Resenha De Coração para Coração




De Coração para Coração
Destinos que se cruzam
Lurlene McDaniel
Novo Conceito, 2013

Sinopse: Da autora best-seller Lurlene McDaniel, De coração para coração fala de perdas, amor e renovação. Fala também da maneira como esses sentimentos tão complexos se entrelaçam, nos momentos mais difíceis, nas relações familiares e de amizade. Elowyn e Kassey são grandes amigas, que dividem tudo. Mas uma coisa Elowyn não contou para Kassey: ao tirar a carteira de motorista, ela marcou a opção “doadora de órgãos”. Kassey descobre esse detalhe da vida da amiga da maneira mais trágica – quando o desejo de Elowyn está prestes a ser atendido.
Arabeth nunca teve a sorte de ter uma melhor amiga. Com o coração doente, ela leva uma vida protegida de tudo e de todos. Até que, aos 16 anos, recebe o telefonema que tanto esperava — mas inicialmente ela e sua mãe não sabem a quem devem agradecer. Quando os mundos dessas três meninas e de suas famílias se cruzam, suas vidas se transformam de maneira nunca imaginada. Kassey, especialmente, encara os fatos como uma forma de manter viva a memória de sua querida amiga. Ela passa a compartilhar da nova vida de Arabeth, ao mesmo tempo em que ajuda a aliviar o sofrimento da família de Elowyn e a compreender a sua própria dor.

A história começa com a amizade de Kassey e Elowyn, duas meninas que se tornaram amigas inseparáveis após uma casualidade. Duas meninas inseparáveis que compartilharam toda a adolescência. Kassey é filha de pais separados e não tem nenhum contato com o pai enquanto Elowyn é a filha perfeita com pais perfeitos. As duas se completam e compartilharam uma vida toda de lembranças de viagens, dias de risada e das paqueras.

A adolescência chegou e com ela também um certo distanciamento que aconteceu quando Elowyn arrumou um namorado. 16 anos, emoções a flor da pele. A combinação mais temerária aconteceu: ciúmes, passionalidade e uma noite de chuva que resultou em um acidente fatal para Elowyn e uma nova esperança para Arabeth.

Arabeth sempre teve uma vida de limitações e encontrou no transplante de coração.... do coração de Elowyn a chance de sobreviver.

Dá pra sentir o drama, né? E eu amo um drama com “D” maiúsculo. Ao mesmo tempo em que me peguei rindo da amizade jovial de Elowyn e Kassey me peguei com olhos lacrimejantes nas cenas que se sucedem ao acidente. Quem já sofreu a perda de um ente querido sabe o quanto é uma situação desesperadora e angustiante. A autora trabalho tão bem as emoções dos personagens nesse momento triste que dá vontade de entrar no livro e consolar os personagens. 

Por outro lado, consegui captar a beleza do gesto final de Elowyn de se doar, mesmo depois de morta... a doação de órgãos é importantíssima pois permite que outras pessoas possam viver, realizar sonhos como Arabeth, é um momento agridoce!

“O novo coração estava bombeando meu sangue até a ponta dos meus dedos, para todas as células do meu corpo. Eu estava viva.” p. 57

Partindo do principio da doação de órgãos, penso que uma parte de quem doa permanece viva em quem é receptor do órgão doado e assim como eu, Lurlene faz esse gancho para sua trama. A autora faz questionamentos pertinentes ao longo de sua trama: afinal, qual o tipo de relacionamento mais saudável que deve se estabelecer entre a família doadora e o receptor? Uma perda se supera com essa nova relação?

“Enquanto Arabeth estivesse viva, de certa forma Elowyn também estaria.” p. 181

A autora também embasa seu enredo na chamada “memória celular” que se resume como a mudança de comportamento de um receptor após um transplante, digamos que muda-se gostos, anseios e até o gênio. Eu particularmente, sempre me questionei em como seria a vida de uma pessoa transplantada e posso ter uma visão romantizada, mas acho curiosa essa relação que se estabelece, é como se um vínculo invisível com quem partiu permanecesse.

Com um livro dividido em três partes, contado sob a perspectiva tanto de Kassey como de Arabeth, pode-se conhecer como o transplante mudou a vida de todos os envolvidos e como todos se sentiram e agiram a partir de então. Isso oferece grande emoção a história e a torna especial.

De coração para coração se mostrou uma trama surpreendente, cheia de novas sensações e de um único arrependimento: por que demorei tanto para ler? O livro é uma grata surpresa em todas as suas 207 páginas. Você pode até pensar que ele é pequeno, mas cheio de emoções que apenas engrandecem a trama de Lurlene e conquistam o leitor! Gostaria de ter mais livros da autora lançados por aqui, tenho certeza que seriam boas experiências!

2 comentários:

  1. Que post legal, adorei o blog, gostei dos posts.
    Te seguindo como Art of life and books, segue o meu blog, tem muita coisa boa.♥
    Art of life and books

    ResponderExcluir
  2. A obra tem uma proposta diferenciada, o que me chama a atenção. Nunca tinha parado para pensar sobre as pessoas que recebem transplantes.
    Ótima dica.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de setembro. Serão três vencedores, cada um ganhando dois livros.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa