Resenha Ligeiramente Casados






Ligeiramente casados
Mary Balogh
Bedwyn 01
Arqueiro, 2014


Sinopse: À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse "Custe o que custar!". Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum.
Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela... a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele o que acontecerá em quatro dias.
Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar.
Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados...
Eve Morris é uma moça ingênua e de coração doce, depois da morte do pai, ela passa a administrar a propriedade da família enquanto seu irmão está lutando na guerra contra Napoleão. Neste meio período, ela planeja melhorias para sua terra e abriga sob sua proteção pessoas que seriam a escoria de uma sociedade preconceituosa como a de Londres do século XIX, entre esses abrigados encontram-se órfãos, doentes mentais, mulheres julgadas de moral duvidosa e assim vai, só que Eve consegue ver além das aparências e encontra nessas pessoas algo de valor: a lealdade e o amor.
O Coronel Aidan Bedwyn estava acostumado as batalhas e ao sangue, mas encontrar seu companheiro de tropa agonizando em um campo marcado pela guerra foi um duro golpe, ele e Percival lutaram inúmeras lutas e inclusive Beswyn foi salvo por Morris, por isso aceita o pedido do moribundo: cuidar da senhorita Morris, garantindo sua segurança e bem estar... custe o que custar!

"Prometa que irá protegê-la. Prometa! Custe o que custar!
Maldição! Haveria mais naquela história do que ele sabia?" p.28

Quando a única saída para cumprir essa promessa é casar-se com Eve e assim garantir que ela tenha planos direitos a herança da família, lutando contra um primo inescrupuloso, Aidan não pensa duas vezes, custe o que custar, ele garantiria que essa mulher tivesse assegurada sua felicidade na terra que lhe pertence e com sua gente.
Tudo foge do controle desse plano meticulosamente orquestrado quando as fofocas de que existe uma nova lady Bedwyn rondam Londres, isso atrai a atenção de muitas pessoas, incluindo Wulf Bedwyn, o duque de Bewcastle.

"Como agora lhe parecia tola a lembrança de sua decisão de se casar com Eve, levá-la para Londres para a cerimônia, trazê-la de volta para casa e deixá-la para sempre. Como se tudo fosse parte de uma manobra militar bem organizada: rapidamente realizada, rapidamente esquecida." p. 237

Quando comecei a ler Ligeiramente Casados, eu já imaginava o que iria ter na trama, só que fui surpreendida por Mary Balogh a escrita dela é um pouco diferente dos outros livros nesse estilo que estamos acostumados, mas é diferente de uma forma positiva, ouso dizer que ela é mais realista, nada daquele romance floreado e ilusório que nasce do dia para a noite, a história é construída devagar, para dar consistência ao enredo. Aidan e Eve não queriam casar-se um com o outro, cada um tinha um plano para si mesmo, mas diferentes situações, no caso honra e desespero, fizeram com que o casamento fosse necessário.
A forma como Balogh trata a relação por conveniência foi super realista, o sentimento sofrido da guerra e de seus desdobramentos, os rituais aristocráticos, o preconceito que as classes ricas, mas sem títulos de nobreza sofrem, tudo minuciosamente organizado em uma trama que fará você se apaixonar!
Também gostei da configuração dos personagens. Aidan é marcado pela vida, tem um cinismo próprio dos descrentes, mas diferente dos outros mocinhos não carrega aquela beleza espetacular, isso o torna mais real e Eve, por outro lado, com sua bondade, mas também sua sagacidade consegue nos mostrar que ela acredita nas pessoas, mas não se deixa enganar por elas.
Neste livro também temos uma pequena prévia dos demais Bedwyns. Ralf, Alleyne, Morgan e Freyja e o mais intrigante de todos para mi, Wulf. Por essas pequenas pistas dos gênios e dos próprios fantasmas dos demais irmãos já posso afirmar que os próximos livros serão de arrasar!
Em linhas gerais, Ligeiramente Casados é um livro daqueles que você pega, lê, apaixona e quer ler de novo e de novo, a autora conseguiu me fazer sentir os sentimentos que suas páginas descreviam, me fizeram participar da trama! Com certeza, mais uma aposta de sucesso. E a você eu só digo, renda-se!

17 comentários:

  1. Oi Thaila!
    Essa foi uma história que me conquistou aos pouquinhos e, ao final, eu já estava apaixonada! A autora realmente tem uma narrativa diferenciada e muito rica, aguardo ansiosa a chegada do segundo volume da série neste mês :)
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  2. Oie Thaila =)

    Li esse livro a algum tempo e curti bastante a história. É tipo aquele romance doce que aquece o nosso coração e nos faz acreditar no poder do amor. Estou super curiosa para ler os demais livros da autora ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  3. Amiga estou bastante interessada em ler esse livro, mas antes eu vou ver se leio uma prévia em ebook pra ver se eu gosto, porque eu sinceramente ainda estou com muita dúvida de adquirir esse exemplar.
    Mas olha eu adorei a sua resenha. Achei que você abordou muito bem sobre a história e para um romance histórico me parece bastante encantador. Parabéns amiga. Sempre arrasando nas suas resenhas maravilhosas =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/04/resenha-as-perguntas-que-nao-quero-fazer.html

    ResponderExcluir
  4. Oi Thaila,
    Estou muito curiosa a respeito desse livro, adoro um romance histórico e saber que a autora foi bem realista em sua trama me anima mais ainda em conhecer o livro.

    BeijOs!!!
    @jannagranado
    @lpdiversao
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá, querida, nossa, faz um tempo que não venho aqui, está MUUUITO lindo seu blog! Adorei a cara nova!
    Agora sobre a resenha, adorei! rsrsrs, eu amo romance histórico e assim como vc falou, eu me apaixonei muuuuito por esse livro, estou louca pelo segundo livro *-*
    www.muchdreamer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Thaila!
    Menina, eu adorei esse livro! É muito fofo!
    Quero ler logo a continuação \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi flor,
    Estou ansiosa para ler esse livro desde que vi ele pela primeira vez e isso foi antes de lançarem ele aqui no Brasil já me apaixonei pela história e fiquei muito feliz ao saber que a Arqueiro ia trazer ele para cá então tratei de comprar o meu logo. Agora só preciso de um tempo para parar e ler e me apaixonar também.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pela resenha Thaila! Estou ansiosa para ler Ligeiramente Casados! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda não li, mas fiquei super interessada :D vou procura-lo nas livrarias perto da minha casa! Amei a resenha *--*
    Beijos linda <3 Sucesso
    debatomvermelhoo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá =D

    Concordo com você, este é daqueles livros apaixonantes, deliciosos de ler <3
    Quero ler os próximos da série.

    Beijos,
    Livy
    nomundodoslivros.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Thaila!
    Menina vc curte mesmo um romance de época, rsrs.
    Bj!
    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu gostei muito desse livro, achei a ideia dele de inverter o casamento, colocando no começo e não no final, bem interessante. Foi algo diferente do que estou acostumada a ler e agora quero os outros livros da série. =)

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Thaila!
    Esse livro é mesmo ótimo! Gosto muito de romances de época e Ligeiramente casados também me surpreendeu por trazer uma mocinho mais realista. Com toda certeza quero continuar acompanhando a série. Amei sua resenha =]
    Bjs
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Thaila, amei sua resenha! Eu me arrependo de não ter solicitado o livro quando ele foi lançado pela Arqueiro porque você sabe, a gente acaba comprando vários livros, mas dá prioridade aos da parceria e acaba deixando os outros de lado. Quero muito iniciar a leitura deste e sua resenha me deixou super curiosa.

    Beijos,
    Mariana
    http://magialiteraria.net

    ResponderExcluir
  15. Olá Thaila,

    Esta ai uma série super bem comentada e com ótimas criticas, tenho curiosidade em ler os livros, mas não nesse momento....bjs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Thaila
    Eu amo as séries de romances históricos da Arqueiro e esta é uma que gostaria de iniciar a leitura, agora com sua resenha tenho certeza que vou ler. Este tipo de livro me transporta no tempo e me faz relaxar.
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa