Resenha Essa Luz Tão Brilhante




Essa Luz Tão Brilhante
Estelle Laure
Arqueiro, 2016
Sinopse: O pai dela surtou e foi internado. A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido.
Essa luz tão brilhante é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado.


“Vou fazer tudo o que for necessário. Ninguém vai nos separar. Isso significa manter as coisas na máxima normalidade possível. Fingir, porque as coisas não podiam estar mais longe da normalidade.” p. 7


Lucille é uma menina de 17 anos que não tem tempo para pensar no baile de formatura, ou em que faculdade seguir, ou se ganhará ou não um carro. Ela tem a preocupação em pensar na conta de água, energia, gás, telefone, a preocupação de como colocará comida na boca da irmã e como impedirá que todos descubram que ela foi abandonada pela mãe.

É claro que ela não precisa de mais problemas, mas apaixonar-se é assim mesmo: acontece quando menos se espera. Digby é um bálsamo, mas também pode ser a perdição de Lucille, mas no momento ela só tem a ele e Eden como fonte de segurança, um porto seguro para seu naufrago barquinho de vida.



“Como é que um dia uma pessoa é um componente de decoração na casa (uma mesa bacana, talvez) e no outro passa a ser canos, a fundação, a viga central sem a qual toda a estrutura desaba? Como é que uma estrela que mal se nota se transforma no sol?” p. 16


Acostumada a ver o lado mais negro da vida e todas as possibilidades de algo dar errado com meu próprio medo e insegurança por várias vezes duvidei de Lucille, mas ela com um show de coragem e garra lutou contra tudo e todas as adversidades possíveis para ser uma boa irmã, tudo o que sempre a preocupou foi a possibilidade de Wren lhe fosse tirada e ela e para garantir a segurança da irmã ela fez o possível e o impossível dando um show de maturidade que seus próprios pais não tiveram. É uma injeção de coragem e ânimo a trama.

A forma como Estelle trabalha esse amadurecimento de Lucille e também dos demais personagens da trama é muito bonita e real de ver, ao mesmo tempo em que reforça que cada um de nós tem dentro de si a coragem necessária a autora consegue reforçar a importância da amizade e da esperança de acreditar no melhor de cada pessoa.


“Tenho pensado que talvez existam coisas que simplesmente não podem ser explicadas, que talvez, quando várias coisas ruins acontecem, coisas boas vêm logo em seguida. [...] É como se fosse um equilíbrio.” p. 86


A história carrega esse drama de como Luce conseguirá remediar todos os problemas que aparecem e como ela lidará com essa paixão pelo irmão da melhor amiga, mas ao mesmo tempo é uma trama que desperta múltiplos sentimentos como a raiva pela irresponsabilidade dos pais de Lucille, faz rir pela leveza de Wren ou nos emociona pela garra da própria Luce. São menos de 200 páginas de pura emoção, como a escrita é fluida a história corre sem problemas, é como se eu estivesse lendo um diário de Lucille, conhecendo sua rotina, pensamentos, sendo uma confidente.

 O final é uma ressalva a parte, deixa um gostinho de quero mais e múltiplas expectativas para o que ainda há para ser escrito.

13 comentários:

  1. Oi Thaila, sua linda, tudo bem?
    Você disse algo que não vejo muito nas pessoas de nossa geração: acreditar no outro. Acho que estamos perdendo a fé no semelhante, isso é grave. Fiquei encantada por Luce, que pessoa admirável. Dá um aperto no coração saber pelo o que ela terá que passar, acho que ela irá me emocionar. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Essa leitura é tão linda né?Faz pouco tempo que terminei esse livro e sei lá, tive vontade de chorar quando a personagem sofreu e sorrir quando ela finalmente conseguiu se reencontrar.Tem mensagens ótimas :)

    beeijão flor ^^
    http://www.carolhermanas.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que fofura, gente!!! Quero ler este livro!!
    Achei tão lindinho!
    Vou comprar!

    Bjks

    ResponderExcluir
  4. ooi!
    li algumas resenhas sobre esse livro e me agradou bastante, como nota-se na sua o livro deve ser realmente bom. não vejo a hora de lê-lo.
    bjs xxx http://lendocomela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Que resenha mais linda, Thaila! Não imaginava que esse livro fosse tão intenso e trouxesse uma história tão bonita e comovente e claro, dica devidamente anotada! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Thaila!
    Amei sua resenha, acabei me arrependendo de não ter pedido esse livro à editora. Parece ser maravilhoso.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  7. Oi Thaila! Parece ter uma tocante história, fiquei curiosa , não imaginava algo tão lindo.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pela resenha, esse livro já esta na minha lista de desejados. Bjos!

    Blog Literário 2

    ResponderExcluir
  9. Oie Thaila =)

    Eu não estava dando nada por esse livro, mas depois que comecei a ler as resenhas comecei a ficar curiosa. Gosto dessa temática e pelo que percebi essa é uma história bem emocionante.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  10. Oi Thaila, tudo bem?
    Esta é a primeira resenha que leio sobre este livro, e gostei do que você contou. Espero ter a chance de conferir.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  11. Essa capa sempre chamou minha atenção e cada resenha lida fico mais curiosa para um dia ler o livro.
    Bjs

    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, Thaila.
    Quando comecei a ler a sua resenha, lembrei logo de uma personagem da novela Haja Coração, que tem uma história de vida parecida com a da Lucille. Eu curti as características da protagonista e a trama parece ser envolvente.
    Beijos!
    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá Thaila,

    Essa é a primeira resenha que leio desse livro, eu não sabia o que espera dele e fiquei muito curioso, dica anotada, ótima resenha...bjs.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa