Resenha Coragem para Amar



Coragem para Amar
 - Tudo por um bebê & Momento de redenção-
 Special 89 - Michelle Douglas
Harlequin, 2014



TUDO POR UM BEBÊ
Sinopse: Quando decide que está na hora de se tornar mãe, Meg recorre a Ben, seu melhor amigo, que a ajuda prontamente. Mas ele logo percebe que quer ser mais que apenas um “tio” para a criança… 

Meg e Bem sempre foram os melhores amigos, acabaram encontrando na forte amizade que os unia um consolo contra a solidão que sentiam em suas próprias casas. Ben foi deixado pela mãe à sua avó rígida e seca, enquanto Meg viu seu pai afastá-la dia a dia depois da morte de sua mãe.
Anos mais tarde, a amizade continua a mesma, tanto que Meg após perceber que o amor não acompanha seu ritmo biológico decide que está na hora de engravidar e sem um namorado à vista, uma inseminação artificial seria perfeito. Entretanto o único pai que ela aceitaria para seu filho é seu amigo Ben.
Ben vive uma vida nômade, como instrutor em viagens pelo mundo ele já viu e viveu de tudo, entretanto ser pedido para ser pai foi algo surpreendente. Ele não queria amarras, nada de casamento, nada de mulher, nada de filhos, nada de amor, porém como negar algo a Meg? À sua amiga Meg, sua confidente, seu ombro amigo. Entretanto como ele poderia saber que um filho seu estava sendo gerado e não se envolver?
Meg e Ben vivem uma relação tumultuada, mesmo sendo tão amigos algumas arestas não foram polidas entre eles, por exemplo, um beijo dado em uma cálida noite que nunca foi sequer comentado. A tensão sexual entre eles é palpável, mas nenhum dos dois está disposto a dar o primeiro passo por medo.
“Meg havia se apaixonado pelo seu melhor amigo. Um homem que não acreditava em amor, casamento ou compromisso com qualquer mulher. Havia se apaixonado por ele e não queria que ele partisse. E ainda assim, ao final, ele poderia partir seu coração a cada dia” p. 136
Meg para mim é egoísta ao extremo, ela queria aquele bebê exclusivamente para ela e aproveitando-se de uma insegurança de Ben para acuá-lo e tentar afugentá-lo. Ela disse que queria que ele doasse o sêmem para que seu bebê tivesse realmente um pai, mas realmente suas ações não passam isso! Ben por suas ganas de ser presente na vida do bebê, de conquistar o respeito de Meg ganhou meu coração e para mim salvou a história.

MOMENTO DE REDENÇÃO
Sinopse: Rico D’Angelo é rico, sedutor e… solidário. Seu coração, porém, ele não divide… Até conhecer Neen Cuthbert, a mulher capaz de fazê-lo rever suas rígidas regras sobre o amor.Tudo por um bebê
Rico tem uma consciência pesada que o impede de ser feliz, em uma tentativa de se redimir ele faz trabalhos comunitários atrelando seus negócios ao desenvolvimento profissional de jovens marginalizados. Seu novo negócio, um café, requer não só uma gerente, mas uma gerente que não tenha medo de lidar com esses jovens que por vezes são grosseiros e preconcebidos pela sociedade e Neen é a pessoa ideal.
Neen sempre sonhou em ter seu próprio café, mas enquanto sua herança não sai ela precisa de um trabalho para arejar a mente e ajudar a botar comida na tigela de Monty, o filhote de cão dinamarquês que sua amiga lhe incumbiu de cuidar.  O café de Rico pode ser uma importante iniciativa para os jovens, mas ele é tão frio e fechado que impede a grandeza o negócio.
Pouco à pouco, Neen vai colocando não só cor ao café, mas também à vida dos jovens que ali trabalham e também a Rico, mostrando que a vida está ai para ser vivida! Ela é divertida e humana, mas acima de tudo um raio de luz na vida de Rico.
Confesso que gostei bem mais dessa história, Rico se martiriza por um erro da juventude e tenta remediar a todo o custo o mau, entretanto ele esquece que só a quantidade de atos bons não é o mesmo que a qualidade dos mesmos. Neen vem pra lhe provar isso e de quebra conquistar o coração desse charmoso italiano.
Ambas as histórias não focam aquele romance sensual que as pessoas estão acostumadas à associar aos romances de banca, ao contrário, o romance entra em segundo plano, dando-se ênfase as nossas escolhas e como vivemos com elas. No fim são histórias que buscam tocar o coração, acredito que seja uma leitura mediana, que agrade quem procura algo mais leve. O Título geral Coragem para Amar, cabe muito bem à ambas histórias, pois os protagonistas tem que aprender que amar não é perder, mas sempre ganhar ^^

24 comentários:

  1. Também achei a segunda história mais interessante, apesar de a primeira também ter seu valor.
    Quem sabe eu leia o livro em breve.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho

    ResponderExcluir
  2. Thaila, na primeira trama achei essa Meg bem egoísta tb. Ela quer um pai pro bebê ou um doador? Pai requer envolvimento, convivência. Já um doador não tem ligação, o filho é só dela... Na segunda história gostei dessas escolhas mal feitas na juventude e que pedem reparação - por culpa ou por compreender que os erros só são amenizados ou corrigidos com ações verdadeiras.
    E eu que pensei que os romances de banca não trariam lições tão positivas assim e reflexivas. Adorei.
    Beijo!

    Fiz uma nova resenha - A Invenção das Asas - e adoraria saber a sua opinião:
    As Meninas que Leem Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tão vendo, os romances estão cada vez mais intensos!

      Excluir
  3. Oie Thaila =)

    As duas histórias parecem ser bem interessantes, mas gostei mais da segunda. As duas são bem clichês na verdade, porém a premissa de Momento de Redenção me chamou mais a atenção.

    Gostei da dica!

    Beijos e uma ótima semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. agradeço os elogios e os repassarei à editora, é sempre um prazer ver o leitor se interessar pelos lançamentos

      Excluir
  4. Olá!

    Não conhecia esse livro, mas gostei bastante da sua resenha, deu até vontade de conferir ;)

    Beijos, Kamila
    http://www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia
    E gostei bastante da resenha
    Bem interessante ser duas histórias
    Já estou seguindo *~

    Beijos
    |•| http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é uma das surpresas da harlequin para esse ano, todad as edições de special serão duplas

      Excluir
  6. Oi, Thaila!

    As duas histórias parecem ser lindas, mas eu curti mais a primeira!

    Beijos,
    Inara
    www.lerdormircomer.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei curiosa para saber o que te atraiu, podemis trocar figurinhas

      Excluir
  7. Oi Thaila,
    As duas histórias parecem possuir algo de interessante, mas fiquei curiosa para descobrir o mistério que envolve o protagonista de “Momento de Redenção”. Dica anotada!!

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. realmente esse ponto instiga a curiosidade!

      Excluir
  8. Oi Thaila!
    Esse livro eu já comprava só pela capa linda. rs
    Achei a história uma graça. Dá pra ver o quanto vc curtiu a leitura. Vou anotar o nome pra quando passar pela banca já procurar.
    Beijão
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. procura sim, acho que pode vir a te atrair
      compre no site ou nas bancas ^^

      Excluir
  9. Thaila, amore,
    Você acredita que nunca li nada de banca?
    Não sei bem te explicar o porque, acho que puro preconceito de as histórias não serem profundas o suficiente, o bem escritas o suficiente, mas não foi o que vi nesses dois livros.
    Confesso, espantada, que tive interesse em ler tudo por um bebê! Me pareceu muito mais que tensão sexual sabe?!
    Adorei e com certeza foi a resenha que me cativou, a sinopse por si só não foi suficiente! Parabéns!!!

    Beijos
    Chrys Audi
    https://todaaliteraturadomundo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o mundo dos romances foi muito pre-conceituado e às vezes as pessoas perpetuam esse sentimento, é muito visto como sexual ou pornográfico, entretanto como viu são histórias de amor, consistentes, atuais e que traduzem sentimentos e porque não tratar também do envolvimento sexual de maneira madura e respeitosa, quando vier ao caso

      Excluir
  10. Hey
    Os romances que envolvem os bebês são sempre os mais fofos.. ou mais emocionantes. Tenho uma amiga que adora.
    A segunda com italiano opa! :P

    bjs e uma ótima quarta!
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  11. Oi Thaila.

    Nossa, faz muito tempo que não leio nada de banca =/
    Este livro parece legal! =) Eu curto mais os romances históricos... mas arriscaria ler este.

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Livy. Esse é o intuito da resenha: estimular a leitura

      Excluir
  12. Olá,
    Momento de Redenção me pareceu melhor do que Tudo por um Bebê, eu leria os dois, mas acho que não gostaria muito de Tudo por um Bebê.
    Gostei muito de sua resenha, está muito bem escrita.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. agradecida, as duas histórias são boas, mas sempre tem aquela que mais nos identificamos

      Excluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa