Resenha A Conquista




A Conquista
Amores Improváveis # 4
Elle Kennedy
Paralela, 2017

Sinopse: De todos os jogadores do time de Hóquei da universidade de Briar, John Tucker se destaca por ser o mais sensato, gentil e amável. Diferente de seus amigos mulherengos, ele sonha mesmo é com uma vida tranquila- esposa, filhos e, quem sabe um dia, abrir um negócio próprio. Mas nem mesmo o cara mais calmo do mundo estaria preparado para o turbilhão de emoções que ele está prestes a enfrentar. Sabrina James é a pessoa mais ambiciosa, dedicada e batalhadora do campus. Seu jeito sério e objetivo é interpretado por muitos como frieza, mas ela não está nem aí para sua fama de antipática. Tudo o que ela quer é passar em Harvard, tirar ótimas notas e conquistar a tão sonhada carreira como advogada. Só assim ela conseguirá escapar de seu passado difícil e de sua família terrível. Um acontecimento inesperado vai desses jovens de cabeça para baixo. Tucker e Sabrina vão precisar se unir e rever seus planos para o futuro. Juntos, eles aprenderão que a vida é cheia de surpresas, e que o amor é a maior conquista de todas.


“Porque o amor é a conquista mais importante. Não é algo que eu tenha buscado, mas que tive sorte, muita sorte, de alcançar.”


Dios mio! Esse livro! Sabe aquele livro que você precisa desesperadamente? Aquele que você sente que se não ler imediatamente vai ter uma sincope? Já sentiram isso, meu povo?

Pois eu senti com “A conquista”, depois do final de “O jogo” eu precisava do livro seguinte e o final da série, essa necessidade louca me fez correr na livraria mais próxima, pagar um pouco a mais do que se comprasse on line, tudo para poder chegar em casa logo e ler o meu mais novo queridinho!

Garrett, tia Thaila ainda te ama, mas no momento ela esta louca de paixão pelo Tucker.
Motivos para essa paixão toda:

1° John Tucker é o cara mais sensacional do planeta, aquele que eu quero e imploro para que apareça na minha vida! O cara cresceu criado pela mãe no Texas, com a herança deixada por conta da morte do pai decidiu estudar e montar seu próprio negócio para poder então cuidar da mãe. Ele é um cara responsável.
2º O cara é um atleta excepcional! Como jogador de hóquei Tucker é maravilhoso, imaginar esse homem no gelo esquenta qualquer coração
3º Nos livros anteriores as participações de Tucker sempre foram as melhores, o cara é amigo de todos, a “mãe” da casa, zelando pelo ambiente e sempre de bom humor e companheirismo.
4º Pensa num boy paciente, amoroso e compreensivo. Daqueles que manda mensagem, abre a porta do carro, leva pra jantar. Sonha com a família que quer ter um dia!

Pneus arriados! Confesso!!!!! Como se esses motivos não bastassem para eu já querer ler o livro dele o mais forte veio justamente do lado feminino: Sabrina James, a garota chegou a ser citada no livro anterior como um desafeto de Dean, então eu estava louca para ver o desenrolar.

Sabrina é uma moça de origem humilde e um passado triste, sem conhecer o pai e abandonada pela mãe ela vive com a avó e o padrasto nojento, sonhando em sair da miséria e conseguir para si um futuro melhor Sabrina se esforça ao máximo na universidade, quer a excelência e não se contenta com menos, mesmo que para isso tenha que sacrificar parte de sua vida social. Homens são um acréscimo esporádico em sua vida, nunca permanentes, mas Tucker esta doidinho para mudar essa situação.

Ambos são determinados e cheios de vontades, igualmente apaixonados e sensuais são uma dupla perfeita. As interações entre eles são as melhores possíveis, seja conversando, comendo ou beijando os dois são uma química explosiva muito bem enredada.

As situações que vem em decorrência desse romance são tão bem escritas e contextualizadas com a atualidade que fazem a trama ter um movimento fluido e agradável, sem falar que esse foi o livro que mais ri da série, ter toda a galera do hóquei reunida dá em muita risada. Não acredito que esse seja o último! Que dor no coração! Eu ainda torço por um livro do Colin Fitzy, o jogador cheio das tatuagens que já arrebatou meu coração, sinto cheiro de boa história! Torcida!!!!

Elle Kannedy se mostrou não só nesse livro, mas na série toda uma autora primorosa, trazendo temas atuais e interessantes para suas tramas, com uma pitada de bom humor e sensualidade a autora é daquelas que te faz rir numa página e chorar na outra. Eu mesma me peguei rindo e chorando com “A conquista”, aliás, não haveria título mais sugestivo, afinal quem não foi conquistado por essa série é porque ainda não leu!

6 comentários:

  1. Oi Thaila!
    Da série eu só li O Erro, mas gostei bastante. Que legal ver que a série continua bem no quarto livro.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Oie Thaila =)

    Deu um dorzinha no coração ao ler esse livro, não é? Essa foi aquela série que chegou de mansinho e conquistou meu coração. Espero que tragam mais livros da autora para o Brasil.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  3. Oi Thaila! Eu amei essa série e A conquista é meu preferido de todos, Tucker é realmente extremamente paciente mesmo hehehehehe Tomara que tenha mais e mais livros da autora!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bom?
    Eu achei incrível essa citação. Acho que vou usar até como leganda de alguma foto minha...hahaha
    Não conheço a série, mas parece que é uma boa história.
    5 O'clock Tea

    ResponderExcluir
  5. Que bom que você curtiu!! Não iria gostar, pelo menos não no momento, mas com essa resenha até fiquei com vontade!

    Bjks

    ResponderExcluir
  6. ai menina eu só li os dois primeiros, mas já to louca por esse ç.ç
    assim q der vou o terceiro.
    eu nunca tinha lido nada da autora e pensava q n ia gostar, mas adorei a escrita dela *U*
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ela será muito bem vinda e levada em consideração para promover melhorias!

 

felicidade em livros 2013 - 2015 * Template by Ipietoon Cute Blog Design Modificado por Fabiana Correa