada a doçura incomoda-o. Ela é um anjo, ele um demônio.
A atitude da Gabriel muda quando conhece melhor Julia, a afeição surge e um protecionismo exacerbado da parte dele, mas Julia está acuada, não sabe que reação esperar da parte dele.

“O que eu fiz com essa pobre garota? Ela está morrendo de medo de que eu vá dar um coice nela ou algo assim” p. 107

O universo conspira para que esse casal fique junto, mas as relações entre alunos e professores são estritamente proibidas na Universidade de Toronto... ambos podem se meter em grandes problemas se forem pegos!
Dói ver a falta de amor próprio de Julia, ela foi depreciada a vida toda, humilhada por todos e magoada por quem devia amá-la.

“−Tudo que eu sempre quis foi alguém que me amasse- disse ela baixinho
­−Você tem isso agora” p 493

Já Gabriel é um homem que busca a redenção de seus pecados e encontra em Julia um pouco de luz em sua escuridão.
A história toda se baseia no romance de Dante Alighieri e Beatriz na doce Florença do século XIII, já que tanto Julia quanto Gabriel tem uma paixão profunda pela obra do poeta italiano.
O livro é longo, são 500 páginas mais um bônus de 11 páginas, uma pitada do que esperar do próximo livro “O julgamento de Gabriel”, porém a história do casal conquista página à página. É lindo ver o amor Cortez que nasce entre eles, puro e que faz a gente suspirar e sonhar com o amor verdadeiro. Uma linda história de amor como há muito tempo não lia!
Para quem não conhece a história que inspirou o livro segue um pequeno resumo da história de Dante e Beatriz:
“Aos 9 anos, contudo, Dante conheceu um tipo bem diferente de amor. Certa vez, passeando pela cidade, deparou com a figura angelical de Beatriz Portinari, filha de um rico burguês. Dante apaixonou-se de imediato - e para sempre. Começava ali o mais célebre caso de amor platônico na história. Dante jamais cortejou Beatriz, que já estava prometida a outro homem. Beatriz morreu aos 24 anos, vítima de uma doença súbita e indeterminada, e Dante passou as décadas seguintes dedicando seus sonhos e seus versos àquela semidesconhecida, com a qual não chegou a trocar, ao longo da vida, mais que um par de palavras.”
Acredito que o titulo do nosso romance faz alusão ao momento conturbado que tanto Gabriel quanto Dante viveram, um amor que marcou além do tempo, que mesmo sem conhecer bem aquelas que tanto amaram ao longo dos anos as lembranças, mesmo tênues foram significativas e inesquecíveis.

11 comentários:

  1. Oi, Thaila.

    Adorei a resenha! Juro que fazia uma ideia bem diferente desse livro, pensava que fosse hot. Fiquei com muita vontade de lê-lo agora que percebi se tratar de uma história de amor.

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  2. Oie Thaila =)

    Eis uma trilogia que nunca me chamou a atenção. Embora tenha lindo várias resenhas positivas dos livros da série, incluindo agora a sua, nenhuma me deixou com aquela pontinha de curiosidade para conhecer a trama a fundo.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  3. OieThaila.
    Li os três livros e simplesmente amei a história que é bem interessante e envolvente. Uma das minhas trilogias favoritas.

    Bjs
    Lu Blog: Apaixonada por Romances

    ResponderExcluir
  4. Não é de hoje que ouço falar desse livro. A primeira vez que ouvi falar dele sabia apenas que era com tema aluna/professor e de cara me despertou a curiosidade. Mas depois fui sabendo um pouco mais da história e cheguei a conclusão de que o livro não é pra mim não. Acho que eu não gostaria muito da história, pelo que pude notar. Mas que bom que vc gostou! Fico feliz por vc!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  5. Oi Thaila!
    Dessa trilogia, o livro que eu mais gostei foi o primeiro \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Sabe, eu não tenho muita vontade de ler essa trilogia. Só me parece mais um romance proibido, nada que vale a pena o "mergulho" em livros de quintas paginas :/

    Beijos,
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir
  7. Eu ganhei este livro num sorteio, mas o caloteiro do blogueiro safado até hoje não enviou. E isso já tem mais de 1 ano.
    Com isso eu acabei perdendo a vontade de ler o livro. Não sei, mas acho que sempre que vejo essa capa me lembro da cara do cachorro, rsrs.

    Adorei a resenha florzinha! Ficou linda!! Realmente, o inferno de Dante é uma boa inspiração para o Gabriel.

    Bjksssssss

    ResponderExcluir
  8. Olá Thaila,

    Muitas resenhas positivas desse livro eu li, mas confesso que não me desperta interesse.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Thaila, eu gostei da trilogia, mas confesso que esperava mais.Julia me irritou profundamente, tinha momentos que eu queria jogar o livro longe. Muito drama e mimimi.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  10. Esse ai é um livro que não tenho vontade de ler, sério :(


    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  11. Eu adorei esse livro, mas a Julia com certeza me irrita às vezes!
    Bjinhos

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa