Resenha A Caminho do Altar




A Caminho do Altar

Título Original: On the Way to the Wedding

Os Bridgertons #8

Julia Quinn

Arqueiro, 2016


Sinopse: Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece.
O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la.
Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele?
A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.

Gregory é um típico Bridgerton: um eterno otimista que mesmo em uma sociedade baseada em convenção acredita em amor e não é para menos, afinal, todos os seus outros sete irmãos se casaram por amor e vivem felizes com seus conjugues e cada qual com sua penca de filhos. Crer no amor era quase tão natural como respirar.

“De alguma forma, ele saberia. Algo tão importante, tão grandioso e capaz de mudar sua vida não surgiria despercebidamente. Chegaria com força total, como um furação. A única questão era quando.” p.11


Ele espera o momento em que se apaixonará perdidamente, em que ouvirá sinos e música e finalmente terá o seu “felizes para sempre”. Isso acontece quando ele conhece a jovem senhorita Watson, mas ela esta apaixonada por outro, o que pode por fim ao futuro de filhos, amor e velhice lado a lado.
Mas ele pode ter uma importante aliada ao seu lado.

Pragmática e descrente nesse amor sublime, Lucinda já viu muitos homens caírem de amor por sua melhor amiga, mas parece que ela só tem olhos para o pretendente errado. Lucy não acredita em amor, ela foi criada para compreender o papel da mulher e do casamento em sua vida, a mesma esta prometida à anos para um homem que nunca viu...

Disposta a abrir os olhos de sua amiga para os demais pretendentes disponíveis, principalmente o jovem Bridgerton ela acaba fazendo um trato velado com o mesmo, dando dicas e fazendo observações pertinentes. Conforme a amizade entre Gregory e Lucy cresce eles acabam percebendo que o amor sempre existiu.

O romance de Julia é arrasador, Gregory é um homem perfeito, ele emana o romantismo, sua juventude, sua passionalidade e sua personalidade são demais. Eu ouso dizer, e que os demais irmãos não saibam, ele é o meu preferido. Isso porque ele saiu do comodismo e literalmente correu atrás do seu grande amor e para provar que finais felizes existem!

Lucinda, ou Lucy, é uma mulher comum para o seu tempo, nem todas as suas atitudes são fáceis de aceitar, mas é um trunfo da autora, pois ela soube trabalhar os costumes e as regras sociais da época. Lembre-se estamos ambientados à Londres do século XIX cheia de manias e trejeitos.

Eu realmente tive um certo receio quando comecei o livro, pois se bem se lembram Gregory foi o Bridgerton que menos apareceu em TODA a saga familiar, primeiramente era muito jovem e depois estudando, então apesar de saber que ele faz parte dessa apaixonante família tive medo de que ele não fosse tão parecido com os demais, ou que eu me sentisse lendo um livro que eu não tomaria como da Julia ou condizente com a família. Entretanto, todos os medos foram por água abaixo com o prólogo da autora! Apaixonante, avassalador, um verdadeiro aspirador, que sugou toda a minha atenção. Realmente é um livro em que se pode esperar um pouquinho de tudo!

Um charme a parte e que merece destaque na composição do livro são as pequenas dicas introdutórias do que acontecerá e do que o leitor esperará em cada capítulo, isso cria expectativa e ao mesmo tempo dá uma sensação de familiaridade com a trama, como se a autora contasse um segredo ao leitor.

A presença marcante de diálogos divertidos, situações inimagináveis e momentos prá La de românticos já é uma marca da autora e mais uma vez você encontrará nesse livro e o final, ah... o final, uma cereja perfeita para esse bolo de oito camadas.

Também foi bom reencontrar algumas carinhas conhecidas, como Violet, Hyacinth, Colin, Kate e Anthony... nostalgia total! 

Falando em nostalgia, não tem como falar desse último livro dos irmãos e não ficar com aquele sentimento de alegria e de perda, depois de conhecer oito personagens tão avassaladores, conhecer suas histórias, seus medos, carmas e amores não dá para fechar o livro e simplesmente “acabou”, a série tem um ar cativante e que promete conquistar os leitores que lerem agora ou depois, num futuro (bem próximo, de preferência), reler é se apaixonar diversas vezes pelos mesmos personagens. Agora que terminei a série quero reler os anteriores, bateu essa necessidade.

Finalizando, a autora, uma nata contadora de histórias, mostrou que viver um conto de fadas é possível, todos temos nossos dragões ou malfeitores para enfrentar em nosso caminho, momentos doces e amargos, mas o importante é acreditar no amor, ele é que fora condutora e ele concretizará o “final feliz” que se busca.

9 comentários:

  1. Ai que fofoooooooooo!!! E olha que eu nem curto isso, mas amei agora!! Acho que tô entrando num momento amorzinho ♥

    Quero. Gostei!! Parabéns pela resenha!!

    Bjkssss

    ResponderExcluir
  2. Oie!
    Estou com esse livro aqui na pilha e logo vou fazer a leitura dele \o/ Com certeza, vou sentir saudades!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    Nossa estou meio atrasada nessa série o último livro que li foi do Colin mas pretendo continuar com certeza, fiquei curiosa para ler o prologo desse livro e conhecer a história com certeza vou amar também.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/2016/06/corpos-para-um-vitral-de-ana-julia.html

    ResponderExcluir
  4. Oi Thaila,
    Que capa adorável.
    Eu ainda estou no primeiro...espero logo, logo chegar nesse.
    O casal parece ser legal.

    tenha uma ótima quinta
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  5. Oi Thaila!
    Eu só li os 3 primeiros da série, mas como fui acompanhando as resenhas aqui no blog, já sinto saudades da série!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  6. JULIA QUINN É SENSACIONAL! *-*
    Eu ainda não terminei esta série, mas estou louca para devorar. Li os primeiros livros e me apaixonei. A escrita da autora é envolvente e adoro a forma como ela descreve o cenário e os personagens.
    A autora sabe como inserir novos personagens e também como costurar a história. AMO!

    PROMOÇÃO DOIS ANOS DO BLOG BIO-LIVROS

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Morro de vontade de ler essa série, mas por enquanto não quero me envolver com séries grandes, pois tenho várias para concluir. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  8. Oi, Thaila!
    Não sou fã de romances de época, mas confesso que essa série dos irmãos me chama bastante a atenção. Adorei a resenha!
    Beijos! :D
    Borboletas de Papel | Fanpage

    ResponderExcluir
  9. Oie Thaila =)

    Vou confessar que estou enrolando para ler esse livro. Sim enrolando bonito rs... Dói pensar que é o ultimo e que vou ter que me despedir dessa família que aprendi a amar nos últimos anos.
    Mas como não posso fugir para sempre ele será uma das minhas futuras leituras. E claro que os lencinhos já estão preparados.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa