Resenha Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter




Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter
Título Original: Ten Ways to Be Adored When Landing a Lor
Os Números Do Amor # 2
Sarah MacLean
Arqueiro, 2016
Sinopse: Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.
Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.
Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.
Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.

Mais uma vez começo a resenha dizendo que estou arrebatada com o jeito de Sarah escrever. Onde eu estava todo esse tempo, minha gente? Como só agora que comecei a ler os romances delas? Como, produção?

O seio familiar dos St. John’s nunca foi lá um reduto de harmonia, mas de toda a forma são uma importante família para a sociedade e portanto, tolerados. Depois que Gabriel se ajustou com sua doce Callie, os olhares se voltaram para Nicholas que de uma hora para outra se torna um cobiçado solteiro para as casamenteiras de plantão, mesmo sem título seu ar viajado e culto já causam enormes arrebatamentos e tudo isso é graças a uma bendita revista, a “Pérolas e Peliças”, agora ele precisa fugir se quiser manter sua sanidade à salvo!

Claro que como um bom cavalheiro do século XIX, nosso galante tem lá seus segredos e artimanhas que o levam diretamente à Yorkshire e lá ele encontrará Isabel.

Ah, Isabel! Só por ela a história já valeria a pena! É uma daquelas personagens que eu queria que fosse gente de verdade pra poder abraçar apertado! Isabel já sofreu muito com o abandono do pai, o desprezo da mãe e seu próprio medo de ser alguém dependente de um sentimento, mas ao mesmo tempo ela tem a garra e a coragem de ir contra todas as adversidades possíveis para garantir a segurança daqueles que ama.
Ela não teme subir em telhados ou arrumar cercas, não liga por não ir à bailes, usar vestidos da moda, ou por não ser o exemplo de uma moça da sociedade que se tem em mente, ela quer ser alguém realmente importante para aqueles que a cercam. Ela se preocupa com o irmãozinho, com as finanças e esta sempre colocando os outros à frente.

Os caminhos de Nick e Isabel se cruzam quando ela decide vender uma importante coleção de estátuas para garantir as finanças da propriedade, mas trazer um homem astuto como St. John para seu reduto pode se provar uma difícil missão para não cair em tentação e que segredos esse homem pode descobrir?


“Como em nada que se referisse a ele, também não havia nenhuma hesitação nos beijos de Nicholas St. John. Em um momento, Isabel estava lutando contra uma série de emoções estranhas e perturbadoras relativas à arrogância daquele homem, e no momento seguinte ele havia tomado sua boca em um beijo ardente, roubando seu ar, seus pensamentos e sua sanidade.” p. 104


Não posso contar mais nada do enredo para não acabar com a graça, mas tudo o que vocês precisam saber é que mais uma vez Sarah aposta em uma mocinha a frente de seu tempo, contradizendo uma Londres aristocrática e fechada, colocando em jogo seus ideias e tendo a coragem de superar as maiores adversidades.

Nem Isabel, nem Nick queriam se apaixonar, cada um já tinha conhecido a face escura do sentimento, mas quanto mais tempo passam juntos mais atração sentem. É química, é física, é paixão, desejo, tudo junto e misturado. 

A combinação foi perfeita e a criação do enredo exemplar! A história consegue conquistar e prender a atenção do leitor de forma fluida e agradável, é impossível parar de ler as aventuras, sabores e dissabores do casal até chegar ao último ponto.

Se comparado com o primeiro, Dez formas de fazer um coração se derreter é mais sério, creio que até mesmo pelo fato dos dois personagens centrais terem seus passados sofridos, mas apesar dessa sobriedade a trama ainda consegue ser leve e divertida, intensa e arrebatadora como todos os livros de Sarah tem se mostrado. 

A autora é muito feliz na escrita de seu enredo e na caracterização de seus personagens, nada de mocinhas frágeis, com ela encontramos mulheres valentes, à frente de seus tempos e determinadas.

Finalizando, o livro é uma delicia de ler, do começo ao fim é uma aventura apaixonante e já deixa um gostinho de quero mais para o terceiro e infelizmente último livro.

6 comentários:

  1. Oi Thalia, estou lendo este livro, mas bem no começo, adorando até agora!
    Amei sua resenha e adorei saber que amou o livro..

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Thaila! Estou ansiosa para ler Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar e Dez Formas de fazer Um Coração se Derreter! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Thaila! Imaginei mesmo que este seria mais sério que o anterior, mas acredito que ainda assim a autora tenha criado algo que vai me encantar.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Oiii Thaila, tudo bem? Acho que você já sabe, mas romances de época definitivamente não vão com a minha cara e nem eu com a deles, confesso hahahha
    Mas ando curiosa com esse livro, por mostrar uma mocinha forte e que apoia outras mulheres. Sororidade é tudo nessa vida <3
    Beijoos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Thaila!

    Eu estou na metade e dom dó de terminar rsrsrsrs Adoro as tramas da Sarah! E concordo que comparado ao primeiro este é mais sério.

    Adorei a resenha

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Olá Thaila,

    Essa é outra série de sucesso que a arqueiro lançou e tenho uma pequena curiosidade também....kkk...que bom que o livro atendeu as suas expectativas...bjs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa