TAG Cheia de histórias



Oi gente, faz tempo que não tem uma tag por aqui, né? Tempo demais, eu sei, mas vi essa no blog da linda Lelê Tapias, Tô pensando em ler


1-Qual sua maior inspiração para escrever?
Eu gosto de escrever minhas resenhas, relatórios e afins ouvindo música, parece que só assim que minha mente ordena as situações e é como eu consigo me expressar verdadeiramente e sinto que o texto ficou realmente bom

2-Há algum sonho secreto e que queira revelar?
Eu sou uma romântica, ainda sonho com aquele amor de conto de fadas, com direito a um príncipe que irá me tratar com todos os mimos que acho que tenho direito, que viveremos e criaremos juntos os filhos naquele relacionamento gostoso, de amizade, união e paixão sem nunca brigar (utopia total, não?)

3-O que te encanta?
Eu me encanto com várias coisas, com o progresso dos meus alunos, com a minha capacidade de criar algo pelo artesanato, com uma bela roupa na vitrine, por sonhar com as histórias que leio.

4-Como descreveria uma viagem dos sonhos?
Eu já li muito e tem muitos lugares que adoraria conhecer além das descrições dos livros... eu sonho com Paris, Roma, Milão, a estonteante Barcelona, o mar caribenho... se tivesse $$$$ teria um passaporte repleto de carimbos. 

5-Como gosta de passar o seu tempo livre?
Geralmente indo ao cinema, comendo um burguer king, fechando com um sorvetinho... também adoro ficar assistindo realitys na companhia da minha cachorrinha, Mallu.

6-Qual seu estilo de livro preferido? Dê um título para exemplificar.
Eu sou a rainha do drama, quanto mais fazer chorar melhor (Risos). Eu adoro os livros da Kristin Hannah, são de fazer chorar e eu tenho até um lugarzinho especial para eles na estante!

7-Tem alguma frase, ditado, provérbio ou citação que norteia sua vida?
Eu gosto muito de Carpe Diem, afinal quer frase mais norteadora do que aproveite o dia? Afinal, cada dia que nos é dado é uma nova oportunidade oferecida!

8-Que período da história do mundo você gostaria de visitar, se fosse possível? Por quê?
Pode parecer doido, masoquista ou simplesmente absurdo, mas de verdade eu gostaria de visitar o período das guerras mundiais, é algo que nunca me entrou na cabeça... como o ser humano pode ter o intuito deliberado de destruir o seu próximo? Nunca entendi pelos livros, então creio que observar, como uma mosca, me daria uma visão dos fatos única, fico pensando se houve remorso, se foi orgulho, se em algum momento essas pessoas se culparam pelo mau que causaram.

9-O que você mudaria em você? Por quê?
Fisicamente eu me aceito muito, não sou uma beldade, mas tenho meu charminho, já emocionalmente eu gostaria de ser mais paciente, mais otimista, muito menos rancorosa. Trabalho diariamente para melhorar essas falhas.

10-Tem saudade de alguma coisa ou alguém?
Eu sou saudosa, muito aliás! Não é segredo que eu sofri e continuo sofrendo um período de luto e apesar de saber que hoje minha mãe não sente dor e esta em um lugar melhor de acordo com o cristianismo e que a morte nunca é um fim, como prega o espiritismo eu sinto muita falta dela. Uma falta que não tem palavras para expressar e que nada vai superar. Sempre vai haver um momento em que eu precisarei de um colo materno e não terei... isso é muito doloroso!

Quem quiser esteja a vontade para responder e não esquece de me marcar no @thailadesouza! Vou adorar conhecer as respostas de vocês!

9 comentários:

  1. Thaila, minha querida. Vc me fez sorrir e chorar. Adorei saber mais um pouquinho de vc. Mas a úlltima, da mãe, preciso dizer, senti a sua dor e tive uma vontade imensa de te abraçar. Receba o meu abraço, o meu carinho, a minha solidariedade. As palavras nao cabem aqui. Meu lado maternal é gigante e falar sobre isso me comove sempre.
    Vc é doce, meiga, simples, as mais lindas virtudes que adoro encontrar nas pessoas. Dedique-se a ser cada vez melhor, como tem feito, e as coisas boas semeadas dão flores lindas na caminhada cheia de espinhos que, fatalmente, teremos que trilhar. Fique bem, procure o prazer nas coisas que vc ama, nas pessoas com quem convive. Isso sim, é felicidade.
    Beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  2. oi ^^
    pow mana não consigo escrever com música (a não ser que seja fanfic), pq escrever resenha com música me deixa totalmente fora de foco.
    gostei da tag, achei bem fofinha. Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  3. Gostei da tag!
    Não sei como você consegue escrever algo com música pois eu não consigo me concentrar.

    www.donadegato.com
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Thaila!
    Adorei a tag! Eu também não consigo entender essas guerras, como o ser humano pode fazer tanta maldade a outro ser... Esse tipo de assunto me comove demais, já chorei sozinha só de pensar nisso.
    Sua última resposta me apertou o coração! Ainda tenho a minha mãe mas perdi meu pai com quinze anos, sinto muita falta dele.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  5. Oie Thaila =)

    Eu não sei viver sem música rs... no onibus, no trabalho em casa rs...
    Se eu fosse ryca seria cidadã do mundo. Viajaria direto, afinal tem tanto lugar lindo para se conhecer.
    Lidar com a morte de alguém que amamos é complicado =/ faz nove anos que meu pai morreu e tem dias que sinto uma falta gigante dele...

    Adorei saber mais um pouquinho sobre você moça ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  6. Gostei da tag Thaila. Imagino o quanto você sofreu e ainda sofre com a perda da sua mãe, mas ela está com Deus e em uma situação muito melhor e aconchegante. Assim como você, também aprecio dramas e Kristin Hannah é uma das minhas queridinhas do gênero. Sinto infinitas saudades do meu cachorrinho Marley, de quem infelizmente me separei. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  7. Olá Thaila,
    Também não respondo TAG há um tempo e curti bastante as perguntas e respostas. Também gosto de escrever ao som de músicas, trabalhar também, aliás, acho que funciono melhor com um fundo musical.
    Sou uma pessoa extremamente saudosa, sinto falta de tudo tudo. Não consigo nem imaginar a dor de perder a mãe e não posso nem pensar nisso. sinto muito por ela.
    Adoro um bom drama e preciso ler Kristin Hannah, acho que sou a única no mundo que nunca leu.
    Beijinhos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  8. Oi, é a primeira vez que venho aqui e esse foi o melhor post de apresentação possível. Não conhecia a tag e ela mostra muito da personalidade de uma pessoa. Aliás, não sei se conseguiria respondê-la, geralmente não gosto de levar as coisas tão para o lado pessoal assim... Muito corajosa você. Beijos!!



    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  9. Sua lindaa!!! Adorei suas respostas!!

    Olha, vou te contar uma coisa... não desista do seu sonho do príncipe encantado.

    Sério. Fui casada. Tive filhos... me separei. E quando eu já estava bem contente com minha nova solteirice, curtindo minha casa nova, com meus filhos... o príncipe chegou e bagunçou tudo da maneira mais maravilhosa que você pode imaginar.

    Por isso, não desista.

    Bjks

    Lelê

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa