Resenha Uma Nova Proposta




Uma Nova Proposta
Título Original: The Marakaios baby
Os Irmãos Marakaios 2/2
Paixão Ardente # 2
Kate Hewitt
Sinopse: Ter um caso com Leo Marakaios é como dançar com o perigo. Mas Margo Ferrars acreditar ser capaz de acompanhar cada passo sensual... até Leo pedi-la em casamento! Pode ser apenas por conveniência, mas Margo sabe que fugir é a única opção. Não ter mais os beijos devastadores e os toques habilidosos de Leo é o preço que ela tem que de pagar para proteger seu coração. Então, descobre que está grávida! Agora, Margo precisa encontrá-lo para contar a notícia... e fazer uma proposta irresistível.

Leo e Margo tinham um romance duradouro, mas sem amarras ou compromissos, eles adoravam se divertir juntos, passear e cada um na sua casa e beijo, me liga! Nenhum dos dois compartilhou muito alem do leito, por isso foi surpreendente para Margo ser pedida em casamento por Leo.
Decidida a rejeitá-lo, ela fere seu orgulho de forma impiedosa e um Marakaios nunca esquece uma traição! Quatro meses depois Margo reaparece em sua vida com uma gravidez e um pedido de casamento... OMG”
Vou dar minha cara a tapa, pois tenho que admitir que a história superou minhas expectativas. O livro, lançamento de janeiro de 2016, não era a minha primeira opção de escolha, mas acabei tendo que escolher outro lançamento e fui logo nesse por ter uma proposta que mais me agrada, bebês, e fui sem nenhuma expectativa, mas esse livro é demais!
Em geral, acho os livros da série paixão mais corridos, afinal são menos de 200 páginas para desenvolver a trama e às vezes fico com aquela impressão de final corrido ou de história meia boca, mas nesse romance de Kate veio na contramão total desse meu pré-conceito, a história é bem elaborada e segue uma linha atrativa de desenvolvimento, com momentos bem tranquilos seguidos de clímax maravilhosos.
Outro ponto que a autora trabalhou super bem, foi a composição e desconstrução de clichês, em geral você sempre vê uma mulher desprezada, abandonada por um homem considerado frio e calculista, mas nesse caso esse papel é atribuído a Margo, enquanto Leo cuida da dor de cotovelo. Isso em momento algum me incomodou, mas me deu uma pequena satisfação porque eu ainda queria ver isso em um romance!
Claro que Leo curou sua dor com bebidas e mulheres deslumbrantes, mas bastou olhar para Margo e tudo voltar, negando ou assumindo o sentimento era claro como água.
É relevante salientar a forte carga dramática que envolve a trama, não é só um romance água com açúcar, mas tem aquela pitada de envolvimento com situações dolorosas que muito me atrai, derramei algumas lágrimas ao longo da leitura, o passado de ambos tem suas chagas e só mesmo o apoio um do outro é que conseguirão seguir verdadeiramente em frente.
Como passei nos dados da obra, o livro faz parte da duologia dos irmãos Marakaios e esse é o que fecha a trama. Eu consegui ler e entender perfeitamente as rusgas, separações e aproximações dos irmãos, mas esse romance é tão bom que me deixou gostinho de quero mais, então eu vou procurar não só o livro anterior, mas outros livros da Kate para trazer as resenhas pro blog, creio que boas dicas virão!
Apaixone-se!

7 comentários:

  1. Oi!!!! Os Irmãos Marakaios, que nome engraçado, kk, mas devem ser gregos, né? E gregos são tudo de bom!!
    Adorei essa resenha e que o livro tenha saído do clichê fiquei grávida sem querer e fui esnobada! Fiquei curiosa também com outros livros dessa escritora.
    Beijos

    thaisrrory.blogspot.com.br
    @thaisrory

    ResponderExcluir
  2. Oi!!!! Os Irmãos Marakaios, que nome engraçado, kk, mas devem ser gregos, né? E gregos são tudo de bom!!
    Adorei essa resenha e que o livro tenha saído do clichê fiquei grávida sem querer e fui esnobada! Fiquei curiosa também com outros livros dessa escritora.
    Beijos

    thaisrrory.blogspot.com.br
    @thaisrory

    ResponderExcluir
  3. Oii, esse não é exatamente meu tipo de livro, mas a obra me pareceu bem interessante. Amei a resenha, deu pra ter uma ótima ideia do que é o livro :)
    http://gordicesliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Thaila.
    Eu também não costumo ler os livros da série Paixão, como você sempre tenho a impressão que a coisa fica corrida. Gostei da premissa do livro e também gosto de histórias que envolvam gravides e babys...kkkk
    Vou anotar a dica. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oie Thaila =)

    Eu até gosto desses livros mais fast, porém a gente fica mesmo com essa sensação que a história é meio atropelada.
    Não conhecia o livro e nem a autora, mas a premissa me deixou curiosa ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  6. Olá Thaila,

    Não conhecia esse livro e não gosto do gênero, mas que bom que a história te agradou bastante...ótima resenha...bjs.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Que estranho!
    Nunca li um livro assim diferente. Parece o oposto.
    hehe

    Amei sua resenha, beijos

    www.modaeeu.com.br

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa