Resenha A história de nós dois





A história de nós dois
Duas vidas, um destino
Dani Atkins
Arqueiro, 2016
Sinopse: Emma tem 27 anos, é linda e inteligente e vive cercada de pessoas que ama. Prestes a se casar com Richard, seu namorado desde a época de escola, ela não poderia estar mais empolgada.
Mas o que deveria ser o momento mais feliz de sua vida de repente vira uma tragédia. Emma sofre um acidente e é salva por um estranho minutos antes que o carro em que ela viajava explodisse.
Abalada, ela decide adiar o casamento. E nesse meio-tempo descobre segredos que a fazem questionar as pessoas nas quais sempre confiara a ponto de duvidar se deve se casar afinal.
Para complicar, ela se sente cada vez mais ligada a Jack, o homem que a salvou e que não sai da sua cabeça. Jack é lindo, gentil e divertido, de um jeito diferente de todos que ela já conheceu. Por outro lado, é Richard quem ela sempre amou...
Uma mulher, dois homens, tantos destinos possíveis. Como essa história vai terminar?

Dani Atkins, Dani Atkins! O que fazer com essa autora que como diz o meme “nem conheço e considero pacas?”, não dá pra não se apaixonar pela autora e por seus enredos. Neste novo romance de sucesso a autora explora inicialmente a história de Emma e Richard.

Ambos estão noivos e muito felizes, apesar dos percalços da relação e da vida em si, ambos são felizes. No dia da despedida de solteira, Emma e suas melhores amigas Amy e Caroline sofrem um grave acidente, um acidente que mudaria toda a história.

Nesse momento culminante entra em cena Jack, um redentor do caos, ele não só salvou a vida de Emma como também foi um apoio após a tragédia que se sucedeu. Ao passo que a vida continua e os acasos continuam levando Emma até Jack e alguns segredos são revelados a relação entre Emma e Richard se desestabiliza, iniciando assim um triangulo amoroso.

“Eu tinha lidos todas as revistas e livros disponíveis sobre casamento, mas nenhum deles parecia tratar dessa questão particularmente delicada: o que fazer quando, quinze dias antes do seu casamento, você de repente se vê apaixonada por dois homens?” p. 8

O interessante é como a história se desenvolve, o começo é o fim! Isso mesmo, nem eu nem a autora enlouquecemos, Emma começa no momento presente e vai rememorando sua história e claro que temos muita emoção em toda a trama!

Emma é uma personagem que vamos descobrindo aos poucos, ela vai revelando seus segredos aos poucos. Ela não vive nenhum mar de rosas, não! Apesar de ter estudado o que ama e ter explorado ao máximo seu potencial, ela largou tudo para regressar a cidade natal para cuidar da mãe. É claro que é natural essa situação, afinal, mãe é mãe, mas também fica aquele sentimento de culpa e amargor.

“Não se preocupe, minha ursinha, tudo vai dar certo, você vai ver.”
“Não sei bem o que me fez chorar ainda mais: se seu eterno otimismo; se o uso do meu apelido de infância, pelo qual ela não me chamava havia quase vinte anos; se o fato de que, pela manhã, somente uma de nós iria se lembrar de que aquilo tinha acontecido." p. 200

Falando dos amores de Emma, por assim dizer, Richard é um homem que da sua forma é apaixonante, apesar dos tropeços, não consigo deixar de sentir afeição por ele a sua maneira ele é um homem apaixonante: o cuidado com a família de Emma, principalmente com a mãe dela é admirável e faz com que ele seja um daqueles moços que vem com o rótulo “para casar”.

Por outro lado temos Jack, o aventureiro escritor americano, a lá herói misterioso. Jack é uma combinação única de desejo e paixão. Como Emma narra a história e ela pouco sabe dele, vamos descobrindo junto com ela as nuances desse homem. Diferente de Richard, Jack não é um homem para casar, aliás tem aflição desse compromisso e esta longe de almejar as mesmas coisas que Emma.

Dois homens extremamente diferentes, mas cada qual com a sua dose de carinho e amor, cada um faz despertar uma Emma diferente, com Richard eu a percebi mais contida, ao passo que Jack desperta o lado mais espontâneo dela. São duas escolhas extremamente opostas, mas que eu senti que ambas trariam a felicidade à Emma, pois de certa forma os dois homens poderiam fazê-la feliz, cada qual ao seu jeito, por isso a trama foi super envolvente, uma vez que como disse o começo do livro é o final a escolha já foi feita, xeque mate! 

Eu juro que ela primeira vez em um triângulo amoroso eu não tomei partido de um dos pretendentes logo de cara, ambos me conquistaram e no final eu já sabia que ficaria com um sentimento de pena por aquele que não fosse escolhido.

A leitura colocou em xeque algumas resoluções que eu sempre tomei como certas, Dani escreve um enredo em que não há previsibilidade, afinal tudo é trabalhado de forma única, cada palavra é pontuada de uma emoção indescritível, a mensagem final é clara: o amor vale a pena! Algumas histórias podem demorar um pouco mais para se concretizarem, sofrer alguns percalços, mas no final, o amor vale a pena!

E o final.... ah, o final que eu obviamente não vou contar, mas saibam que é daqueles de abalar, de realmente mexer com as estruturas do leitor! Dani é fabulosa, uma aquisição de ouro para o já tão prestigiado hall de autores da editora, ela consegue com maestria fazer o leitor rir e chorar em poucas páginas! Entrou pra minha lista de favoritos! E sou sincera e simplória ao dizer que essa resenha não chega a expressar 50% do que eu senti com a história, pois a trama é tão boa que parece que nenhuma palavra expressa adequadamente meus desejos e felicidade em encontrar um livro tão bom.

Sobre a capa, como não se apaixonar? Uma combinação perfeita de cores e de imagem, um presente para qualquer estante e um trunfo da equipe gráfica da editora. Tradução coesa e coerente é outro ponto primordial e que vale nota 10!

Sobre todos os aspectos uma leitura indispensável!

7 comentários:

  1. Já tinha lido a resenha desse livro, a sua está bem completa, gostei do tema, tenho vários livros para ler, mas acho que vou por esse na frente.
    https://souadultaagora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Thaila! Eu li o anterior da autora e amei, sendo assim este logo entrou na lista de desejados. Fiquei bem animada com a sua resenha, espero favoritar.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Oie Thaila =)

    A sua é a primeira resenha que leio desse livro e pela premissa a história parece ser daquelas que realmente nos deixam emocionados.

    Espero ter a oportunidade de ler em breve.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha Thaila. Estou louca para ler esse livro e amei os seus elogios acerca da obra. Beijo!

    http://www.newsnessa.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Thaila, tudo bom?
    Essa é a segunda resenha desse livro que leio hoje, não preciso nem falar que a vontade só aumenta, né?
    Ele já me conquistou só por essa capa, quando leio mais sobre o enredo fico mais curiosa ainda.
    Adorei a resenha.
    Beijos

    Oi, Vanessa!
    Gostei das novidades, tem coisas bem bacanas aí.
    Curiosa com o especial do King.
    Beijos

    http://www.construindoestante.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi, ótima resenha. Mas ando saturada de triangulo amoroso, ou algo muito dramático, mesmo assim o livro parece ótimo.

    Seguindo aqui.

    Abraço.
    aressacaliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olha mulher, ainda bem que já tenho este livro!!!

    Adorei a resenha!!
    Linda!!

    Bjksssssss

    Lelê

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa