Me conte a sua história....



Oi gente! Como vocês já devem saber no próximo dia 06 estreia nos cinemas “A Cabana”, filme adaptado do livro de William P. Young publicado pela Sextante e também em edição comemorativa com o banner do filme pela Editora Arqueiro. 

Tanto o filme quanto o livro giram em torno da perda de uma criança para um crime bárbaro e como essa perda afetou a família e principalmente o pai da menina. Anos após a tragédia esse pai atormentado pela dor é convidado misteriosamente para se encontrar com a Santíssima Trindade e dessa forma se encontrar em realinho com a fé, espiritualidade e receber importantes lições de vida.

Preparem-se para chorar amigos, pois olha o trailer ai...

O foco principal dessa postagem, é que recentemente vi na página da Editora Arqueiro uma divulgação do filme muito interessante. Todos nós somos importantes, todos nós temos uma história para contar, aquele momento em que tudo sai ou entra no eixo, aquele momento que marca para sempre a nossa vida, por isso e buscando uma interação bacana com vocês, convido-os a responder a seguinte pergunta:



Eu também tive um desses momentos altamente reflexivos quando perdi a minha mãe, eu culpei Deus, o tempo e até a mim mesma pela perda dela. Eu a perdi no que seria o nosso melhor momento, eu finalmente estava formada, eu ia começar a trabalhar certinho, ia poder realizar tantos sonhos e por fim a tantas privações e bum, de repente ela estava falecida e eu me vi sem chão. O processo como um todo foi doloroso, as fases do luto foram sofridas e a reflexão e amadurecimento trazidas foram imensas. Eu sofro com essa perda diariamente, continuamente, dolorosamente e vou sofrer até o fim dos meus dias, mas ao mesmo tempo eu me vi mais forte, mais autônoma, mais amadurecida e por mais que no começo eu tenha me negado, hoje me tenho mais próxima da religião.

6 comentários:

  1. Perder alguém que amamos nunca é fácil.

    Amei o post, amore!!

    Bjks

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem???
    Nossa não é fácil mesmo quando perdemos alguém que amamos, ainda mais de maneira inesperada... eu tenho a minha mãe também como um pedaço de mim, e não imagino a minha vida sem ela... eu não pretendo assistir o filme porque não curto muito a pegada da história, mas para quem gosta deve ser inspirador. Xero!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie Thaila =)

    Li esse livro há um bom tempo, mas embora a história seja bonita e comovente não foi um livro marcante em minha vida.

    O filme pelos trailers que vi recentemente, parece que vai ser bem fiel ao livro.

    Perder alguém nunca é fácil. Eu mesma as vezes tenho crises de choro de saudades do meu pai. A vida segue e nós seguimos com nossas cicatrizes.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  4. eu ainda não li esse livro, mas todo fala bem e tal, e agora que tá pra sair o filme fiquei bastante curioso pra conhecer a escrita desse tal Paul Young
    gostei bastante do seu post, virei seguidor do blog, hehe

    http://omalkavian.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Thaila
    Esse livro é muito especial para mim como deve ser para milhões de leitores. Já deixei um comentário no Insta contando a minha história que faz parte do inicio da minha resenha.
    Ganhei este livro do meu filho no Natal de 2010 e comecei a ler no início de 2011. Foi uma leitura dolorosa, inicialmente, porque me fez reviver os tristes momentos por que nossa família passou quando da perda do meu irmão em um acidente aos dezoito anos. A tristeza de meu pai que não aceitava a perda do filho levando-o a uma grande depressão. A união da família no amor e na fé em Deus é que consegue superar toda essa dor.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Olá Thaila,

    Assisti o trailer do filme e acho que vai ser um sucesso, aguardaremos para ver...bjs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa