Resenha Coleção Primeiros Sucessos- Harlequin




Coleção Primeiros Sucessos
Ed. 66
Duas histórias
Harlequin, 2015
O presente ideal
O Presente Ideal – Sherryl Woods
Sinopse: Qual era a graça de comemorar o Natal sem um marido bonitão do lado? Para a tia Mae, nenhuma! Por isso, ela resolve não perder tempo e dá um jeito de enviar o homem ideal para sua sobrinha Savannah Holiday. Mas será que Savannah se tornaria noiva do milionário Trace Franklin a tempo das festas de fim de ano?

Mae Holiday foi uma senhorinha especial na vida de Trace, além de uma amiga e sócia a doce senhora mostrou-se um ombro amigo para que ele pudesse superar as agonias e traumas de uma infância difícil. Trace não acredita no amor como edificador, mas sim como enfraquecedor, tal como o amor de sua mãe por seu pai foi, portanto, ele não quer amor, filhos e muito menos casamento.
Após a morte de Mae ele se compromete a cumprir a promessa de passar o natal na Holiday Retreat, a pensão da falecida senhora, seria ao mesmo tempo o resgate de natais passados e a chance de Trace cuidar um pouco mais da propriedade de sua grande amiga, ele só não contava que teria que dividir a casa com visitantes não esperadas.
Savannah sempre teve muita estima pela tia-avó Mae, a doce senhora não só a apoiou quando mais precisou como foi toda a família que ela e sua filha Hannah tiveram após o conturbado divorcio de Savannah que resultou não somente na dissolução do casamento, como também abriu um grande abismo entre ela e os pais. Tendo Holiday Retreat lhe deixada como herança ela sabe que terá uma dura missão em reconstruir este lugar marcado pelo tempo e pela falta de dinheiro, mas não só isso, primeiro ela terá que lidar com o irascível Trace.
Em meio a neve, chocolate quente, risos e porque não pensar em uma mãozinha de Mae o casal começa a se envolver.

“Era bem do seu feitio planejar algo para aqueles que amava, algo para torná-los menos solitários, após sua morte.” p. 42

 Só seria necessário saber se o amor nasceria em meio as inseguranças de Savannah e Trace.

Pequeno Milagre
Pequeno Milagre – Linda Howard
Grávida e sozinha durante uma nevasca, Kathleen Fields se vê em apuros ao entrar em trabalho de parto prematuramente no dia de Natal. Ao se arriscar pela perigosa rodovia a fim de chegar ao pronto-socorro, fica presa e logo perde as esperanças de salvar o bebê! Até que um milagre acontece quando o médico Derek Taliferro aparece inesperadamente. Juntos, trazem a filha de Kathleen ao mundo. E descobrem que o amor é o maior presente de todos...
Kathleen estava em uma bela enrascada, sem dinheiro, com um carro deteriorado, muita neve e um bebê a caminho ela sabe que cada minuto garantirá que seu filho ou filha sobreviva após o parto que estava adiantado mais de um mês.
Como se estivesse em um conto de fadas, em seu caminho surge um verdadeiro príncipe em um cavalo branco, ou melhor, o maravilhoso doutor Derek e o cavalo na verdade é um jipe com tração à neve... um conto de fadas moderno.
Quando a pequena Risa nasce pelas mãos de Derek ele se apaixona por mãe e filha, mas sabe que conquistar Kathleen será uma dura missão, além de ter sofrido muito por acreditar em amor e levar marcar profundas disto, ela tem focado sua atenção apenas para a criação da filha, mas isso não faz com que ele desista.

“Ensinar Kathleen a amar não seria fácil, mas Derek olhou para ela e para o bebê em seus braços e soube que não desistiria” p.168

Não posso comentar muito pra não dar spoliers, mas como não leio muitos romances da Linda, mas leio muitos elogios à ela, fiquei um pouco incomodada pela forma dela de escrever este romance, conforme fui lendo não conseguia acreditar que tudo estava acontecendo de forma tão rápida, tão corrida e ao mesmo tempo tão ilusória em mais de uma situação.
Resta saber se água mole em pedra dura tanto bate até que fura...
Em ambas as histórias é resgatado toda a magia do amor em um clima de muita confraternização em meio a neve, luzes de natal e a nostalgia da data em si, mas ao mesmo tempo ambas autoras, para mim, pecam ao trabalhar suas histórias de forma muito corrida, tudo é muito rápido, dando o ar de conto de fadas e ao mesmo tempo o tom ilusório da história, não é daquelas que você imagina os personagens como seus vizinhos ou amigos. Faltou um epilogo cada uma, para dar aquele toque final, são histórias gostosas de ler e que tem aquilo que mais me agrada que são crianças e bebês nas tramas, romances bacanas para passar um final de tarde, mas que poderiam ter sido melhores e digo isso com convicção por saber que ambas autoras tem muito potencial para escreverem.

3 comentários:

  1. O que me atraiu nesse livro foi o fato dele ter uma história da Linda Howard, mas os comentário que li sobre essa história me desanimaram um pouquinho. Eu já li a primeira história, gostei muito. Agora tô lendo a segunda. Vamos ver o que é que esse livro tem que incomodou algumas pessoas (e sinto que me incomodará tb, rsrs...).

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  2. Oi,
    Não curto muito romance de banca, apesar de haver uns muito bons. Essa capa é divina, compraria só por ela.

    Beijos Elis
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Duas historias lindas e cativantes gostei muito

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa