Resenha Lições de Vida



Lições de Vida

 Uma viagem inesperada com destino ao coração e aos sentimentos há muito esquecidos. 

Anne Tyler

Novo Conceito

2013

Sinopse: Começa em um dia de verão, quando Maggie e Ira viajam de Baltimore para a Pensilvânia para um funeral. Maggie é impetuosa, desastrada, desajeitada, propensa a acidentes e tagarela. Ira é reservado, preciso, respeitável, tem uma mania irritante de assobiar músicas que traem seus pensamentos mais profundos e acha que sua esposa transforma os fatos de maneira que se encaixem na sua opinião sobre as pessoas que ama. Ambos sentem que seus filhos são estranhos, que a cultura das novas gerações está indo por água abaixo e que, de alguma forma, se enganaram com essa sociedade cujos valores não reconhecem mais. Mas esta viagem vai levá-los a refletir sobre estas angústias, e vai mostrá-los como é importante reavaliar seus sentimentos. 

Quanto sua vida pode mudar em um final de semana? Em quantas confusões você poderia se meter? Se você for Maggie Moran a probabilidade é muita!
Maggie e Ira são casados à quase 30 anos e já estabeleceram uma rotina de vida cada um com suas manias. Ira gosta de assobiar trechos de músicas para se expressar e Maggie já aprendeu a decifrar o que cada trecho diz sobre o estado de ânimo de seu marido e ela adora bisbilhotar um pouco a vida alheia. Ah, não posso esquecer-me de dizer o quanto esse casal é oposto.
Ira é quieto e taciturno, até um pouco rabugento, mas muito realista e pé no chão. Maggie, ao contrário, é expansiva mãe-zona, enxerida, uma otimista nata e naturalmente feliz. Ela e Ira acabam se completando, até mesmo os dois filhos do casal são opostos.
Daisy, a caçula, é chamada desde que nasceu de “senhora bebê” graças a sua seriedade nata, estudiosa e compenetrada, ela tem um ar da personalidade de Ira em si mesma e em como lida com as situações. Já o primogênito, Jesse, é o clássico garoto problema, o que cabulava aulas e largou a escola para ser músico! Jesse é na verdade um folgado e um pouco malandro, além de ser o bebê da mamãe, ele não se preocupa com ninguém a não ser com ele mesmo e isso acabou afastando sua ex-mulher e a filha do convívio da família moran.
Fiona, a ex-mulher de Jesse, engravidou jovem demais e achou que viveria um conto de fadas ao lado da barulhenta e meio doida família Moran, mas os contos de fadas não existem, quando a pequena Leroy tinha apenas sete para oito meses ambas saíram definitivamente da casa e da vida dessa família durante aproximadamente sete anos.
Com a ida de Daisy para a universidade a síndrome do ninho vazio começa a assolar Maggie. Tudo parece perdido, mas há uma luz no fim do túnel... Tudo muda quando Maggie ouve, casualmente, no rádio que sua ex-nora está de casamento marcado com outro homem, sendo que Maggie sabe que Jesse e Fiona ainda se amam e poderiam se reconciliar se tivessem a oportunidade de conversar e se eles se acertassem Leroy teria mais tempo com a família Moran e bem, Maggie e Ira teriam que ir a um enterro nas redondezas, por que não passar e dizer “olá”?
Pensando assim parece que a Maggie modelou uma situação para atingir aquilo que quer, mas ela não é uma má pessoa, só que ela quer ver as pessoas que ama felizes e não consegue ver as imperfeições dos outros e acaba se metendo em várias situações.
O livro é divido em três partes, sendo a primeira e a última reservada para as lembranças, sentimentos e pensamentos de Maggie e a parte intermediaria é de Ira, que também acaba deixando transparecer um pouco mais de si mesmo, o que dá uma riqueza há mais no livro.
Eu confesso que comecei o livro com receio, pois já havia lido outro livro da autora não tão bom... mas que grata surpresa com esse livro delicioso! Nas primeiras páginas fui cativada pelo casal Moran. É fácil vê-los como seus vizinhos ou até mesmo um parente distante, eles são reais! Eu amei, ri e me emocionei e não podia deixar de dar essa dica de leitura para vocês, se joguem galera!


 

18 comentários:

  1. Confesso que agora fiquei mais anima para ler esse livro tbm, pois não estava esperando muito dele.

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comecei sem expectativas e me surpeendi muito

      Excluir
  2. Ai, vou te confessar: eu AMO os livros da Anne Tyler. Essa mulher é incrível.
    Ainda não tive tempo de ler Lições da Vida, mas lerei em breve.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luara é tão bacana encontrar alguém que curta tanto o trabalho da autora

      Excluir
  3. Adorei a dica. Até porque, assim como você, eu também estou com um medinho de não curtir. Estava, pois você me convenceu!!!
    Vou ler!!!
    Adorei a resenha!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. foi uma grata surpresa encontrar um livro tão bem escrito por uma autora que eu tinha um pé atrás!

      Excluir
  4. Que comédia essa sogra! Vai tentar juntar a nora e o filho depois de anos separados. Pelo enredo, dá uma boa comédia, mas acho que puxa mais pra drama.
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a gente acaba se envolvendo com aquela família e no fim fazemos parte do enredo também!

      Excluir
  5. Quero mesmo muito ler, a sua resenha está fantástica :)

    Beijos
    thatstory1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Parece um livro da sogra mexeriqueira ahahahaha mas acho que se ela sabe que os dois se amam e a ex-nora está fazendo uma besteira, nada como uma mãe pra colocar mãos à obra.
    Vendo a capa nem dá pra imaginar que esse livro é assim. Gostei de saber, vai subir na pilha de leitura.

    Bjks
    Sam
    Biblioteca Empoeirada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. realmente Sam, a mamãe da casa quer botar ordem em tudo, mas será que ela realmente tem razão de se meter?

      Excluir
  7. Oi Thaila, tudo bem?
    Sei bem como é, a gente começa uma leitura sem altas expectativas por já ter se decepcionado com o autor alguma vez e acabamos nus surpreendendo! É tão bom quando isso acontece!
    Beijos... Samantha Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  8. Oi Thaila,
    Depois de uma resenha dessa, creio que todos que não se jogaram no livro, agora irão mergulhar de cabeça. Belas palavras...bjus elis!!!

    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grata pelos elogios, essas palavras saíram do coração depois de uma boa leitura

      Excluir
  9. Hum, caraca não tinha muito ideia do que esse livro falava na verdade tenho ele na estante a séculos e nunca tive muita vontade de ler, mas sua resenha acaba de me instigar. Porém acho que ele faz parte do DesafioNC e terei que esperar o pessoal escolher, mas parece bem interessante. E desde já estou torcendo para que Maggie consiga seu intento de reunir novamente a família! http://blogliterata.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju espero que tenha uma boa leitura, assim como eu!
      é muito bom acompanhar as loucuras e desventuras dessa família

      Excluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa