Resenha Um mundo brilhante

Um Mundo Brilhante 

T. Greenwood

Novo Conceito

2012

Sinopse: Quando o professor Ben Bailey sai de casa para pegar o jornal e apreciar a primeira neve do ano, ele encontra um jovem caído e testemunha os últimos instantes de sua vida. Ao conhecer a irmã do rapaz, Ben se convence de que ele foi vítima de um crime de ódio e se propõe a ajudá-la a provar que se tratou de um assassinato. Sem perceber, Ben inicia uma jornada que o leva a descobrir quem realmente é, e o que deseja da vida. Seu futuro, cuidadosamente traçado, torna-se incerto, pois ele passa a questionar tudo à sua volta, desde o emprego como professor de História, até o relacionamento com sua noiva. Quando a conheceu, Ben tinha ficado impressionado com seu otimismo e sua autoconfiança. Com o tempo, porém, ela apenas reforçava nele a sensação de solidão que o fazia relembrar sua infância problemática. Essa procura pelas respostas o deixará dividido entre a responsabilidade e a felicidade, entre seu futuro há muito planejado e as escolhas que podem libertá-lo da delicada teia de mentiras que ele construiu. Esta, enfim, é uma história fascinante sobre o que devemos às pessoas, o que devemos a nós mesmos e o preço das decisões que tomamos
 
Esse livro é um verdadeiro enfado! Ben está cansado de sua vida, cansado de seu emprego de professor, seu bico de barman e mais ainda cansado de sua vida ao lado de Sara, sua noiva. Conforme os preparativos do casamento seguem ele vai ficando cada vez mais inseguro com essa relação, ele até pensa em dar um ponto final e jogar tudo para o alto, mas quando Sara anuncia uma inesperada gravidez ele perde a coragem e cai na monotonia da vida.
A história de Ben muda quando o corpo de um jovem índio é encontrado morto na frente de sua casa em uma gélida manhã. A região é conhecida por seu preconceito contra os nativos, seria um suicídio ou um assassinato? E quem seria aquele índio? Um indigente ou mais um bode expiatório do preconceito?
Ben decide então brincar de detetive e investigar a fundo de algumas questões que a prefeitura prefere ignorar e tudo se torna ainda mais promissor quando ele conhece a irmão do jovem morto, a linda Shadi.
Shadi é uma artesã habilidosa que vive em um trailer nos arredores da cidade e carrega a beleza de sua tribo. Apesar de não confiar nos homens brancos, Ben lhe parece um bom homem, talvez um guerreiro.
Em meio a investigação Ben e Shadi vão se envolvendo e o futuro tão bem calculado de Ben pode se tornar um mar de incertezas. É inacreditável como uma história pode ser tão catastrófica. Ben é uma criatura egoísta e covarde, que não sabe o que quer, em vários momentos senti que ele esperava que as soluções baixassem em seu colo milagrosamente.
E o final, o que dizer? O que dizer de forma educada? Como é possível que com um único livro você passar tanta raiva?
Eu não gostei! As sensações que tive o ler o livro foram de completo desprezo a Ben, que é na verdade um mocinho vilão, pois apesar da história ser sobre ele é impossível simpatizar com o mesmo, mas se você gosta de livros com uma pegada de suspense e um pouco de ação talvez... talvez, frisem isso, possam vir a curtir a história, mas vá sem expectativas para não se decepcionar como eu me decepcionei!

27 comentários:

  1. Oie, tudo bom?
    É horrível quando o livro nos decepciona dessa forma. Já tinha lido resenhas desse livro, mas não me lembrava muito bem da história. Achei a premissa interessante, mas não leria no momento.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Thaila! Já li Um Mundo Brilhante e curti bastante, mas achei o Ben extremamente egoísta e imaturo. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e ele é quem me tirou do sério do começo ao fim

      Excluir
  3. É ruim quando pegamos o livro e achamos ele tão enfado assim, Thaila. Eu estava gostando da sinopse, mas quando cheguei em sua resenha, mudei de ideia.
    Gostei da capa que é bem diferente.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher e 2 ganhadores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. às vezes sua leitura pode ser diferente, o importante é ter em mente que alguns pontos são falhos e acabam incomodando ao longo da trama!

      Excluir
  4. Olá Thaila,
    É péssimo nos decepcionarmos com um livro.
    No começo de sua resenha achei a história interessante, agora, sei que se pegar para ler esse livro, tenho que ir com o pé atrás.
    Gostei da sua resenha e opinião!
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e eu realmente não gosto de abandonar livros, para mim cada um tem algo a mostrar, um potencial. Este infelizmente só me mostrou como não ser uma banana, assim como Ben

      Excluir
  5. Oiii Thaila, aii, eu tinha gostado tanto da sinopse, hehhehe. mas depois dos seus comentários, ai, ai. gosto de mocinho meio vilão, mas esse parecia mocinho meio bobão, e esses eu não curto em nada, kkkk. Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema real é Ben, suas inseguranças e comodidades incomodam profundamente

      Excluir
  6. Oi, Thaila! Que pena que você não gostou do livro, eu acho que a sua pegada é mais para outro tipo de leitura mesmo, né? Bom, como eu gosto de suspense, muito provavelmente esse livro vai para a minha lista de leituras! Bjoo

    ResponderExcluir
  7. Não me impressiona que você não tenha gostado do livro. 01 - não é o tipo de leitura que você goste.
    02- ninguém gosta! Exceto eu e a Rayme pois a gente viu o outro lado da leitura. Ah, o Lei de Um Leitor a Mais gostou também, acho...

    Um Mundo Brilhante não se trata da vida de Ben e sim da nossa própria, a autora desafia a gente a pensar o que iria fazer no lugar dele e como as nossas decisões influenciam na vida de pessoas próximas. O final dele deixa o leitor P.. da vida, pois percebemos muito bem como uma decisão errada ou arrependida pode dar rumo diferente a história.
    É um livro forte....
    Dois Rios é mais bonitinho.. digamos assim, apesar da autora abordar algo semelhantes - nossas escolhas.. ele tem uma história bonita e um final feliz ♥

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca tinha visto por essa forma, Lana. Meu problema com o livro nem foi tanto o gênero, mas sim Ben, as atitudes dele me incomodaram. Sua fraqueza e comodidade, mas não é que a autora explora um lado que existe em nós mesmos?
      Agora tenho também uma outra perspectiva da história e não é masoquismo, mas quero em breve ler Dois Rios

      Excluir
  8. Ai que horror Thailinha!
    Gosto de suspense, mas o personagem principal ser um porre me deixou desanimada... bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom te ver por aqui Gla; a leitura não é das mais promissoras

      Excluir
  9. Oi Thaila,
    O fato do suspense até me deixou curiosa, mas uma pena que o protagonista não é lá muito agradável.

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  10. Oi Thaila =)

    Nossa, sabe que eu nunca tinha lido nenhuma resenha sobre este livro?
    Confesso que nunca o li, porque além da sinopse ser muito vaga, não havia tido curiosidade suficiente para me arriscar. E gostei de ver sua resenha, super sincera.
    Continuo não me interessando por ele kkkk.

    Ótima resenha =)

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero em breve ter dicas melhores e quem sabe até mesmo dessa autora

      Excluir
  11. Nossa todo mundo elogiou tanto que até fiquei preocupada com a sua resenha, mas vou conferir por mim mesma. Boa leituras futuras...bjus elis!!!

    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, as leituras são diferenciadas e você pode curtir muito mais

      Excluir
  12. Lembro que quando esse livro foi lançado ele tinha um kit lindo da editora e chamava a atenção pela capa, mas pelo que to vendo ele é só uma capinha bonita. Não tinha vontade de ler, agora então...

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não lembro do kit, mas aposto que deve ter sido lindo ja que a editora aposta em bons brindes.
      A capa tem um trabalho brilhoso lindo

      Excluir
  13. hahaha... Todo mundo odeia esse livro, menos eu! rs... Claro, nada do que o Ben faz é bonito, eu o odiei profundamente, mas no final acabei gostando da leitura.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  14. Infelizmente é muito ruim não apreciar uma leitura quando temos uma grande expectativa por ele, mas esse não foi o meu caso. Apesar do protagonista ser uma péssima pessoa, foi uma leitura muito especial. Aliás, esse é o tipo de livro que você ama ou odeia, apesar de a maioria odiar. kkkk

    Beijos,
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá.
    Essa foi a minha decepção do ano. Leitura super arrastada. Quase abandonei. O protagonista é chato demais. Indeciso do início ao fim. Concordo com tudo o que você falou na resenha. Beijos!

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa