Resenha Conselho de Amiga



Conselho de Amiga - Se não dá para confiar em seus amigos, em quem confiar? - Siobhan Vivian
Novo Conceito,

Sinopse: Ruby está completando 16 anos... mas o dia especial não é tão doce quanto foi planejado. Seu pai desaparecido há muito tempo aparece e Ruby não quer ter nenhuma relação com ele. Ao contrário, ela quer sair com seus amigos — a leal Beth, a perigosa Katherine e a fofoqueira Maria. Elas dão muitos conselhos a Ruby — sobre garotos, seu pai e como ela deve se vestir e como deveria estar se sentindo. Mas, na verdade, ela não sabe o que pensar ou sentir. Especialmente quando um novo garoto entra em cena... e Ruby descobre que algumas de suas amigas não são tão verdadeiras quanto dizem.

Ruby tem um relacionamento conturbado com os pais. Desde que o pai saiu de casa seis anos antes ela nunca mais o viu e sua mãe acabou se fechando para não tocar no assunto, sendo assim, ela só pode contar com suas amigas Beth, Katherine e Maria.
Uma coisa já começa errado, Ruby não acredita e nem confia na amizade de Katherine ou Maria, mas como Beth é meio que a líder nessa relação tudo acaba sendo aceitado, mas não concordado.
Quando Ruby faz 16 anos e seu pai reaparece querendo conversar não foi só a vida dela que mudou, mas suas amigas também mudaram, cada uma era dona da verdade e poderiam dar a nossa protagonista a melhor ideia de como lidar com a situação, entretanto incerta do que sentir e muito menos de como agir parece que sua amiga Beth tem outras ideias em mente.
No meio de toda a confusão aparece Charlie, o garoto não tão bonito, mas que faz Ruby sentir-se especial, mas que ao mesmo tempo pode vir a ameaçar a relação dela com suas amigas, já que rola aquele ciúme...
No meio de tantas confusões e porque não falar em intrigas Ruby vai amadurecendo, aprendendo a olhar os fatos de ângulos diferentes e se descobrindo mais adulta em uma fase regada de incertezas.
Eu levei muito tempo pensando no livro depois da leitura, Siobhan é uma autora que eu adoro, ela sabe como trazer as questões do universo adolescente para seu livro, mas a meu ver ela pecou em alguns pontos desse livro, Ruby tinha pré conceitos com Maria e Katherine, que nada haviam feito para ganhar esse rotulo de “amigas não tão amigas”, na verdade as duas foram bem leais e a meu ver, mesmo com seus problemas não dominaram-na e manipularam-na como Beth, que para mim mesmo com suas boas intenções foi uma bela de uma sacana!
Outro ponto, é que eu nunca sabia quando Ruby tava fazendo uma regressão ao passado ou continuando a narrativa e eu tinha que ficar muito ligada e então deu uma certa travada, para finalizar eu esperava mais do final, pontas ficaram soltas e essa coisa de final aberto pra imaginação funcionar pra mim não rola, gosto dos pingos nos is, o que faltou um pouquinho aqui!
Não vou deixar de ler livros da autora, como eu disse gosto muito dela, do jeito dela de criar enredos que me transportam pra adolescência, mas não curti esse livro no conjunto. As questões que ficam para serem pensadas são interessantíssimas, mas a forma como a autora usou da literatura para trazê-las à tona não me agradou.

8 comentários:

  1. Oi, Thaila.

    Não tive contato com a autora. Então, não posso falar muita coisa. Apenas concordar com alguns fatos, como, por exemplo, "os pingos nos ís": concordo muito. Livro que deixa algo vago não é pra mim. Claro que isso não me fará querer ter a oportunidade de ler alguma obra dela, mas pelo menos sei qual não escolher.

    Aguardo sua visita :)
    http://porredelivros.blogspot.com/2015/07/eu-estive-aqui-da-gayle-forman.html

    ResponderExcluir
  2. Oi Thaila!
    Eu também gosto da autora, mas esse livro não funcionou comigo... Lembro que não consegui me apegar às personagens e que não gostei muito do final, achei meio vago, talvez se tivesse mais um ou dois capítulos... rs
    Bjs
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie Thaila =)

    Não li nada dessa autora ainda, e por ela escrever livros mais voltado para o publico adolescente, confesso que eles nunca me chamaram muita atenção.

    Pena que a leitura não foi tão proveitosa como você gostaria, mas as vezes acontece.


    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  4. Aii, eu adoro ler livros mais juvenis! Acho que por fazer parte desse público, são gêneros que me interesso bastante :)
    www.iamcamilakellen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Thaila!
    Eu já li esse livro e achei muito fraquinho...
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  6. Eu li o livro da Siobhan com a Jenny Han - Olho Por Olho - e fiquei irritada com a escrita, com a futilidade de alguns personagens e o desenvolver da história. "broxei" pra ler outras coisas dela. Pelo que vi, nesse livro o problema é o mesmo... grrr. Queria muito ler a Não Sou Esse Tipo de Garota, mas desanimei total :/ não foi uma autora que pegou comigo.
    beijos!
    renatavarela.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Thaila,
    Infelizmente esse livro não me agradou achei ele muito fraquinho também, uma pena.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa.
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Thaila,

    Li e resenhei esse livro no blog, mas confesso que a autora ainda não me convenceu, não sei se darei outra chance a ela....bjs.

    www.devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa