Resenha Ligeiramente Escandalosos




Ligeiramente Escandalosos
Os Bedwyn # 03
Mary Balogh
Arqueiro, 2015
Sinopse: Freyja Bedwyn é uma mulher diferente das outras damas da alta sociedade: impetuosa e decidida, ela preza a independência e a liberdade acima de qualquer coisa – até mesmo do amor.
Até que o destino lhe apresenta Joshua Moore, o marquês de Hallmare, um homem cheio de charme e mistério, dono de uma beleza estonteante e de uma reputação terrível. Quando ambos se encontram a caminho da pacata cidade de Bath, a química entre os dois é imediata.
Entre encontros e desencontros, conflitos e provocações, Joshua faz uma proposta inusitada: pede que Freyja finja ser sua noiva, para evitar que uma artimanha de sua tia o leve a se casar com a própria prima.
Para uma dupla que acha graça das convenções sociais, esta parece ser a oportunidade perfeita para se divertir. Mas a brincadeira acaba trazendo consequências inesperadas. Aos poucos, suas máscaras vão caindo e ambos se revelam pessoas bem diferentes do que aparentam.
Neste terceiro livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh se aprofunda ainda mais nos segredos e desejos dessa família incomum e extremamente sensual.


“Finais felizes estão começando a se tornar uma epidemia entre nós.” p. 158

Por trás de uma pessoa durona sempre há um passado de dor e sofrimento, este é o caso de Freyja, a mais velha das irmãs Bedwyns carrega a sete chaves a dor por ter sido abandonada e trocada pelo homem que jurou amar com todas as suas forças, tendo que suportar ver a felicidade de seu amado dia a dia a matava aos poucos, mesmo que quem quer que fosse que apontasse isso levaria um belo soco no nariz, essa era a verdade.
Altiva, talvez essa seja a melhor definição a Freyja, uma mulher que fez uma fuga parecer uma saída estratégica para evitar mais dor, porque afinal Freyja está fugindo de casa, das lembranças e da dor não só de um amor perdido, mas sim de um orgulho ferido. Como a vida é engraçada se não houvesse esses pequenos infortúnios ela jamais conheceria Joshua.
Joshua é um dos acasos sociais, tornando-se nobre pelo falecimento do parente herdeiro ele não é mais que um incomodo a sua própria família, principalmente por conta da tia manipuladora, que para não perder os luxos arma o plano perfeito: casá-lo com a prima!
Agora para evitar isso e ainda tornar a estadia de ambos mais divertida Freyja e Joshua armam o plano perfeito: chocar a todos anunciando um noivado que daria muito pano pra fofocas...
... Pena que nenhum dos dois podia imaginar que manter essa farsa seria tão desgastante ou prazeroso.

“Não percebe, meu anjo, que estamos ficando cada vez mais encrencados a cada dia que passa?” p. 179

Ambos são uma fraude, Freyja se esconde atrás do escudo de mulher forte e destemida que nada abala, mas na verdade tem um coração sonhador e um jeitinho encantador, a sua maneira. Joshua, por outro lado, parece gostar de fazer o papel de nobre cínico que lhe foi designado por todos, mas que carrega consigo um amor por suas raízes humildes e pelos verdadeiros amigos.

“E foi naquele momento que Freyja se deu conta do grave perigo que corria. A cada minuto, Joshua se revelava mais e mais humano [...]. Antes ela poderia ser capaz de resistir àquele homem. Agora ele era puro calor humano e cortesia, cheio de amizade para com pessoas que Feryja não consideraria dignas de nota... o que era uma constatação constrangedora. Era muito mais difícil resistir àquele homem. Ele era muito diferente de qualquer outro cavalheiro que ela conhecia.” p. 209

Lutando contra sentimentos e sensações que não é só uma questão física Freyja vai aos poucos rendendo-se ao sentimento que tem consumido sua família, mesmo que tente arduamente lutar contra, mas quando se trata de amor resistir não é uma opção válida.
Mais uma vez os Bedwyns cativaram, a trama começa com Freyja mas como já é clássico da autora perpassa todos os irmãos já conhecidos (Aidan e Rulf) e ainda vai preparando para que Alleyne, Morgan e o temido Wulf também já ganhem um espacinho no coração de leitor mesmo que ainda não tenham ganhado suas próprias histórias.
A autora aposta em um humor mais velado, com frases mais irônicas, a trama em si é sóbria, regada de costumes que fazem com que seus leitores se sintam ambientados ao mundo Londrino arcaico, não foi um livro que eu me peguei rindo aos montes, mas que com sua austeridade também conseguiu me conquistar, aliás para mim essa sobriedade veio a calhar com a própria Freyja que tem essa marca presente em seu próprio jeito de ser, é como se trama e personagem combinassem e conforme a personagem vai perdendo um pouco dessa qualidade a trama também vai se tornando mais leve.
Só um recadinho pra autora: gente de nariz grande também tem seu charme (risos), enquanto todas as demais buscam evidenciar a beleza de seus personagens, Mary é o contrário, ela frisa os defeitos dos Bedwyns, mas eu já saquei a jogada dela: nos fazer olhar com o coração para seus personagens, transformando-os em belos para nós por suas histórias e não pela sua aparência.
É uma história de descoberta do amor, pois ambos personagens não conseguiam se imaginar sentindo essa força poderosa ou sendo dignos de tal sentimento e portanto, é delicioso de vê-los rendendo-se por livre e espontânea vontade.

10 comentários:

  1. Oi Thaila!
    Menina, todas as resenhas que estou lendo do livro só estão me deixando com mais vontade kkk Preciso começar logo a leitura \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  2. Oie, Thaila! A história da Freyja era uma das que mais aguardava e agora já a tenho na estante e logo mais começarei a ler. Os dois primeiros livros me cativaram muito, porque apesar dos Bedwyns serem mais sérios, seus corações são doces e adoráveis!
    Mal posso esperar para saber como a Freyja e o Joshua se sairão como casal e o que acontecera com o Kit... Se é que ele merece destaque humph! kkk
    Anna - Letras & Versos

    ResponderExcluir
  3. Oi Thaila, tudo bem?
    Te marquei em uma Tag lá no blog. Se quiser conferir segue o link: http://goo.gl/HxzTvz
    Estou com o livro aqui, ainda na fila de leitura. Espero que este me faça finalmente engrenar nesta série. Eu não consegui me conectar ao casal do primeiro livro, e o achei meio chato, já no segundo o casal me agradou mais, mas continuei achando a escrita da autora muito parada. Espero que Freyia seja a divisora de águas e que a partir dela a série me conquiste.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Thaila!
    Eu já virei fã da autora, além do gênero ser um dos meus favoritos, gosto muito do estilo dela, com personagens que parecem reais e por como você mesmo disse, seu humor velado. Há, e também já estou ansiosa para saber quem vai conquistar o amor do Wulf.
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  5. Eu tinha visto a capa deste livro no Skoob.
    Adorei a sua resenha, pois não sabia nada sobre a série. Agora já foi para os desejados.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Oie Thaila =)

    Ligeiramente Escandalosos é o meu livro favorito da série até o momento. A Mary Balogh me surpreendeu bastante com a forma que ela construiu a história da Freyja e do Josh. Estou bem curiosa para ler os demais livros agora, pois estou cada vez mais apaixonada por essa família <3!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  8. Oi Thaila,
    Acabei comprando esse livro na Bienal no stand da Arqueiro, pois ganhei o Ligeiramente Maliciosos de aniversário e com isso posso ler com calma.
    Adoro esses romances e o Primeiro fiquei encantada. Pela sua resenha já sei que é mais um que vai ficar na minha estante de favoritos.
    Beijos
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pela resenha Thaila! Já li Ligeiramente Casados e curti bastante. Estou ansiosa para ler Ligeiramente Maliciosos e Ligeiramente Escandalosos! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  10. Adorei seu blog!
    Adoro ler, mas como já preciso ler muito material técnico para o meu trabalho acabo não tendo tempo para literatura :(
    Você tem página no face? Não encontrei.
    Se sim, me passa! Fica mais fácil ver as novidades lá, ai eu sempre lembro de passar aqui! :) Eu realmente gostei e quero ver todas as novidades que posta ;)
    Beijos..
    http://adivinhahoney.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa