Resenha Esperando por Doggo




Esperando por Doggo
Um homem. Um cachorro. Um grande amor.
Mark B. Mills
Novo Conceito, 2015
Sinopse: Dan achava que tinha uma vida feliz com Clara, mas, de uma hora para outra, ela desaparece inesperadamente de sua vida, deixando para trás apenas uma carta de despedida e um cachorro. A pequena criatura é incomum e sequer tem um nome definitivo, ele é simplesmente chamado de Doggo. Agora, Dan tem a missão de devolver Doggo, e, ao mesmo tempo, encontrar um novo emprego. A primeira missão parece ser fácil, a segunda, nem tanto. Com o passar dos dias, Dan começa a desfrutar da companhia de Doggo e não tem coragem de abandoná-lo. De forma singela, mas significativa, a presença do pequeno cão ajuda àqueles que estão ao seu redor. Doggo acaba tornando-se muito mais que um amigo de quatro patas, transforma-se em uma verdadeira fonte de inspiração para o trabalho e para a vida de Dan.
Esperando Doggo não é só um livro sobre um cachorro. É um livro sobre o poder de uma verdadeira e sincera amizade.

Não é fácil falar deste livro, no principio o achei bem parecido com outros livros que tratam de cães e seus donos, mas este me surpreendeu e muito pela sua construção de enredo e evolução e pelas reações que tive ao longo da trama.
Dan é um clássico bundão, com o perdão da palavra, mas é a forma como eu o vejo. Acomodado em um relacionamento (que já é visivelmente fracassado) com Clara e ao mesmo tempo incomodado pela presença de Doggo, o cachorro feio adotado pela namorada ele se vê de queixo caído ao chegar em casa e se deparar com a ausência dos pertences de Clara e uma pequena carta na qual ela o esta dispensando, mas o que parece ser uma dispensa insana, provocada por hormônios se mostra um plano calculado de abandono com o amante.
Com novas perspectivas de carreira publicitária e ao mesmo tempo uma empatia nada natural por Doggo, afinal ambos foram abandonados, Dan começa a reconstruir sua vida tendo por alicerce a amizade com o cachorro que parece muito mais humano do que ele próprio em alguns momentos.
Doggo é descrito como um cachorro feio e mal humorado, mas confesso que sem ele essa história seria um verdadeiro fracasso, ele além de um protagonista da todo o charme que a trama precisa para conquistar o leitor. Se é difícil gostar de Dan é impossível não se apaixonar por Doggo a primeira página.
Com passagens divertidas, Doggo um irremediável apaixonado por Jennifer Aniston, mostra a Dan como as coisas podem melhorar se você permite-se olhar para além do lado negativo da situação. Além de tudo a história se baseia na construção da confiança de um cão por seu dono e vice-versa, tem uma postagem no facebook que diz que nada melhor voltar para casa e encontrar alguém que te espera e te recebe com tanta alegria como um cachorro e eu creio que isso seja verdade, pois os animais são amigos de quatro patas, amigos que nos acolhem em nossa dor e nos perdoam por nossa raiva.

“−Essa coisa de um homem-e-seu-cachorro... É meio bizarra. Você nem conseguia suportar essa coisa quando Clara apareceu com ele e, agora que ela foi embora, você adora o cachorro.”
[...]
“−Quer dizer, o que você esta fazendo? Ficando com ele até ela voltar?”
“−Ele não é mais dela, ele é meu.” p.197

Como toda a história que se baseia em personagens imperfeitos e, portanto quase reais, Mark explora a realidade de acasos e desencontros, ações e reações, erros e acertos de forma a mostrar o quanto ter um amigo para compartilhar os bons e os maus momentos se faz necessário, mesmo que esse amigo tenha quatro patas e um olhar pidão fazendo de sua história rica, divertida e comovente, daquelas que eu me peguei surpreendida por não acreditar em momento algum que a trama pudesse ter tanto crédito. Se no começo pensei que não ia gostar e que ia ser uma leitura enfadonha me vi mudando completamente de opinião, encontrando uma trama rica em veracidade e fatos que mostram a trama como atual e conquista pelo potencial de crescimento tanto da trama como dos sentimentos de quem lê.

5 comentários:

  1. Parabéns pela resenha Thaila! Estou ansiosa para ler Esperando por Doggo! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Thaila, tudo bom?
    Ai livro sobre cachorros, já é uma receita para amar não? É receita do sucesso

    Beijos

    Ta rolando sorteio lá no blog, últimos dias, confiram:
    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/2015/11/sorteio-perdido-em-marte-andy-weir.html

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha <3 Este é um livro de leitura bem leve, bom para curar uma ressaca literária. Eu li e gostei. Hehe!
    Abraço, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Thaila!
    Menina, não sei se vou gostar desse livro :O Agora que vi um pouco do que se trata, não estou confiante de que vou gostar. Depois conto o que achei rs
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  5. Oie.
    achei que esse livro era do tipo daqueles com cachorro doente e todo mundo morrendo.
    Vou ler ele logo.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa