Resenha Tarde demais para Esquecer



Tarde demais para Esquecer

Título Original His Rebel Bride

Shelley Bradley

Clássicos Históricos especiais Ed 284

Nova Cultural, 2007


Sinopse: Dias de batalha, noites de paixão!
Guerreiro altivo e destemido, Kieran Broderick tem sangue irlandês, mas é leal à Coroa Britânica. Por isso, quando o rei inglês decreta que ele se case com uma irlandesa para aplacar uma rebelião, Kieran concorda, embora com relutância. Recém-nomeado conde de Kildare, Kieran viaja para o Castelo de Langmore, a fortaleza dos implacáveis O'Shea, a fim de escolher sua noiva. No entanto, ao se decidir pela linda Maeve, que parece ser também dócil e submissa, Kieran se confronta com a mais difícil batalha de sua vida. Maeve é tudo, menos dócil e submissa, e se recusa a partilhar com ele o leito nupcial. Mas Kieran está determinado a conquistá-la, mesmo sabendo que, para isso, terá de transpor a sólida muralha que protege o coração de sua noiva rebelde...

Vocês sabem o quanto eu gosto de clássicos históricos, porém dessa vez fiquei decepcionada quando li esse livro. Pensem em minha reação ao ver essa capa deslumbrante, a sinopse pensei: “UAU, história inesquecível!”, mas nas primeiras páginas essa mocinha me irritou mais que o possível! Vocês vão compreender o porque.
Kieran nasceu na Irlanda, mas cresceu na Inglaterra e é fiel a coroa britânica e, portanto, ao rei Henrique e no auge da guerra inglesa-irlandesa ele sabe que deve fazer o que puder para cuidar dos seus e abater os inimigos, mas casar-se parecia impossível, ainda mais com uma irlandesa.
A família O’Shea é a favor da libertação irlandesa e ceder à coroa inglesa é repugnante para eles, mas a chegada de um conde inglês é algo que eles devem se acostumar, pois se os amigos devem ser mantidos perto, os inimigos devem estar ainda mais perto. Uma das irmãs será sacrificada ao casamento com Kieran. Logo no momento em que a família está tão destroçada pela guerra.
Kieran chega a propriedade O’Shea e a encontra em ruínas, um exercito miserável e ele tem quatro possíveis noivas: uma grávida viúva, uma que ainda é quase uma criança, uma que parece desmaiar de medo a cada minuto e Maeve, sua melhor escolha no momento. Sem contra que ainda tem o irmão guerrilheiro de Maeve, que é completamente maluco.
Maeve é instável, ela ora odeia, ora ama seu marido, mas o sentimento de libertação ao domínio inglês é mais forte. Ela só consegue ver defeitos em Kieran e isso é irritante, mesmo quando ele é bom ela sempre acha um jeito de minorizá-lo. Sei que ficar entre ter que escolher entre amor, família e honra não é fácil. Maeve prefere pintar Kieran como um mostro que ver que ele tem qualidades.
Kieran por sua vez tem que lidar com todos os problemas da família O’Shea e ainda tentar manter um relacionamento com sua antipática mulher.
Vou ser sincera, as páginas passam bem dificilmente, a história não cativa e é com pesar que não recomendo o livro apesar de sua linda capa
 

23 comentários:

  1. Oie Thaila =)

    Não conhecia esse livro, mas pela sua resenha já percebi que a história é um pouco arrastada demais. Estou lendo um assim no momento, que por mais curiosa que eu esteja a narrativa em si torna a leitura muito lenta =(

    Parabéns pela resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. realmente Ane, apesar do aprendizado da parte histórica fiquei muito chateada por não ter suprido minhas expectativas esse livro

      Excluir
  2. A capa realmente é legal e conquista, mas pelo que vc disse a história parece ser dessas que fica enrolando (no sentido da mocinha só 'criticá-lo)... E isso deve ser tenso, pq a enrolação é no sentido de ficarem juntos.

    Eu amo romances de época, mas não gosto quando há enrolação, rs.
    Adorei sua resenha, parabéns!
    Ah, seguindo seu blog tbm.

    Beijos,
    http://cookierobsten.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também amo o romance de banca, pena que nem todos são tão perfeitos!

      Excluir
  3. Thaila amo uma resenha que sabe ser sincera, e aqui não foi diferente.
    É bom sabe que a narrativa se arrasta, e que a protagonista não te conquistou, é uma pena quando isso acontece né, realmente frustrante.

    Até mais.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que a sinceridade é tudo, não adianta escrever algo que não sinto

      Excluir
  4. Olá! :)
    Esse livro também não daria pra mim, pela protagonista e pela lentidão da leitura.
    Gostei da resenha sincera.

    Beijos,
    Mi
    http://inteiramentediva.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. personagem chata é pra acabar com a paciência de qualquer cristão

      Excluir
  5. Gostei da resenha, mas estou fugindo de personagens irritantes, mesmo se tratando de um romance histórico. Então, desta vez, passo a dica. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. realmente, personagens assim dão até ressaca literária

      Excluir
  6. Amo tuas resenhas de banca! :D
    Essa tá maravilhosa também, ehm!
    Faz séculos que não leio um livro desse tipo.
    beijos
    modaeeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que gostou, espero dar dicas melhores em breve!

      Excluir
  7. Muito chato quando o livro não corresponde né? E também quando gostamos do gênero, mas o livro que estamos lendo não é tão bom.
    Uma pena!!!

    AMEI a sinceridade da resenha!!

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nem todos os livros suprem nossas expectativas, confesso que fiquei triste pois adoro os romances históricos

      Excluir
  8. Gostei bastante da sua resenha, que está bem sincera, por sinal. Gosto de livros históricos por causa do plano de fundo. Contudo, um livro arrastado é horrível. Não o conhecia, mas acho que não leria.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. romance de banca é ótimo, romance histórico é delicioso de ler, mas romance arrastado é to fora!

      Excluir
  9. Que pena Thaila que o livro foi essa decepção, a sinopse é bem atrativa e eu também teria lido com muitas expectativas, mas depois da resenha, eu passo.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é tão ruim quando a gente cria expectativas e depois fica frustrada

      Excluir
  10. Credo! rsrsrsrsrs A história até que parecia ser interessante. Com a faca e o queijo na mão, o autor conseguiu estragar o enredo. Que pena!

    Seu blog foi adicionado à Minha Lista de Blogs!

    Abraços

    Teorias do Leão da Montanha
    Curta Teorias do Leão da Montanha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. infelizmente essa é a verdade, no fim a história ficou chata

      Excluir
  11. Sou fã de clássicos também, mas já sei que esse é um livro que eu vou evitar. Odeio histórias lentas, geralmente acabo abandonando.

    http://surtosliterarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. =O
    Nossa que bom que você leu então, sempre que ver esse livro vou sair correndo pro outro lado....pena ter sido ruim...desejo melhores leituras. Beijos Elis
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa