Resenha O Álbum





O Álbum
Toda sexta-feira, um cartão postal. Toda sexta-feira, um poema.
Timothy Lewis
Novo Conceito, 2015
Sinopse: Para Adam, negociante de objetos usados, a casa de Gabe Alexander é apenas uma propriedade que será esvaziada e vendida pelo maior lance. Entretanto, em meio às prateleiras repletas de relíquias, um álbum antigo atrai sua atenção. Nele há cartões-postais amarelados pelo tempo, escritos ao longo de 60 anos. Intrigado, Adam começa a lê-los: eles estão cheios de frases românticas e delicadas, as provas do amor incondicional entre Gabe e Pearl Alexander.
Gabe cuidava para que um cartão chegasse às mãos de Pearl todas as sextas-feiras. Cada um deles possui não apenas um poema, mas verdades preciosas sobre o cotidiano de um casal que viveu um sonho. A soma de todas essas verdades talvez responda perguntas que Adam se faz há muito tempo.

“Dois corações comandados pela devoção”
“Então minha nova pergunta era a seguinte: como eu tinha me perdido ma primeira jornada, seria ainda possível fazer minha jornada até o topo da montanha com outro alguém? Ou eu estava destinado a percorrer o caminho solitário das planícies, assombrado por um único par de pegadas... As minhas?” p. 153

Tem histórias que te conquistam de cara, o álbum teve esse apelo comigo, a sinopse encantadora deixa de revelar uma parte importante da trama: uma das mais lindas histórias de amor que já li.
Vinda de uma família gigantesca a jovem Pearl Huckabee, ou apenas Huck para os íntimos, encontrou ainda menina um homem que para ela é seu anjo da guarda, desde esse encontro ela mantêm viva a esperança de encontrar um amor, uma alma gêmea tal como lhe foi profetizado.
Gabriel Alexander, um contador de uma peixaria, parece ser a composição perfeita para essa história de amor, quando eles se conheceram foi amor a primeira vista... entretanto, como toda a história de amor teriam que superar inúmeros obstáculos para vencer e viver esse sentimento.
Essa é uma história do passado.
No presente conhecemos Adam, um homem que esta amargurado pelo final de um relacionamento que jurava ser para sempre, em mais um dia de trabalho como negociante de objetos em casas que estão para vender ele encontrou uma verdadeira relíquia: um álbum com cartões postais que além de ajudarem a compor a história de amor de Huck e Gabe parecem trazer a fórmula da felicidade!
Durante 60 anos, todas as sextas, Gabe reforçava seu amor por Huck com palavras escolhidas para representar não apenas um momento da vida conjugal, mas para mostrarem que ele nunca a amaria menos, ela era, é e sempre seria sua alma gêmea.

“Por um lado, tinha sido deprimente escrever sobre o relacionamento dos Alexanders, uma conexão incomum neta era cética. Por outro lado – e eu odiava até mesmo usar essa palavra −, a “magia” que eles compartilhavam era o que eu desejava tão desesperadamente. Anjos à parte, o fato mais preocupante era esse: a felicidade deles parecia ter sido ligada por corpo e alma, uma profundidade de espiritualidade que a maioria dos casais pode nunca considerar, muito menos entender.” p. 153

Mesclado em três tempos, dos anos 30 aos 80, em 2004 quando Huck esta em suas lembranças e 2006 quando temos a perspectiva de Adam, creio que pelo que já acompanharam aqui eu adoro livros com tempos mesclados, mas sempre digo que quando duas histórias são trabalhadas em paralelo ambas devem ter as mesmas proporções e espaço para que ambas cativem, isso não ocorre em O Álbum, Adam é mais um espectador do que um participante e isso que seria um fato que me incomodaria normalmente  não teve esse efeito, já que considerei a história de Huck e Gabe tão delicada, tão dedicada um ao outro que realmente não havia espaço para que uma outra história se delineasse na mesma medida.
Mais que uma história de amor, é uma história de cumplicidade, da a sensação de que perdura, que cativa, que vence, que mostra que amar é acima de tudo ter esperança. Em um momento em que as relações estão superficiais, que conceitos como dedicação e fidelidade tem perdido o sentido em uma sociedade baseada no egoísmo e no ceticismo, o livro de Lewis reaviva essa vontade que cresce no fundo da alma: de ter e de ser uma história de amor.
A capa tem tudo a ver com a trama, aliás ela é um xeque mate! Esta super ambientada a trama que se desenvolve em seu interior, apesar de ter encontrado pequenas trocas na digitação nada tão grave que venha a prejudicar a compreensão, a fonte é a Times, clássica nos livros da editora e o tamanho da fonte agradável aos olhos. Sem mais delongas, é um livro singelo que como tal merece que seja apreciado sem moderação, como uma válvula de escape, que faça sonhar e recriar um amor pra vida toda.

13 comentários:

  1. Eu ainda não tinha parado para ver sobre o que era esse livro, a proposta dele parece um amor mesmo. Legal que apesar de Adam não ter muita participação isso não atrapalhou a história, fiquei curiosa para conhecer esse casal :)

    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii
    Primeira resenha que leio desse livro, parece ser uma história muito bonita mesmo e gostei de ver sua opinião, a resenha ficou muito escrita e já quero ler e saber quais obstáculos Gabe e Pearl enfrentaram.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Atualmente também estou lendo um livro que mescla passado e presente, é uma forma interessante e desafiadora de narrativa, nem sempre eu gosto, mas é muito bom quando o autor sabe fazer funcionar.

    Achei a capa de "O Álbum" linda e saber que ele tem uma história linda me anima mais ainda com o livro... Estou doida para ler!

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Oi Thaila!
    Ótima dica \o/ Logo vou começar a leitura!
    Bjs!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Thaila, não me chamou muita atenção, mas não descarto a leitura.
    Bjs,rose.

    ResponderExcluir
  6. Oi Thaila, sua linda, tudo bem
    Eu gamei assim que li a sinopse desse livro, que história mais sensível, mais delicada. Quando você contou que ele afirmava seu amor todas as sextas, eu me apaixonei!!!! Lindo!!!!! Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Thaila, que ótima resenha!
    Queria ter lido sua resenha antes de ter passado este livro para a colaboradora do blog!
    Lendo sua resenha é que percebi que iria amar esta história. Assim que eu tiver uma chance vou ler. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie Thaila =)

    Estou com esse livro em casa, mas ainda não consegui encaixar ele na fila rs...
    Desde que vi O Álbum a premissa dele me chamou a atenção por parecer ser bem o tipo de livro pelo qual me apaixono. Sua resenha me deixou bem mais animada para conhecer a história agora *-*

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  9. Oii!!

    Não conhecia essa história, mas quando se trata de uma narrativa com história de amor bem contada eu curto. O autor também é desconhecido para mim, porque foquei por muito tempo nos livros de romance do Nicholas Sparks. Chegou a hora de encontrar outras histórias de amor.

    beijos

    http;//mundo-restrito.blogspot.com.br
    @rs_juliete

    ResponderExcluir
  10. Thailinha, este é um daqueles livros que eu adoro ler. Assim como vc tb adoro passagens no tempo, flasbacks e outras décadas. Gosto de histórias passadas influenciando o presente, parece que lemos duas histórias distintas, dois livros, que em um momento irão se cruzar.
    Adorei, já na lista!
    Beijo
    Ler para divertir

    ResponderExcluir
  11. Vou ser honesta com você. Já iria pegar birra pelo nome Huck, sério? Poderia ter escolhido um apelido melhor.
    Enfim, o livro parece ser tipo Lucinda Riley bem romântico. Deveria ter solicitado.


    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  12. Thaila, sou apaixonada por livros assim.
    Esse já foi para os meus desejados!
    Estou doida pra ler.

    Beijo grande!

    www.oblogdasan.com

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa