Resenha Cruzando o Caminho do Sol



Cruzando o Caminho do Sol
Corban Addison
NovoConceito, 2012
 
Sita e Ahalya são duas adolescentes de classe média alta que vivem tranquilamente junto de seus familiares, na Índia. Suas vidas tranquilas mudam completamente quando um tsunami destrói a costa leste de seu país, levando com suas ondas a vida dos pais e da avó das meninas. Sozinhas, elas tentam encontrar um modo de recomeçar a vida. Mas elas não devem confiar em qualquer um... Enquanto isso, do outro lado do mundo, em Washington, D. C., o advogado Thomas Clarke enfrenta uma crise em sua vida pessoal e profissional e decide mudar radicalmente: viaja à Índia para trabalhar em uma ONG que denuncia o tráfico de pessoas e tenta reatar com sua esposa, que o abandonou. Suas vidas se cruzarão em um cenário exótico, envolto por uma terrível rede internacional de criminosos. Abrangendo três continentes e duas culturas, Cruzando o Caminho do Sol nos leva a uma inesquecível jornada pelo submundo da escravidão moderna e para dentro dos cantos mais escuros e fortes do coração humano.

Sita e Ahalya são irmãs e são beneficiadas pela vida confortável da classe média indiana, seus pais trilharam para as duas jovens um futuro perfeito: estudar na Inglaterra, serem o mais bem educadas o possível, serem prendadas e bem casadas, boas mães. Tudo muda em um domingo 26 de dezembro quando a cidade costeira de Chennai foi varrida por um devastador tsunami que não só deu fim a tudo o que as irmãs conheciam como a família e a segurança, mas também colocaria no caminho de ambas um trágico futuro.
Enquanto Sita parecia estar alheia a tudo como uma forma de escapar da dor, Ahalya tomou para si a responsabilidade de cuidar da segurança de ambas, mas enquanto buscavam por ajuda acabaram por encontrar a má fé de um homem jogou-as no submundo de exploração sexual.
Em primeiro plano conhecemos a luta de Ahalya para tentar livrar sua irmã mais nova dos horrores aos quais serão submetidas em sua nova vida, marcada pela crueldade. Depois conhecemos a angustia de sita, que separada bruscamente de sua irmã não consegue mais se esconder em uma couraça de proteção.
Se você assistiu a novela “Salve Jorge” (Globo, 2012-2013) e ler o livro irá perceber grande semelhança em algumas situações, principalmente verá o quanto o ser humano buscando o lucro escraviza seu próximo sem piedade. Sita e Ahalya são exemplos fictícios de uma realidade, uma representação de milhares de pessoas que em pleno século XXI vivem essa situação.
Em meio a essa turbulência, Thomas Clarke, um advogado americano também está passando por um tsunami em sua vida particular e profissional. Thomas foi casado com uma moça indiana, mas as diferenças culturais e também o trauma da perda de uma filha foram desgastando o relacionamento até que o fim foi eminente, sua vida profissional nos Estados Unidos está um fracasso, esta sendo sabotado pelos colegas.
Em uma tentativa de seguir em frente Thomas acaba sendo integrante de uma ONG indiana para lutar contra o trafico humano e a exploração sexual, seu foco agora está em lutar para desarticular uma quadrilha de exploração humana e livrar dezenas de pessoas fragilizadas e machucadas para que possam recomeçar
Em muitos momentos fiquei com lágrimas nos olhos, as irmãs passam por inúmeras provações que sinceramente me chocaram, Corban foi brilhante em sua narrativa, cativante instigante e com um ar realista que dá a sua história um ar verídico. Para mim sua principal intenção ao escrever seu romance é abrir nossos olhos para aquilo que tanto tentamos desviar o olhar: a degradação do outro, os abusos físicos, morais e sexuais impostos.


Uma campanha nacional foi lançada como uma maneira de minimizar ações de exploração humana. Caso veja algo suspeito disque 100 ou 180 e denuncie!

20 comentários:

  1. Esse livro é mesmo fantástico. O li assim que lançou. Não acompanhei direito a novela Salve Jorge, pq não curto mto novelas kkkk Mas esse é um tema que a gente não ouve muito falar, e acho que tanto o livro quanto a novela abordarem isso é um ponto positivo, a sociedade precisa saber mais sobre isso, ver que acontece e as vezes pode estar debaixo de nosso nariz.
    Assim como vc, me emocionei bastante com as irmãs, e adorei o estilo de escrita do Corban, espero que ele escreva mais!!
    Bjs
    Daiane
    nouniversodaliteratura.com

    P.S: Parabéns pelar resenha ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dai por conta de estar na facul na hora da novela acabei acompanhando mais pelos resumos e videos do que ela mesma, mas achei interessante a forma como Corban explorou o tema em seu livro, criando uma história real

      Excluir
  2. Oi Thaila!
    Eu também gostei bastante desse livro, mas a história dá mesmo vontade de chorar. O pior é pensar quantas meninas estão na mesma situação... É muito triste!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente muito triste Sora, um tapa na cara da sociedade!

      Excluir
  3. Parabéns pela resenha Thaila! Estou ansiosa para ler Cruzando o Caminho do Sol! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  4. Ótima resenha, eu realmente só não quero o livro agora para não chorar com o sofrimento delas.
    Bjs
    eternamente-princesa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Estou com esse livro aqui há bastante tempo, mas ainda não tirei um tempinho para ler
    Mas sempre falam muito bem dele

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quando puder coloquei-o como prioridade Angela, vc tem uma nova visão de mundo depois que lê

      Excluir
  6. Hey
    Nossa li poucas resenhas desse livro, parece ser uma leitura bem forte.
    E pelo jeito bem emocionante. Não sei ler esse tipo de leitura porque fico revoltada, xingando o povo HAHAHA

    Parabéns pela resenha

    bjs

    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  7. Oi, Thaila!

    Esse livro é realmente emocionante e me fez chorar muito também. Tocante demais, recomendo sempre!

    Beijos,
    Inara
    http://www.lerdormircomer.com.br/

    ResponderExcluir
  8. A resenha tá linda! ;D

    Eu odeie esse livro, até o abandonei. :/

    bjs
    modaeeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sério? que pena!
      o livro é bem intenso, não!

      Excluir
  9. Oi Thaila! Estou com este na fila de leituras, tenho muita curiosidade sobre esta trama que parece ser muito emocionante.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Cida!, não deixa de ler, você vai se emocionar!

      Excluir
  10. Fiquei muito tensa enquanto lia este livro, e ficava imaginando a realidade das pessoas que passam por isso. Uma bia ideia sua colocar o fone no final da postagem.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quantas pessoas vivem essa realidade ainda hj? e não conseguem se defender?

      Excluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa