Resenha A Esposa Perfeita

               
   Título Original: A Esposa Perfeita
                           Título Original: The Perfect Wife
                          Autora: Lynsay Sands
                          Editora: Nova Cultural
                          Clássicos Históricos Especiais 301
  

Sinopse: Quem olhasse para Avelyn não diria que ela estava tão ansiosa, apavorada mesmo. Esperava impressionar seu noivo no dia do casamento, mas qual seria a reação de Paen quando descobrisse que ela não era a mulher esguia e bem-feita de corpo com a qual ele certamente desejava se casar?



Paen Gerville sonhava com uma mulher voluptuosa e ardente, em cujos braços ele encontrasse refúgio e prazer depois de uma vida solitária dedicada às batalhas. No princípio, sua noiva não parecia prometer tais delícias, com as roupas discretas que lhe escondiam o corpo, e com a aparente fragilidade e timidez. Entretanto, ao vê-la de camisola na noite de núpcias, a imagem que Paen tinha de Avelyn mudou da água para o vinho... E ele sorriu sedutor, antecipando as surpresas que o aguardavam nos braços daquela mulher, que era nada menos do que a esposa perfeita...



O livro é perfeito!


Essa pode parecer uma declaração clichê, mas o livro é ótimo hiper divertido. A autora faz um quebra de estereótipos: apresenta uma mocinha com curvas mais generosas, considerada por muita gordinha.

Avelyn, nossa mocinha foi educada a vida inteira para ser a esposa perfeita e finalmente chega seu grande dia! Decidida a fazer de sua vida conjugal algo maravilhoso, disposta a esquecer o passado de chacotas por parte de seus primos graças ao seu peso, que é bem acima do peso da maioria das moças de sua idade.

Paen é um jovem guerreiro que cansado da vida de batalhas esta disposto a se casar e construir uma família. Ele não quer apenas uma esposa de papel, deseja que ela lhe dê e receba muito prazer; porém quando conhece Avelyn não tem muita confiança que seu desejo se realizará. Quem sabe ver a nova esposa de camisola, mostrando suas curvas voluptuosas não o faça reconsiderar suas ideias?

Para mim, quando tentei imaginar Avelyn pelas descrições no livro não consegui imaginá-la como uma obesa como os primos pintam. Ela é uma mulher com curvas proporcionais por todo o corpo, seios, quadris e coxas de maneira a fazer um corpão estilo violão. Pena que a própria Avelyn não tem consciência de seu próprio corpo, de sua sensualidade e de sua beleza.

Já Paen é o clássico ogrinho, não sabe como se comportar com sua nova esposa. Creio que em primeiro momento ele se decepcionou um pouco com Avelyn, não parecia crente na sensualidade da esposa e nem na capacidade da mesma em satisfazê-lo, mas depois percebe que prejulgou baseado em preconceitos.

Você deve perguntar, onde esta a diversão?

Ela está nas situações, Avelyn é um pouquinho atrapalhada, mas quando pequenas situações que podem se tornar perigosas começam a acontecer corriqueiramente isso quer dizer que Avelyn esta mais desastrada ou há alguém que não gosta de sua relação com Paen e esta disposta a tirá-la do caminho?

O livro é delicioso de ler, com situações engraçadas, com uma pitadinha de mistério que não pode faltar faz o leitor ficar vidrado. É um dos meus livros favoritos. Nota 1000!


26 comentários:

  1. Já conhecia o livro pela capa, mas nunca tinha parado para ler sua sinopse. Pela sua resenha a protagonista vai enfrentar alguns desafios para conquistar o marido, que sem dúvida deve ser bem interessante de se acompanhar.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. realmente Marla, acho que o livro inova por isso, Avelyn tem que conquistar seu turrão marido!

      Excluir
  2. Oi Thaila.
    Pela capa tive a impressão de ser um romance de época, é isso mesmo?
    Gostei da autora ter fugido do estereótipo de protagonista esbeltinha rsrs.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha Thaila. Parece ser um romance e tanto e se eu tiver a oportunidade, pretendo lê-lo. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como eu peguei esse livro emprestado to sempre procurando ele nos sebos da vida!

      Excluir
  4. Oie, tudo bom?
    Não conhecia o livro, mas a resenha me deixou muito curiosa. A narrativa parece realmente ser bem divertida e leve. Vou anotar o nome para conferir posteriormente.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Caramba, por essa capa eu não ia imaginar MESMO que era um livro tão legal assim. Adooooooro protagonistas gordinhas (será porque sou uma? rs).
    Eles PRECISAM mudar essa capa urgente, pelamor! Que coisa mais romance de banca sem graça!
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a capa acho que também tem uma significação, tipo qual o estereótipo de esposa perfeita era o desejado, a modelo da capa é magra e aparenta sofisticação, mas Avelyn é meio que o contrário, atrapalhada e meio gordinha, entretanto ainda é perfeita

      Excluir
  6. Thailinha, adoro sua empolgação com as leituras!
    Tadinha da nossa protagonista, jugada como toda gordinha, e ainda caindo no estereótipo da gordinha atrapalhada, rsrs... Isso deve mesmo dar uma leveza à trama.
    Huuuum, alguém quer atrapalhar esse romance? Bom saber, que tem uma pitadinha de mistério e tensão...
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sempre tem que ter um misteriozinho pra animar!

      Excluir
  7. Chuchuuuuuuuuuuuuuuu!!!!
    Eu não sou muito fã de romances, mas adoro livros que fogem de determinados estereótipos. Acho super legal saber que a garota desse livro não é magrinha e de corpo perfeito. Quando vi a sua descrição o que me veio na cabeça foi simplesmente uma mulher normal, nem gorda, nem magra.
    Acho super legal abordar as coisas desse jeito e também o fato de, apesar dos primos, o marido descobriu que ela era linda e perfeita para ele.

    Bjks
    Sam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a gente le muito isso, a mulher perfeita, o ideal de beleza... quando na verdade todos somos perfeitos na sua imperfeição

      Excluir
  8. Adoro livros desse estilo, já tinha lido um pouco sobre a autora, mas ainda não tive a oportunidade de ler os livros... vou procurar esse

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ja li outro livro dela e adorei... a comédia e romance sempre tem vez

      Excluir
  9. Que LINDA *----*
    Já estava encantada pela capa e depois da resenha já quero MUITO!
    Nunca li nada da autora, mas já está anotado o nome do livro e dela para a minha próxima ida ao Sebo.
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. procure também o amor é cego, da mesma autora

      Excluir
  10. Aaaaaai, eu amo livros assim <3 fiquei muito curiosa. E eu adooooro esses livros da antiga harlequin. Vou procurar ele no sebo pra ler!

    Beijos, http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. são da antiga Nova cultural, fique atenta!

      Excluir
  11. O livro não é muito dos meus preferidos, mas sua resenha me deixou com curiosidade de ler, parece ser bem divertido.
    A capa contudo, não é bonita. Não gostei muito.

    http://enquantoestavalendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Thaila =)

    Nossa, faz tanto tempo que não leio livros de banca. Teve uma época que eram os únicos livros que lia, e eu amava <3
    Já li algum livro desta autora, se não me engano, mas não lembro minha experiência com ela. Só sei que depois da sua resenha me deu vontade de voltar a ler livros assim, ou voltar a ler mais livros de romance de época que era meu gênero preferido <3

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livy, a autora é muito boa mesmo, tenho outro livro dela resenhado aqui no blog, chama o amor é cego, talvez tenha sido ai sua primeira experiência!

      Excluir
  13. Estou morrendo de ri dos comentários sobre o livro que você fez e já imaginando as situações que essa mocinha via ser meter.
    A história parecer ser cheia de altos e baixo e eu adoro romance de época, já sabemos qual vai ser o final, mas mesmo assim acabamos nos apaixonando por suas tramas.

    http://loucaescrivaninha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. realmente é uma história super engraçada!

      Excluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa