Resenha



A Casa das Orquídeas
Lucinda Riley
Novo Conceito, 2012

Sinopse - Quando criança, a pianista Júlia Forrester passava seu tempo na estufa da propriedade de Wharton Park, onde flores exóticas cultivadas pelo seu avô nasciam e morriam com as estações. Agora, recuperando-se de uma tragédia na família, ela busca mais uma vez o conforto de Wharton Park, recém-herdada por Kit Crawford, um homem carismático que também tem uma história triste. No entanto, quando um antigo diário é encontrado durante uma reforma, os dois procuram a avó de Júlia para descobrirem a verdade sobre o romance que destruiu o futuro de Wharton Park... E, assim, Júlia é levada de volta no tempo, para o mundo de Olívia e Harry Crawford, um jovem casal separado cruelmente pela Segunda Guerra Mundial, cujo frágil casamento estava destinado a afetar a felicidade de muitas gerações, inclusive da de Júlia.



Eu me surpreendi bastante com o livro, passei a conhecer e admirar o trabalho da autora. Por conta do número de páginas, eu ficava pensando "será que tem tanta historia? será que não vai ser uma leitura arrastada?" e por isso demorei um pouco para lê-lo. Quando o peguei pra ler, num feriadão sem nada para fazer, me surpreendi, não conseguia largar o livro a não ser pra pensar rapidamente sobre a situação que os personagens enfrentavam. Li quatro horas seguidas, sem ter sono, sede, fome. Nada! Eu só queria ler, estava viciada.
Lucinda me surpreendeu, criou uma história envolvente e emocionante, com personagens tão bem criados que seria fantástico encontrar um Harry, um Kit, uma Julia pela vida. A história se desenrola de uma forma tão bonita, tão fantástica envolvendo duas famílias, duas histórias que você lê e quer continuar, pois você torce pelo merecido final feliz! A leveza e sinceridade com que a autora trata de temas fortes como as mudanças trazidas pela guerra, o adultério, a compreensão do homossexualismo, um escândalo para época, a amargura de uma mulher  ferida e ao mesmo tempo traz dores por perdas e você é levado a outro país, um outro tempo e uma nova cultura, de forma muito competente. Foi uma grata surpresa e com certeza está na lista dos melhores do ano, já que esse ano li livros ótimos!
Em seu livro conhecemos Julia e Kit que cresceram juntos, mas em mundos diferentes. Ele rico e imponente vivendo em uma linda casa com todo o conforto, ela a vivendo em meio das orquídeas cultivada na estufa de seu avô no jardim da família Crawford. Hoje Kit e Julia são pessoas diferentes e com suas próprias feridas e quando se vêem novamente cara a cara na poderosa propriedade lutando para decifrar os mistérios que envolveram as duas famílias durante décadas.
Mesclando passado e presente Lucinda nos dá um show de cultura e aos poucos vai nos dando pistas para que brinquemos de detetive, ligando os pontos e quem sabe decifrar seu segredo, sendo uma leitura deliciosa e irresistível.


1 comentários:

  1. Oi Flor,
    Amei a resenha e o seu espaço aqui...\o/...me mande link no face sempre que possível. A lucinda tem conquistado muitos fãs e fico feliz que a leitura tenha sido tão boa...ótimas leituras para vocês.

    Beijokas elis!!!
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa