Resenha Sedução ao amanhecer




Sedução ao amanhecer

Seduce me at Sunrise Os Hathaways - Livro 02

Os Hathaways # 02

Lisa Kleypas
Arqueiro, 2013

Sinopse: O cigano Kev Merripen é apaixonado pela bela e bem-educada Win Hathaway desde que a família dela o salvou da morte e o acolheu, quando era apenas um menino. Com o tempo, Kev se tornou um homem forte e atraente, mas ainda se recusa a assumir seus sentimentos por medo de que sua origem obscura e seus instintos selvagens prejudiquem a delicada Win. Ela tem a saúde fragilizada desde que contraiu escarlatina, num surto que varreu a cidade. Sua única chance de recuperação é ir à Franca, para um tratamento com o famoso e bem-sucedido Dr. Harrow. Enquanto Win está fora, Kev se dedica a coordenar os trabalhos de reconstrução da propriedade da família, em Hampshire, transformando-se num respeitável administrador, mas também num homem ainda mais contido e severo. Anos depois, Win retorna, restabelecida, mais bonita do que nunca... e acompanhada por seu médico, um cavalheiro sedutor que demonstra um óbvio interesse por ela e desperta o ciúme arrebatado de Kev. Será que Win conseguirá enxergar por baixo da couraça de Kev o homem que um dia conheceu e tanto admirou? E será que o teimoso cigano terá coragem de confrontar um perigoso segredo do passado para não perder a mulher da sua vida?

“Kev a amava. Não como descreviam os romancisas e poetas. Nada tão domesticado. Amava além da terra, do céu ou do inferno. Cada momento longe dela era agonia; cada momento com ela era a paz que jamais conhecera.” p. 29

Culpada! Eu assumo, quis ler este livro assim que ele chegou! As boas resenhas que li dele me fizeram ficar mais ansiosa do que já sou!
Kev Merripen é um cigano de nascença, mas desde muito jovem foi criado pelos Hathaways, pois seus semelhantes partiram após um ataque gadje, e o deixaram para morrer só. Seu intuito quando jovem era curar-se, agradecer e partir, entretanto tudo mudou quando ele conhecer Win.

“Kev nunca pensava no Sr. E na Sra. Hathaway como pais, mas teria feito qualquer coisa por eles. Não desejava criar laços com as pessoas. Para isso seria necessário mais confiança e intimidade do que ele podia sentir. Mas gostava de todos os Hathaways, até mesmo de Leo. E havia Win. Por quem Kevi daria a vida” p. 29

Win era uma jovem reservada, mas muito saudável, porém o surto de escarlatina que a acometeu deixou marcas em seus pulmões agora frágeis que a impedem de levar a vida como qualquer outra jovem e assim poder conquistar Merripen, seu amor de juventude que se estendeu para a vida toda. Entretanto, a solução pode estar em um tratamento oferecido da França, que garante resultados bem otimistas.
Win é a força em pessoa, durante dois anos se dedicou a curar-se para retornar à sua terra natal e para os braços do homem amado. Porém, os dois anos de distancia mudaram muito Merripen, se antes era apenas um homem reservado, tornou-se mais fechado que uma ostra, um homem distante das pessoas e mais próximo da terra em que os Hathaways chamam de lar.
Baseado em preconceitos aristocráticos e em seu passado turbulento, Merripen não se considera digno de Win e prefere vê-la nos braços de outro homem do que nos seus, considerados impuros.

“− Nada tenho a oferecer a você – disse ele finalmente em tom gutural. − Nada
[...]
−Você tem você mesmo − sussurrou”. p. 105

Gostei de tudo, de como a autora salientou o passado de ambos, como construiu um presente significativo e possibilitou a visualização de um futuro mais promissor. Eu adorei a história, Lisa soube explorar de forma única seu enredo, fazendo o leitor rir e ao mesmo tempo se emocionar com uma história de amor que nasce na infância e apenas se identifica ganhando força e a simpatia do leitor aos poucos, de forma nenhuma me decepcionei, ao contrário me vi apaixonada e seduzida. Espero gostar mais ainda da história de Poppy.

9 comentários:

  1. Oi, Thaila.

    Adoro romances de época e quero muito começar a ler esta série... sua resenha até me animou!

    Beijos,
    Livy
    nomundodoslivros.com

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente o meu preferido dos Hathaways (AMO D+ D+)!!!

    http://leitoracomamor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu preciso tomar vergonha na minha cara e começar a ler essa história, ahahahaha, porque todo mundo fala e eu nem conheço a história direito ainda :)
    Muito boa a resenha.Me fez despertar(finally) a vontade pra ler.


    beeijos :)
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Thaila!
    Cada resenha que eu leio dessa série, só aumenta minha vontade de ler.
    Pelo jeito os livros dos Hathaways são perfeitos!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela resenha Thaila! Já li Desejo á Meia-Noite, Sedução ao Amanhecer e Tentação ao Pôr-do-Sol e amei! Estou ansiosa para ler Manhã de Núpcias! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  6. MERRIPEN!!! Juro não sei qual livro eu amei mais esse ou da Beatrix. Adoro o Merripen- e a Win também é ótima.
    Muito boa resenha!

    bjs!

    Thaís:)

    http://umaconversasobrelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Gosto de toda a série. Mas, este é o queridinho do coração!
    Pra mim foi o melhor de todos que já li.
    Win e Merripen são apaixonantes.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Thaila!
    Essa série é linda! Adorei todos os livros!
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  9. O único livro que li da autora foi aquele de natal, publicado pela Novo Conceito. De resto não tenho interesse em ler.


    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa