Resenha De repente, Ana




De repente, Ana
Simplesmente Ana, livro 02
Marina Carvalho
Literatura Nacional

Selo Novas Páginas
Novo Conceito, 2014
Sinopse: Ana decidiu viver permanentemente na Krósvia, e tudo está às mil maravilhas. Além do namoro cada vez mais sério com Alexander, ela tem um emprego fixo na embaixada brasileira e dedica parte de seu tempo às meninas do Lar Irmã Celeste.
Mesmo cumprindo tantos compromissos sociais como princesa, Ana nunca foi tão feliz. Porém, de uma hora para outra, tudo muda. Seu pai, o rei Andrej Markov, sofre um grave acidente e vai parar na UTI. Não resta alternativa: Ana vai ter que assumir o trono da Krósvia e governar a nação.
Pouco – ou quase nada – familiarizada com a função, ela vai precisar de ajuda não só para reger o seu país, mas também para manter perto de si aqueles que ama. Muita gente está interessada no seu fracasso.

A encantadora Ana Carina, ou simplesmente Ana, a princesa da Krósvia, que como conhecemos em seu livro anterior viveu um verdadeiro conto de fadas ao se encontrar com o verdadeiro pai, o rei Andrej e depois de grandes percalços finalmente conseguir acertar-se amorosamente com Alex.
Dois anos após tudo parece seguir o felizes para sempre, Ana esta formada, cada dia mais feliz com seu trabalho e com sua nova família krosviana, mas o senhor destino pode ser cruel e Ana se vê tendo que assumir o trono temporariamente enquanto seu pai se recupera de um grave acidente, aliado a isso, seu romance pode ir por água abaixo com a volta de Laika, a ex-namorada maluca de Alex.
Ana continua espontânea e um pouco atrapalhada, facetas que podem por em jogo sua capacidade de controlar um país inteirinho. Confusões parecem atraí-la e com a oposição agradecendo a cada pequeno deslize talvez seja mais difícil do que se aparenta manter-se no poder e ter sanidade.
“Entenda uma coisa, Ana. Quando as pessoas se amam, elas compartilham tudo, inclusive os problemas, porque sabem que podem contar umas com as outras - A boca dele pairava a milímetros da minha - Nesse mundo não existe ninguém que ame mais você do que eu. Ninguém. Então, por favor, pelos próximos cinquenta anos, se houver momentos difíceis, e eu sei que vai, lembre-se que não vou a lugar nenhum. Não sem você." p.285
Alex continua o namorado mais fofo do mundo, e nesse livro ela ganha vez e voz, pois seus sentimentos mais profundos, aflições e seus momentos mais especiais são retratados por ele mesmo, ganhando a cada aparição fonte diferenciada! Outro diferencial, é que Marina aproveita de seus personagens secundários que tanto cativaram no primeiro livro e dão a eles mais espaço, o que torna a trama mais legal, Estela, principalmente, é uma amiga maravilhosa e que tem mais oportunidades de dar o ar da graça.
Quando o livro foi lançado confesso que não sabia o que esperar, afinal simplesmente Ana havia sido tão perfeito e com um final tão fechadinho que para mim, naquele momento não caberia uma trama sequencial, mas Marina com seu toque de mestre deu não só essa liga entre um livro e outro, como traz elementos novos para dar a sua história mais força e mais encantamento, essa trama assim como a própria Ana, se mostra mais madura, mais evoluída e com mais a mostrar.
A capa foi um bafafá na época, não acho que seja a melhor capa para o livro, mas o fundo com o palácio deu aquela impressão de “esse é o palácio, tem que ser esse”, a modelo retrata uma Ana mais madura, mas creio que se ela estivesse com uma coroa, sem o laptop e com uma roupa mais formal seria o ideal e cairia como uma luva para o enredo. A diagramação interna é caprichada, sem erros e de fluida compreensão, tornando assim, ainda mais agradável a leitura. É um romance leve, delicado, ótimo para ler numa tarde, o livro é curtinho, pouco mais de 300 páginas, mas que reserva lindas emoções. Fechei o livro com aquele sentimento bom de leitura que cumpre seu papel de agradar e entreter, deu aquele gostinho de quero mais para o terceiro livro “Elena, a filha da princesa” que espero ler agora em 2016.
Só mais uma coisinha, De repente, Ana foi pensado para ser uma sequência e não um livro único, então leiam primeiro Simplesmente Ana, curtam a trama e não ganhem spoiler desnecessários!!!! Boa leitura!

P.S. tem capitulo bônus, valeu o presente!

13 comentários:

  1. Oi Thaila! Não curti muito o primeiro livro, mas ainda assim considero ler a sequencia para ver se a história me cativa.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Oi Thaila!
    Ainda não li o primeiro livro, mas tenho vontade. A história parece ser bem fofa!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Eu tenho muita vontade de ler algo da Mariana Carvalho. Acompanho a autora pelas redes sociais mas nunca tive oportunidade de conferir nenhuma das suas obras. Eu também achei a capa meio tensa, mas não deixa de ser bonita. Hehe

    Abraços!
    www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Já li quatro histórias da Marina e sempre me encanto com a forma dela narrar tudo. Assim como vc também irei ler "Elena, a filha da princesa" esse ano e estou ansiosa pelos próximos lançamentos da autora, principalmente o Romance de época que ela está escrevendo.
    Enfim parabéns pela leitura, concordo com vc em relação a capa, mas acabei já me acostumando com essa. Beijos e ótima semana!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá :)
    Só li "Simplesmente Ana" e amei tenho certeza que vou gostar da sequência gostando da capa ou não, adorei a resenha!

    Beijos,
    http://livrosentretenimento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Thaila
    Ainda não li o primeiro livro, mas ele está na fila de leitura.
    Gostei da sua resenha, muito legal e me deixou empolgada pra ler logo os dois :)
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  7. Me sinto até estranha por não gostar dessa série, a escrita da Marina e seus personagens não me convencem, não consigo gostar da Ana e do Alex, mas isso é de cada um né, rs. Bem, como você gostou desse segundo livro, acredito que Elena - A Filha da Princesa vai te conquistar também, comigo não foi bem assim, mas recomendo conhecer o livro.

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
  8. Oie Thaila =)

    Como eu não curtir muito Simplesmente Ana, não me empolguei para ler esse livro. Não consegui sentir empatia pelos personagens e achei a história parecida de mais como o Diário da Princesa.

    Fico feliz que você tenham gostado do livro, e espero que você curta bastante também Elena - A Filha da Princesa ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  9. Eu amo essa capa! <3
    Ainda não li o primeiro, mesmo tendo-o comprado. :/
    Fiquei morta de vontade de ler. Acho que vou pular para ele.

    Beijos
    www.modaeeu.com.br

    ResponderExcluir
  10. Li o primeiro volume tem um tempão já e gostei bastante, quero muito ler a continuação e saber coo Ana está ;)

    Dois abraços!

    ResponderExcluir
  11. Thaila, achei o primeiro livro uma graça, divertido, já o seguindo não me conquistou muito :( Acredito que poderia ficar só no primeiro mesmo.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  12. Thaila, tenho o mesmo sentimento que você, também achei que simplesmente Ana teve um final bem fechadinho e que não caberia uma trama sequencial, mas mesmo assim estou com o segundo livro já na minha estante, aguardando um tempo para ser lido. Gosto muito desta autora e também gosto de livros para entretenimento.
    Gisela
    Ler para Divertir
    Participe do Top Comentarista de janeiro 2016, serão 3 ganhadores e você pode ganhar um livro a sua escolha

    ResponderExcluir
  13. Oi Thaila, não li este ainda, mas adorei o volume 1. Esta capa eu não gostei, ficou bem diferente da sua anterior.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa