Resenha Os solteiros





Os solteiros
Meredith Goldstein
Novo Conceito, 2014
Sinopse: Hannah é diretora de elenco em Nova York e ainda chora pelo ex que a abandonou. Rob não é muito bom em assumir compromissos, mas nos tempos da faculdade quase namorou Hannah — e não se esquece disso... Vicki tem um trabalho lucrativo (embora tedioso) como designer de interiores de uma grande rede de supermercados, e é uma depressiva crônica. Nancy leva uma vida dupla, e Joe é um quarentão que adora namorar mulheres mais jovens...
Não há como negar: juntos, eles podem comprometer seriamente os planos de Bee de ter o casamento mais elegante da cidade. Da união desses personagens apaixonados resulta um romance divertido e doce sobre vidas entrelaçadas, relações de amizade e o incontestável amor.

“Em tempos de recessão, teria sido aceitável para Bee convidar solteiros sem acompanhantes para o casamento, mas ela queria que todo mundo tivesse pelo menos a opção de levar alguém. Mesmo assim, os solteiros tinham decidido ir sozinhos, e Bee não conseguia entender o porquê” p. 06
Bee não quer que nada atrapalhe seu grande dia, mas em vez de um ela tem cinco problemas, cinco solteiros que prometem dar muuuuuuuuuuita dor de cabeça!
Hannah é o caso mais sério, além de estar estressada com o trabalho a perspectiva de reencontrar um antigo amor a deixa extremamente ansiosa e ela é uma das madrinhas da cerimônia! Rob, o mais bonitão da trama tem certa dificuldade em assumir compromissos, preferindo viver ao lado de sua cachorra Liz.
Vicki que parecia ser a mais segura do grupo vive entre altos e baixos com a depressão e Joe, tio de Bee, é meio safadão. Nancy, uma senhorinha de mais de 60 anos é uma surpresa.
E é claro que no meio do caminho muitos outros personagens no mínimo problemáticos vão enredando a trama e dando-lhe consistência, a trama acontece entre o casamento e a recepção pós cerimônia, pouco tempo, mas muita confusão rola!
Hannah é a mais bem explorada em todo o enredo, seu trabalho exige que ela monte elencos e, portanto ela tem uma mania de elaborar elencos para tudo, incluindo para sua própria vida e sendo assim, porque não imaginar todo o casamento como um filme, ou uma peça de teatro? Gostei disso porque eu sou muito assim! Isso foi um dos poucos pontos positivos que ficaram da leitura
Esse livro é simplesmente, “Oi? Será que eu entendi direito?” apesar de ler bem rapidinho não me senti muito atraída pela história, não fiquei presa. Não gostei muito da construção, achei ficou confusa e incompleta, a história desses cinco personagens são independentes e se intercalam capitulo à capitulo e ao mesmo tempo buscam se unificar em uma trama maior que se passa no casamento, mas que não foi contemplado realmente.
Estava muito ansiosa por este livro e, portanto, meio que me decepcionei com o enredo descabido e pouco trabalhado. É Novo Conceito, não se pode vencer todas!


8 comentários:

  1. Oi, Thaila! Tão ruim ler um livro e não curtir, né?! Principalmente quando a gente tem boas expectativas, como foi seu caso. Esse nunca me chamou a atenção... Boa sorte na próxima leitura!! ;)


    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  2. Pois é,não conheço um leitor ainda entre os que leram e disseram que gostaram da obra, pelo jeito nesse livro a editora errou feio em publicar. Mas como se diz, uns dias se ganha e outros se perde.


    Beijos
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Thaila,
    Realmente são poucas resenhas positivas que leio sobre esse livro.
    Uma pena que não funcionou com você, apesar que eu curto histórias que se ligam e tals.

    tenha um ótimo final de semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  4. Oi Thaila, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas confesso que não é algo que eu leria. Principalmente depois dos seus comentários. Não estou no clima para esse tipo de história no momento e a trama parece ser muito confusa :P
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Thaila,
    Já tinha visto esse livro muitas vezes por aí, mas nunca soube exatamente do que se tratava.
    O fato de um livro com uma construção e confusa já é um bom motivo para me dizer que, não, não pretendo ler.
    Gostei muito da sua resenha e da sua sinceridade, mas o livro, definitivamente, não é pra mim.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Thaila!
    Pelo que você contou a história me lembrou um filme que vi uma vez e que também não gostei.
    É uma leitura que vou deixar passar!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  7. Oi, Thaila!
    Super chato quando criamos expectativas por alguma coisa e elas não são atendidas, né? Eu vi esse livro super barato na Americanas uma vez, mas não me interessei. Só em ler sua resenha já deu pra ver que é bem confuso e aparentemente mal trabalhado

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras|Vem participar da resenha premiada e top comentarista de abril ♥

    ResponderExcluir
  8. Oi Thalia,

    li esse livro anos atrás e me senti exatamente da mesma maneira! A proposta do livro era até legal, mas o desenvolvimento deixou muito a desejar e também me decepcionei bastante!

    Beijos!
    Visite o Mademoiselle Loves Books
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa